BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto,será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes , experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos .
Se você leu ,experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog ,ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente,assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo,por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog,não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu ,que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem- vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
OBRIGADA!
VOLTEM SEMPRE!

segunda-feira, maio 28, 2012

Literatura infantil e texto instrucional> 28/05/12


Literatura infantil e texto de instrução: como articular


 
■Identificar diferentes nomes dados às pipas.
■Ler e verificar a compreensão do texto, através de atividades variadas.
■Dramatizar a história a partir de leitura oral.
■Reconhecer as especificidades de um texto instrucional.
■Confeccionar pipas a partir de um texto instrucional.

Duração das atividades
4 aulas de 50 minutos aproximadamente

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Já ter tido contato com outros textos instrucionais, como por exemplo, uma receita culinária.

Estratégias e recursos da aula
1ª aula:
a) Conversar com os alunos sobre os autores do livro que será lido, o casal Liliana e Michele Iacocca.
Apresentar a adaptação da biografia de Michele Iacocca a partir do link:


Michele Iacocca é casado com Liliana Iacocca. Ele nasceu na Itália, tem formação em Artes Plásticas, veio jovem para o Brasil e aqui fincou suas raízes. Chargista, cartunista, tradutor, escritor, foi durante anos diretor de arte de agências de publicidade e editoras. Publicou seus trabalhos nos principais jornais e revistas do país. É autor e ilustrador de mais de uma centena de livros.
b) Apresentação do livro: Papagaiada. A capa está disponível no link:






Questionar os alunos sobre o assunto do livro que será lido: O que será que significa PAPAGAIADA?
c) Leitura de imagens e leitura individual (se a escola contar com um exemplar por aluno).
d) Leitura oral pela professora.
e) Leitura dramatizada: uma criança faz o narrador, as falas serão intercaladas pela leitura de outros alunos.
f) Comentários sobre o texto para verificar a compreensão:
■Como os autores começam o texto?
■O que acontecia entre os papagaios?
■Eles tinham a mesma experiência de voo?
■Quais os desejos das pipas?
■O que impedia os papagaios de realizarem seus sonhos?
■Quem acabou ajudando-os e como?
■Como reagiram as pipas ao se sentirem livres?
■E as crianças, como se sentiam com a atitude do vento?
■Que tipo de texto é esse que foi lido? (Esse é um texto narrativo, que nos conta a história de papagaios em suas experiências de voo.)

2ª aula:
a) Recordar a história lida na aula anterior, pedindo aos alunos que façam a recontagem. Uma criança fala uma parte e as outras vão completando.
b) Relembrar o final do texto. Propor que os alunos desenhem uma pipa e dentro dela registrem os seus sentimentos com base no final do texto lido.
Os desenhos e comentários serão apresentados para a turma.
c) Atividades relacionadas ao livro:

1. Complete com o que se pede:

ENTRE UMA SUBIDA E UMA DESCIDA REPENTINA, A CONVERSA DELES CONTINUAVA.
a) A conversa de quem?
b) Onde?
c) Quando?
d) Como?
e) Reescreva a frase, ampliando-a com as informações que você apresentou.

2. Observe a fala:
Êta papagaiada medrosa!
a) Desenhe o dono da fala.
b) Qual a CAUSA de ter dito isso? (Explicar que causa é o porquê.)

3. Observe:
PAPAGAIO - PAPAGAIADA = grande número de papagaios
Forme, com a terminação ada, a palavra que indica:
■um grande número de meninos e meninas: MENINADA
■um grande número de crianças: CRIANÇADA
■um monte de papéis: PAPELADA
■uma porção de rapazes: RAPAZEADA
d) A professora poderá fazer a correção oral, ouvindo as respostas dadas pelos alunos, confirmando-as ou não. Poderá, também, pedir que os alunos apresentem outras palavras em que apareça o sufixo ada, no mesmo sentido apresentado.

3ª aula:
a) Solicitar aos alunos que façam um levantamento na biblioteca da escola, ou na internet, sobre os diversos nomes que a pipa tem nas diferentes regiões do país.
Texto informativo sobre a pipa, adaptado do link:


Uma pipa ou estrela, também chamada de papagaio, pandorga ou raia, é um brinquedo que voa baseado na oposição entre a força do vento e a da corda segurada pelo operador.
É composta de uma estrutura armada que suporta um plano de papel que tem a função de asa, sustentando o brinquedo. Conforme o modelo pode contar com uma rabiola, que é um adereço preso na parte inferior para proporcionar estabilidade, geralmente feitas de fitas plásticas finas ou de papel, ou mesmo de pano, amarradas a uma linha.
É um dos brinquedos mais utilizados por crianças, adolescentes e até adultos. Na maioria das vezes, não há um local apropriado para a prática desta brincadeira. Os pipeiros, como são chamados, acabam brincando em meio a fios de alta tensão em ruas e avenidas, o que se torna muito perigoso, podendo ser fatal.
b) Poderá ser apresentado o vídeo sobre uma experiência com o tema pipa:


c) Convidar os alunos a confeccionar uma pipa. Para isso, apresentar o vídeo disponível em:


Após assistir ao vídeo, ler o texto instrucional baseado nesse vídeo:

COMO FAZER UMA PIPA OU ARRAIA

Material:
3 varetas de bambu
1 folha de papel de seda
1 tubo de cola branca
1 carretel de linha
1 alicate
1 tesoura
1 régua
caneta

Modo de fazer:
Pegue duas varetas de bambu, meça 40 cm e corte-as.
Corte a vareta maior com 60 cm. Marque 12 cm na parte inferior dessa vareta, onde será amarrada a vareta menor. Marque o meio da vareta menor, ou seja, 20 cm e amarre-a na maior.
Marque 24 cm na outra extremidade da vareta maior e amarre a vareta menor, dando uma laçada.
Depois que a armação estiver pronta, pegue o papel de seda e corte-o, fazendo uma bainha de 1 cm, para que a pipa fique leve. Então, cole o papel de seda nas varetas e na linha, tendo o cuidado de não passar muita cola, para não rasgar.
Ao terminar de colar, deixe secar e envergue a pipa dando mais uma dobra na linha, para fazer manobras mais radicais.
d) Ler o texto, destacando o material que será necessário para confeccionar a pipa. Observar a quantidade de material que será preciso ter para que a pipa possa ser construída.
Pedir aos alunos que leiam o modo de fazer, observando os passos necessários para fazer a pipa.
Perguntar: Se não observarmos o modo de fazer, o que poderá acontecer?

4ª aula:
(Essa aula pode ser interdisciplinar com Educação Física.)
a) Nessa aula os alunos confeccionarão, com a ajuda dos professores, a pipa, conforme texto instrucional trabalhado na aula anterior e no vídeo.
b) Após a confecção das pipas, caso haja espaço longe de fios de alta tensão, os alunos poderão soltar as pipas. Caso não haja espaço, a professora poderá agendar um local adequado para que os alunos possam fazer essa experiência.
c) Após vivenciarem a experiência, os alunos poderão registrar numa folha de papel o que sentiram vendo suas pipas voando no céu. Essas produções poderão ser afixadas no mural.

Recursos Complementares
Conheça as maiores pipas do mundo, e outras informações sobre as pipas, através do link:


Outros modos de fazer pipas podem ser encontrados em:


Avaliação
Verificar se os alunos reconheceram os diversos nomes dado às pipas, através da pesquisa feita.
Observar se os alunos foram capazes de ler o texto e compreendê-lo, respondendo coerentemente às perguntas.
Verificar se os alunos compreenderam o texto de instrução, suas partes.
Observar se foram capazes de executar, passo a passo, a confecção das pipas, a partir do texto instrucional .


Desdobramentos
Papagaiada
Liliana e Michele Iacocca

Num domingo de manhã, dezessete papagaios estavam sendo empinados por dezessete meninos.
Os meninos conversando nem estavam sabendo que lá no alto os papagaios também conversavam entre eles.
O vento, que desde o começo estava escutando aquela conversa, resolveu fazer uma brincadeira com os papagaios. Concentrou-se, respirou fundo, segurou todo o ar que podia e com um único sopro arrebentou todas as linhas e mandou a papagaiada toda pelos ares.
Depois, os papagaios foram descendo mansamente de volta para os meninos, que estavam correndo para lá e para cá esperando por eles.
Fragmentos do livro Papagaiada. São Paulo: Ática, 1986.

De acordo com o texto:
os papagaios voaram, mas voltaram.
os meninos choraram muito.
os papagaios conversaram com os meninos.
os meninos brigaram por causa dos papagaios.

Podemos afirmar que o texto é:
um recado.
uma receita.
um convite.
uma história

No texto, a palavra papagaios quer dizer:
aves.
pipas.
meninos.
piões.

Os personagens que participaram da história “Papagaiada” são:
dezessete papagaios, dezessete meninos e o vento.
doze papagaios, doze meninos e o vento.
céu, mar e terra.
dezessete carrinhos, dezessete meninas e o sol.

Leitura e interpretação
Papagaiada


Num domingo de manhã, dezessete papagaios estavam sendo empinados por dezessete meninos.
____ Olha o meu !
____ O meu está mais alto !
____ Solta a linha do seu !
Os meninos conversando nem estavam sabendo que lá no alto os papagaios também conversavam entre eles.
____ Puxa! ____ falava um deles tremendo todo. ____ Esta é a primeira vez que eu estou conseguindo subir. É uma tremenda curtição!
____ Ele está é morrendo de medo ____ gritou um outro com mais horas de voo.
____ O que atrapalha é o fio.
____ Por isso é que eu nunca vou chegar perto das estrelas.
____ É difícil chegar até a lua amarrado deste jeito.
____ É só cortando o fio que se pode chegar até o Sol.
O vento, que desde o começo estava escutando a conversa, resolveu fazer uma brincadeira com os papagaios. Concentrou-se, respirou fundo, segurou todo o ar que podia e vrummmmmmmmm ... rummmm ... rummmm ... mmmm ... mm ..., com um único sopro arrebentou todas as linhas e mandou a papagaiada toda pelos ares.
É evidente que os papagaios, logo que se viram soltos, se assustaram e começaram a gritar:
____ Socorro! Quem vai nos trazer de volta?
Mas o vento, que sabia o que estava fazendo, pensou:
____ Eta papagaiada medrosa! ____ e logo parou de soprar.
E assim os papagaios foram descendo mansamente de volta para os meninos, que estavam correndo pra lá e pra cá esperando por eles.
Liliana e Michele Iacocca

1 - Interpretação do texto:
1- No início do texto ficamos sabendo:
a) Meninos estavam brincando de quê?
b) Quando, em que dia e hora, a brincadeira estava acontecendo ?

2- Todos os papagaios estavam sendo empinados pela primeira vez ? Como você sabe?
1- Os papagaios reclamavam dos fios que os prendiam. Eles queriam ir até onde?
2- Você acha que os papagaios queriam mesmo ficar livres dos fios? Explique.
3- Qual era a opinião do vento sobre os papagaios?
4- Como os papagaios se sentiram?
5- E os meninos, como devem ter ficado ao verem seus papagaios soltos?

2 – Sobre o texto, complete:
a) Quantos parágrafos tem ? ______ parágrafos.
b) Quantas frases tem o 12º parágrafo? ______ frases.
c) Quantos travessões aparecem no início dos parágrafos? O que eles  indicam ?
d)Quantos travessões aparecem no meio do parágrafo? Por que?

3- O que quer dizer ?
a) papagaiada : _______________________________________________
b) mais horas de voo: __________________________________________
c) concentrou-se : _____________________________________________

4- Observe : papagaio – papagaiada
Forme com o sufixo ada, a palavra que indica:
a) Um grande número de meninos e meninas: ______________________
b) Um grande número de crianças: ________________________________
c) Um montão de dinheiro : ____________________________________
d) Um monte de papel: ________________________________

http://educandocomgiejo.blogspot.com.br/2011/11/papagaiada.html

Atividade artística

OBJETIVOS:
◦reproduzir a história contada através de desenho e colagens;
◦desenvolver a noção espacial;
◦trabalhar a coordenação motora.





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios