BlogBlogs.Com.Br

n

Glitter Photos
Glitter Photos

Agradecendo aos céus...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
OBRIGADA!
VOLTEM SEMPRE!

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) blogueira (o),
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto,será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes , experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos .
Se você leu ,experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog ,ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente,assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo,por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog,não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu ,que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem- vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

CATIVA-ME

Glitter Photos

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

quinta-feira, junho 28, 2012

Sugestões de aulas> Mais galinha ruiva >30/06/12


Devido ao grande sucesso da galinha ruiva, fui pesquisar mais sugestões de aulas e atividades pela net.
Como as colegas do ensino infantil curtem  galinhas...Ruiva, do vizinho....Xadrez....Uau!
Aliás: cocoricó!
Vamos lá pro galinheiro....

Conhecendo a galinha....

A galinha e o galo são, respectivamente, a fêmea e o macho da espécie Gallus gallus domesticus de aves galiformes e fasianídeas.
 Os juvenis são chamados de frangos, e os filhotes, de pintos, pintainhos (português europeu) ou pintinhos (português brasileiro).
Estas aves possuem bico pequeno, crista carnuda e asas curtas e largas.
A galinha tem uma enorme importância para o homem, sendo o animal doméstico mais difundido e abundante do planeta e uma das fontes de proteína mais baratas.
Além de sua carne, as galinhas fornecem ovos.
As penas também têm utilizações industriais. Segundo dados de 2003, há cerca de 24 bilhões de galinhas no mundo.
Em alguns países da África moderna, 90% dos lares criam galinhas.
As galinhas são aves omnívoras, tendo preferência por sementes e pequenos invertebrados.
As galinhas são uma importante fonte de alimento há séculos.
As primeiras referências a galinhas domesticadas surgem em cerâmicas coríntias datadas do século VII a.C.
A introdução desta ave como animal doméstico surgiu provavelmente na Ásia, de onde é nativo o galo-banquiva (Gallus gallus).
Apesar de os romanos terem desenvolvido a primeira raça diferenciada de galinhas,[carece de fontes?] os registros antigos mostram a presença de aves selvagens asiáticas na China desde 1400 a.C. Da Grécia Antiga, as galinhas espalharam-se pela Europa e os navegadores polinésios levaram estes animais em suas viagens de colonização pelo oceano Pacífico, incluindo a Ilha da Páscoa.
A proximidade ancestral com o homem permitiu o cruzamento destinado à criação de diversas raças, adaptadas a diferentes necessidades.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Gallus_gallus_domesticus

GALINHA
As galinhas são aves da ordem dos galiformes, família dos fasianídeos, a mesma do faisão e do pavão.
Elas são importante fonte de alimento para o ser humano tanto pela carne, como pelos ovos que põem.
Por isso, a criação doméstica ou em granjas é comum.

Cocoricó
Quando comparadas ao macho da espécie - o galo – as galinhas são menores, possuem penas menos coloridas e cristas pequenas. Possuem asas que não sustentam o peso do corpo por isso não conseguem voar grandes distâncias. O som que emitem é chamado de cacarejo.
Elas começam a por ovos a partir dos 5 meses de vida. Em geral, as galinhas põem mais de 240 ovos por ano e algumas espécies chegam a colocar 320 ovos por ano. A produção dos ovos diminui depois de 14 meses de postura.
Para colocar ovos, a galinha não precisa da fecundação. Porém, só os ovos fecundados é que geram os pintinhos – que são os seus filhotes. Quando põem os ovos, as galinhas deitam sobre eles para aquecê-los. É o momento da choca dos ovos.

O marido da galinha...
É o galo. Ele possui grande variedade de cores nas penas, que podem ser brancas, vermelhas, negras ou ocre. Na parte posterior do corpo, possui uma cauda ou penacho. Sua cabeça é coroada por uma grande crista vermelha. Os prolongamentos vermelhos também aparecem debaixo do bico, curvo e resistente.
As patas dos galos são formadas por quatro dedos com unhas fortes. No dedo posterior, fica a unha mais afiada do animal, chamada de esporão. O galo tem temperamento agressivo e, quando briga com algum outro animal da espécie, usa bico e unhas como defesa.
O galo canta ao amanhecer para avisar ao galinheiro que ele ainda está no comando. É uma forma de demarcar território.
Para quebrar o ovo e conseguir sair, os pintinhos nascem com um dente especial. Assim que concluem a tarefa, que dura em média dois dias, os pintinhos perdem o dentinho.
Em alguns estados do País, os galos são usados nas ‘brigas de galo’, que é um jogo ilegal, proibido. Nesse jogo, os animais são postos em rinhas e têm os esporões das patas reforçados com pequenas facas afiadas. Na disputa é comum que um dos animais morra.

Tamanho: de 60 a 72 centímetros.

Peso: até 2 quilos, dependendo da espécie.

Tempo de vida: de 15 a 20 anos.

Alimentação: ração, milho, casca de melancia e alface, em pequena quantidade.

Onde vive: granjas e criações domésticas.

DILEMAS MORAIS:
O QUE É CERTO?
O QUE É ERRADO?

O que o aluno poderá aprender com esta aula
1.Analisar e julgar a atitude da personagem central de uma história infantil quanto ao que é certo e o que é errado.
2.Comparar as suas análises e julgamentos realizados sobre a ação da personagem da história com as dos colegas de sala de aula.
3.Perceber a diversidade de opiniões referentes à análise e julgamento de atitudes, tendo em vista os dilemas morais.

Duração das atividades
Duas aulas de 50 minutos.

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Para o desenvolvimento desta aula, é importante que os alunos conheçam o conceito de dilema moral e sejam capazes de discernir o certo do errado.
Também é necessário que tenham conhecimentos básicos de leitura, interpretação e escrita.


Estratégias e recursos da aula
1ª ATIVIDADE:
 O professor deverá convidar os alunos para assistir a um vídeo sobre a história infantil: “A galinha ruiva”, acessando o sítio
http://www.youtube.com/watch?v=pGq8oKsXp3o  

Em seguida, poderão conversar sobre o que acharam da história, do que mais gostaram, do que não gostaram, se conhecem alguma história parecida com esta, se já viveram alguma situação semelhante a esta, dentre outros aspectos que surgirem no decorrer do diálogo.


2ª ATIVIDADE:
Prosseguindo, o professor deverá solicitar aos alunos que respondam por escrito, individualmente, à seguinte questão:
 Você acha que a galinha agiu de maneira certa ou errada ao não querer dar um pedaço de bolo para os seus amigos? Por quê?
Assim que todos os alunos tiverem respondido à questão, o professor deverá solicitar que formem duplas para que cada um possa confrontar a sua resposta com a do colega, procurando identificar os aspectos semelhantes e diferentes nos argumentos utilizados para julgar a ação da galinha ruiva.
Após a troca de pontos de vista, as duplas poderão construir outra resposta para resolver o dilema moral da história, considerando os elementos novos trazidos por cada um.
Dando continuidade, as duplas deverão socializar as suas respostas com o grande grupo iniciando, assim, uma discussão sobre as diferentes posições tomadas e as argumentações utilizadas por eles para justificá-las, revelando a predominância de alguns valores sociais e morais sobre outros.
Logo em seguida, professor e alunos deverão produzir uma síntese provisória acerca do trabalho realizado, fazendo o registro da mesma em um cartaz.


3ª ATIVIDADE:
O professor deverá propor aos alunos uma “pesquisa de opinião” entre colegas de outras turmas do mesmo ano de ensino, para saber o posicionamento deles em relação ao dilema moral construído a partir da história infantil: “A galinha ruiva”.
Inicialmente, deverão organizar uma sessão de leitura da história no espaço da Biblioteca da escola.
Os alunos poderão escolher quem lerá as falas do narrador, da galinha, do gato, do cachorro, do porco e da vaca.


A GALINHA RUIVA

(Narrador):
Era uma vez uma galinha ruiva, que morava com seus pintinhos numa fazenda.
Um dia ela percebeu que o milho estava maduro, pronto para ser colhido e virar um bom alimento.
A galinha ruiva teve a idéia de fazer um delicioso bolo de milho.
Todos iam gostar!
Era muito trabalho: ela precisava de bastante milho para o bolo.
Quem podia ajudar a colher a espiga de milho no pé?
Quem podia ajudar a debulhar todo aquele milho?
 Quem podia ajudar a moer o milho para fazer a farinha de milho para o bolo?
Foi pensando nisso que a galinha ruiva encontrou seus amigos:
(Galinha): - Quem pode me ajudar a colher o milho para fazer um delicioso bolo?
(Gato): - Eu é que não, disse o gato. Estou com muito sono.
(Cachorro): - Eu é que não, disse o cachorro. Estou muito ocupado.
(Porco): - Eu é que não, disse o porco. Acabei de almoçar.
(Vaca): - Eu é que não, disse a vaca. Está na hora de brincar lá fora.
(Narrador):
Todo mundo disse não. Então, a galinha ruiva foi preparar tudo sozinha: colheu as espigas, debulhou o milho, moeu a farinha, preparou o bolo e colocou no forno.
Quando o bolo ficou pronto ...
Aquele cheirinho bom de bolo foi fazendo os amigos se chegarem.
Todos ficaram com água na boca.
Então a galinha ruiva disse:
(Galinha): - Quem foi que me ajudou a colher o milho, preparar o milho, para fazer o bolo?
(Narrador): Todos ficaram bem quietinhos (Ninguém tinha ajudado!).
(Galinha): - Então quem vai comer o delicioso bolo de milho sou eu e meus pintinhos, apenas. Vocês podem continuar a descansar olhando.
(Narrador):
 E assim foi: a galinha e seus pintinhos aproveitaram a festa, e nenhum dos preguiçosos foi convidado.



Após a leitura da história, os alunos apresentarão a seguinte questão aos colegas, escrita em um cartaz: Você acha que a galinha agiu certo ou errado ao não querer dar um pedaço de bolo para os seus amigos?
Os colegas deverão se posicionar diante do dilema moral, colocando a sua resposta em uma urna. Em seguida, os alunos deverão separar as respostas referentes a “certo” e “errado” e proceder à contagem das mesmas.
 (Professor, a resposta vencedora revelará os valores sociais e morais que permeiam o julgamento dos alunos no que se refere à ação da personagem central da história).
Com o resultado da “pesquisa de opinião” em mãos, professor e alunos deverão abrir espaço para um debate sobre a atitude da galinha ruiva, refletindo sobre os diferentes argumentos apresentados pelo grupo de alunos.
Nesse momento, apresentarão aos colegas o cartaz contendo a síntese provisória realizada anteriormente, para que possa ser ampliado de acordo com as idéias debatidas.
Um novo texto, intitulado: DILEMAS MORAIS: O QUE É CERTO? O QUE É ERRADO? poderá ser construído e publicado no jornalzinho da escola.
(Professor, seria muito interessante realizar um trabalho interdisciplinar a partir das atividades propostas para esta aula.
Os professores da área de Matemática da escola poderiam criar situações-problema e desafios lógicos que possibilitassem: “ensinar” o número - atividades de classificação e de contagem significativa (ex: respostas dos alunos colocadas na urna), de sequenciação numérica, de escrita dos números, o trabalho com as operações matemáticas, com porcentagem e outros.
 Aprender a utilizar gráficos e tabelas para representar os resultados da “pesquisa de opinião” também seria interessante!
 Os professores da área de Língua Portuguesa poderiam trabalhar com o gênero discursivo - textos instrucionais - das receitas de “Bolo de Milho” que poderão ser selecionadas pelos alunos e também propor uma oficina de produção de bolo).


Recursos Complementares

Professor, como recurso complementar para a aula, sugerimos que assista ao vídeo sobre “Pensamento infantil – a construção da moralidade”
disponível no sítio
http://revistaescola.abril.com.br/crianca-e-adolescente/desenvolvimento-e-aprendizagem/pensamento-infantil-construcao-moralidade-511449.shtml  


Sugerimos ainda a leitura do texto de Áurea Maria de Oliveira, intitulado “Literatura Infantil: o trabalho com o processo de construção de valores morais na educação infantil” disponível no sítio
http://cecemca.rc.unesp.br/ojs/index.php/educacao/article/viewFile/765/697

Outro recurso que poderá ajudá-lo na fundamentação teórica sobre a temática “Desenvolvimento Moral” é o livro de Luciene Tognetta, mais especificamente o capítulo 8, cuja referência encontra-se a seguir:
VINHA, T.P.; ASSIS, O.Z.M. A autonomia, as virtudes e o ambiente cooperativo em sala de aula: a construção do professor. In: TOGNETTA, L.R.P. (Org.) Virtudes e Educação: o desafio da modernidade. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2007. p. 159-197.


Avaliação
Auto-avaliação dos alunos (oral ou por escrito): Participação individual e grupal nos momentos da aula propostos pelo professor.
Avaliação dos alunos pelo professor: Respeito aos momentos de fala e de escuta e às opiniões dos colegas.
Envolvimento e participação dos alunos nas atividades propostas.
O professor deverá verificar se os alunos conseguiram: analisar e julgar a atitude da galinha ruiva quanto ao que é certo e o que é errado; comparar as suas análises e julgamentos realizados com as dos colegas; perceber a diversidade de opiniões referentes à análise e julgamento de atitudes, tendo em vista os dilemas morais.


Brincadeira: a galinha dos ovos.

Conhecer uma brincadeira dinâmica e intensa, e desenvolver a elaboração de estratégias para conquistar o maior número de “ovos”.
- Conhecer as regras da “galinha dos ovos”, os materiais e o sentido simbólico dados a eles.
- Conhecer as possíveis variações de espaços e materiais que poderão ser utilizados.
- Experimentar a brincadeira “galinha dos ovos” e suas variações, experimentando transformações “simbólicas” com os materiais e as mudanças de “cenários”.


Vejam tudo aqui:

Evolução - Quem veio primeiro, o ovo ou a galinha?
Vejam tudo aqui:
 
A galinha magricela
Este vídeo apresenta a literatura através de cantigas populares



Audio teatro infantil
De repente encontro este blog cheinho de indicações audio-teatro.
Vale a pena pesquisar:
Literatura infantil


Disquinho para baixar

Atividades prontas para imprimir

Plano de aula
A galinha ruiva
Objetivos:
· Estimular a linguagem oral para conversar, brincar comunicar-se e expressar desejos, opiniões, necessidades...
· Conhecer a história da galinha Ruiva
· Incentivar o trabalho coletivo
· Ampliar e explorar o vocabulário e sons.
· Promover a socialização e o entrosamento.

2ª feira A visita da galinha Ruiva
Apresentar a galinha dentro de uma caixa surpresa, perguntando o que tem na caixa?
É pesado ou leve?
Deixar uma criança colocar a mão dentro da caixa para perceber a textura....é macio?
É áspero....etc. ( Oferecer dicas até descobrirem o que tem na caixa).
Depois deixar os alunos terem contato com a galinha, passar as mãos sobre as penas(textura).
Falar sobre as partes do corpo da galinha,cabeça, olhos ,bico,pescoço, asas, pernas... lembrar que a galinha é coberta por penas....
Mencionar sobre a alimentação de uma galinha (milho...ração...água).
Perguntar se já viram/comeram ovo de galinha, se já viram os pintinhos de um galinha...etc.
Após essa questão desencadeadora, falar sobre o livro/história da galinha ruiva que será contada no dia seguinte.

Cantar músicas que falem de galinha.
A Ruiva é uma galinha
Charmosa e inteligente
Vive ciscando pra frente
Vive ciscando pra traz
Bate suas asinhas
Balança suas perninhas
Mas na hora de fazer co-coricó....
Espicha o pescoço que dá dó...
Co-coricóooooo.....

A galinha do vizinho.

A galinha do vizinho.
Bota ovo amarelinho.
Bota um,
Bota dois,
Bota três...

3ª feira: A história da Galinha Ruiva.



Vejam as demais ilustrações no blog da Prof.Ivani
Apresentar o livro da história A Galinha Ruiva, contar a história mostrando as imagens, fazendo os gestos e imitando os sons dos animais.
Conversar sobre a história ressaltando a importância da amizade e cooperação.
Falar sobre as personagens da história: galinha, pato,porco.
Contar quantos são os animaizinhos do texto.(Utilizando miniaturas).
Cantar músicas diversas...

4ª feira: Leitura de imagens ( história muda/produção de texto).
Mostrar as imagens e ir construindo/recontando a história junto com os alunos.
Lembrar quanto são e quais são as personagens, os sons produzidos por eles;
Sempre ressaltando a importância da amizade e cooperação.
Montar quebra cabeça da galinha ( com ajuda da professora);
Cantar música da galinha Ruiva e/ou outras

5ª feira: Dramatização
Fazer a dramatização da história, utilizando máscaras das personagens( uma espécie de brincadeira lúdica, uma vez que os alunos não conseguem dramatizar com precisão).
Plantar o milho da galinha Ruiva.
Regar as sementinhas.
Cantar músicas divesas(galinha Pintadinha, galinha do vizinho...)

6ª feira: Auditório/ História com fantoches
Contar a história da Galinha Ruiva utilizando fantoches;
Conversar sobre a história ressaltando a importância da amizade e cooperação.
Falar sobre as personagens da história: galinha, pato,porco.
Servir pipoca para as crianças(nesse momento pode trabalhar o olfato).
Cada criança receberá um dedoche da galinha para brincar/recontar a história e levar pra casa.


Avaliação:
A avaliação será realizada através da observação e registro das atividades propostas.


Mais galinha....ruiva e pintadinha....

Na Educação Infantil os conteúdos devem ser voltados para o lúdico, para que aconteça um aprendizado significativo.
 Sabe-se que não basta contar a história e falar a moral ou ouvir uma música e dançar para que as crianças assimilem o que deve ou não ser feito.
È de grande importância que as crianças vivenciem algumas situações onde o trabalho em grupo e a colaboração estaria presente, devido a isso resolvi montar um projeto de acordo com a história da galinha ruiva e a música da galinha pintadinha.
Este projeto poderá ser trabalhado por um mês ou mais.

Objetivos:
Estimular à criatividade, a imaginação, a fantasia, a escrita e a leitura.
 Exteriorizar emoções e sentimentos.
 Expressar idéias e opiniões com espontaneidade.
 Incentivar o trabalho coletivo.
 Ampliar e explorar o vocabulário.
Contribuir para a organização do pensamento.
 Contribuir para o desenvolvimento da linguagem oral.
 Promover a socialização e a interação.
 Desenvolver a interpretação de texto por meio da história e da música.
 Desenvolver a coordenação motora e a coordenação visual.
 Estimular a expressão oral.

Um trabalho bem detalhado
Além da galinha ruiva, a professora traz a tona a galinha pintadinha e a do vizinho.
È um projeto bem rico e  deixarei  postado no Linguagem mesmo.
Visitem o blog, vale a pena:





Foi utilizado:uma garrafa de coca de 2 litros, tinta guache amarela e tampa de amaciante.



Dobraduras



Editora Paulus - (para comprar:  14 reais..)

A galinha ruiva - Dobraduras circulares


Sugestões do blog Amiga da educação

CONTEÚDO: INTERDISCIPLINAR
HISTÓRIA E GEOGRAFIA:

A galinha quis nos mostrar nesta história que devemos trabalhar.
O trabalho engrandece o ser humano.
Quem faz o pão é o padeiro.
Existem várias profissões que são: pedreiro, médico, gari, costureira, padeiro, vaqueiro, agricultor e outras...
-Onde faz o pão que nós compramos?
– Muito bem se chama PADARIA.
A padaria fabrica pães, biscoitos, bolos, rosquinhas, bolachas etc.,
-Que outras fábricas existem em nossa cidade?
-Quais são os alimentos que importamos e exportamos?
Destacar a importância da existência de uma fábrica numa cidade, no comércio e a integração com outros municípios.
-Saber valorizar os produtos da nossa comunidade, melhorando-se assim o nosso comércio.
-Que outros produtos além do milho são plantados em nossa cidade?
- Na sua casa tem horta?

CIÊNCIAS: Aula instrucional

O milho é um cereal rico em vitaminas.
Com ele podemos preparar vários alimentos como: polenta, mingau, bolo, broas, etc.
Para o plantá-lo devemos ter alguns cuidados:
1º - Fofar bem a terra.
2º - Colocar os grãos.
3º - Regar sempre.
4º - Tirar os matinhos.
5º - Colher cuidadosamente.
Para que a planta fique bem bonita ela necessita de água, luz e calor.
-Quem já plantou milho, feijão, ou algum outro alimento, verduras em hortas?
- Devemos ter hortas em casa, assim a nossa saúde estará garantida.
- Qual foi o animalzinho que encontrou os grãos de milho? Muito bem e a galinha. A galinha é uma ave. Ela põe ovos, tem o corpo coberto de penas, possui duas asas para voar.
-Que outras aves vocês conhecem? Além da galinha vimos também o patinho que é uma ave e o porquinho que é um animalzinho mamífero. Ele tem o corpo coberto de pêlos e mama quando pequeno. Os animais são diferentes.
Falar sobre os avanços tecnológicos e comentar sobre os pros e contra à respeito do forno elétrico que é prático, evita sujeiras, mas gasta luz.
-Distinguir tipos de terrenos adequados para o plantio.

RELIGIÃO:
Esta história nos dá uma grande lição de vida. Devemos ser solidários, amigos e praticar sempre a caridade.
Quem planta colhe. Isto significa que aquela pessoa que sabe ajudar os outros receberá sempre o reconhecimento e a proteção de Deus.
O egoísta é uma pessoa muito feia. Nunca podemos querer tudo só pra gente, sem repartir com os colegas. Principalmente os materiais escolares.
Devemos louvar e agradecer a Deus pela natureza tão bela que Ele nos deu.
O nosso dever é de preservá-la e amá-la com muito carinho. (Terra, plantas, animais e pessoas).
Em casa também as tarefas devem ser repartidas. O pai, mãe e filhos.


Vejam aqui outras ilustrações da história e atividades de matemática
O ovo vira pinto

Objetivos
- Tomar como objeto de estudo e investigação uma coisa que pode parecer banal e trivial do dia-a-dia das crianças, o ovo, a fim de analisar como um ser vivo se desenvolve.
- Apresentar a noção elementar de lei natural
- Iniciar as crianças no conhecimento de desenvolvimento embrionário e reprodução
- Avançar, um pouco mais nos conhecimentos, para saber coisas que não sabia antes sobre desenvolvimento de um ser vivo.


Conteúdos
- Divisão Celular
- Embrião e sua nutrição
- Condições para desenvolvimento embrionário
- Condições para desenvolvimento juvenil
- Condições artificiais para desenvolvimento embrionário - chocadeira
- Metodologia da Ciência

Vejam aula completa aqui:

http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/ovo-vira-pinto-530062.shtml






A GALINHA JOSEFINA
Dante Marcucci

Até engraçado contar
A história dessa galinha...
Voce não vai acreditar:
Até nome ela tinha!

Se chamava Josefina
Essa galinha faceira...
Queria ser dançarina
De toda e qualquer maneira...

Passava o dia ensaiando
Com uma saia curtinha...
E o galo só espiando,
Que vergonha! A coitadinha...

Salsa, merengue e lambada
E até balê praticava...
Com a asinha levantada,
Num pé só ela dançava!

Até sapatilha ela usava,
Pisando só na pontinha...
Só que às vezes tropeçava
E ia pro chão a galinha...

Mas aonde ja se viu
Uma ave fantasiada?
Meu neto olhou e só riu
Daquela coisa engraçada...

E depois me perguntou:
Não bota ovo a folgada?
Por pouco não acertou...
Ainda não era casada!

Era galinha solteira,
Nem pensava em namorar!
Se a galinha é poedeira
Não tem tempo pra dançar...

Do ninho tem que cuidar,
Pro ovo ficar quentinho
Depois ainda chocar
Até nascer o pintinho...

Disso nem queria saber
A arteira Josefina...
Tinha mais o que fazer,
Era galinha granfina!

Até espelho ela tinha,
Na cerca do galinheiro!
Duma tampa de latinha
Fez um espelho maneiro...

Com vagalume do lado,
E uma luzinha amarela...
Pra admirar o penteado
E a crista da matusquela!

Mas um dia aconteceu...
A galinha lá dançando,
Quando um homem apareceu
E foi logo ameaçando...

Só vou avisar de novo,
Falou o dono da granja:
Galinha é pra botar ovo,
Se não bota, vira canja!

E a pobre da Josefina
Voou correndo pro ninho.
Sonhava ser dançarina,
Mas não sopa pra velhinho!


Chegou a Soninha
Josefina era arteira
Mas,pensava bem pouquinho
Pois logo se intimidou
Com a ameaça do velhinho
Dançaria à noitinha...
Enquanto na sua caminha
Dormia o "chato" velhinho!

Uma solução para a Josefina!!
Chegou a Maria Helena
Quero convidar a Josefina
Para o nordeste visitar
Ela precisa aprender forró
Para o seu dia alegrar

http://sementinhasparacriancas.blogspot.com.br/2011/08/galinha-josefina.html




Link para essa postagem


3 comentários:

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios