BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
OBRIGADA!
VOLTEM SEMPRE!

quinta-feira, outubro 18, 2012

Não confunda>Literatura>Rimas>Música> 18/10/12



Não Confunda
Eva Furnari


Não confunda
Gorila gigante
Com mochila chocante.


Não confunda
Velhota nariguda
Com gaivota bigoduda.


Não confunda
Feioso amarelado
Com medroso esverdeado.


Não confunda
Picolé salgado
Com jacaré mimado.


Não confunda
Peteca violenta
Com meleca nojenta.


Não confunda
Careca banguela
Com cueca amarela.


Não confunda
Cabelo curto
Com camelo surdo.


Não confunda
Hipopótamo arrumado
Com helicóptero enfeitado.


Não confunda
O vizinho do Nicolau
Com o padrinho do Juvenal.


Não confunda
Ovelha abelhuda
Com abelha orelhuda.


Não confunda
Cachecol de borboleta
Com caracol de maleta


Não confunda
Coceira de porquinho
Com banheira de patinho.


Não confunda
Vaca empacotada
Com paca avacalhada.


Não confunda
Queijo e uma mordida
Com beijo de despedida






Não Confunda – Eva Furnari


O trabalho com o paradidático “Não Confunda”, da autora Eva Furnari, tem início com a brincadeira não confunda isso com aquilo.
A autora propõe várias confusões baseada na semelhança de sons das palavras.
Os curtos e hilários textos vêm acompanhados de imagens que tornam ainda mais acessíveis às crianças pequenas o jogo proposto pela autora.
Rapidamente a brincadeira é incorporada e pode ser estendida a outros objetos do universo familiar.
 Além de muita diversão, os textos ajudam o leitor iniciante a se conscientizar de particularidades ortográficas e funcionam como um preparo para leituras mais longas e complexas.
Com essa leitura pretendemos estimular um clima de curiosidade que possibilita ao aluno, simultaneamente, criar hipóteses a partir das ilustrações do livro e ter o desejo de conhecer a história pensada pela própria autora.
Este trabalho não se relaciona à prática de explorar diretamente questões gramaticais e ortográficas, mas possibilitar o gosto e o prazer pela leitura.
Dessa maneira, ler adquire a conotação de não apenas decifrar o código, mas procurar um sentido, questionar algo escrito, a partir de uma expectativa ligada à necessidade e ao prazer.


Sugestão de música Não Confunda aqui:
Baseada no livro: Não confunda da Eva Furnari, a música é de autoria da Sheila Assumpção com arranjo de Gerson Frutuoso.
Um divertido trava língua, onde dá pra trabalhar a rima, a métrica, a dicção e respiração.


· Reconhecer as rimas das palavras
· Ler as palavras globalmente.
· Avançar no processo de alfabetização
Duração das atividades
1 aula de 50 minutos que, como é uma brincadeira, pode ser repetida várias vezes.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
■Já ter compreendido que as sílabas representam partes sonoras da fala – a partir do nível silábico.
Estratégias e recursos da aula
Recomendamos que antes de os alunos iniciarem o jogo, você explique para eles o que significa RIMA: palavras que terminam com som igual ou muito parecido.
Nesse momento, peça para que deem algum exemplo de palavras que rimam para verificar se a turma compreendeu o significado desse conceito.
Sugerimos os seguintes passos para a realização dessa atividade:
■Cole a folha em papel resistente e recorte as palavras.
■Divida a sala em grupos, entregue o conjunto de palavras para cada grupo e peça que as espalhem sobre a mesa, viradas para baixo.
■Explique à turma as regras do jogo:
1. Joga um jogador de cada vez.
2. O jogador, em sua vez, vira duas palavras e as lê. Caso elas rimem, deverá recolher as palavras e colocá-las em seu monte.
3. Ao final do jogo, o aluno que tiver o monte com o maior número de cartas, ganha.
Material:

undefined

Atividade 2: Jogo do Barquinho:
Esse jogo é para ser feito oralmente, em roda com as crianças.
As crianças deverão falar palavras que rimam com a que você disser em seu comando inicial.
Ex: Se você der o comando:
"Lá vai o barquinho cheio de limão", elas poderão falar:
"Lá vai um barquinho cheio de mamão".
A cada palavra que os alunos disserem, você pode anotá-la no quadro e discutir sobre a parte delas que rimam.
Nessa atividade, as crianças deverão priorizar o som das palavras e não o seu significado.
Esse procedimento auxilia os alunos a perceberem que é necessário estabelecer relações entre as letras e os sons para a leitura das palavras.
Atividade 3: Procurando palavras que rimam em revistas
Nessa atividade, as crianças deverão procurar em revistas ou jornais palavras que rimam.
Peça para que achem três palavras aleatórias nesses materiais e que as coloquem em cada coluna da tabela. Ex:


LADRÃO    VERDE   CARRO

Os alunos só poderão colocar nas colunas palavras que rimam com as que acharam primeiro.
Atividade 4: Nomes que rimam
Outra possibilidade de intervenção para o trabalho com rimas é distribuir às crianças fichas com os nomes dos alunos da turma e pedir para que tentem formar grupos de nomes que rimam entre si.
Essa atividade pode ser realizada individualmente, em duplas ou em pequenos grupos.
Avaliação
Ao final das atividades, esperamos que os alunos avancem no processo de apropriação do sistema de escrita e no aprendizado da leitura fluente.
Além disso, esperamos que se apropriem do conceito de rima.
“Rimas na educação infantil”.

■Explorar as rimas através de poemas e histórias;
■Trabalhar a criação espontânea de rimas;
■Desenvolver a criatividade;
■Apresentar a riqueza de palavras do nosso vocabulário;
■Ampliar o vocabulário oral, incorporando novas palavras e expressões.
Duração das atividades
1 aula de 2 horas.
Estratégias e recursos da aula
1º Momento: Ditados populares com rima
1. Inicie a aula lendo algumas rimas presentes em alguns ditados populares.
Sugestões:

■“Anzol sem isca, peixe não belisca”;
■“Bocado engolido, sabor perdido”;
■“Coisa bem começada é meio acabada”;
■“O dinheiro compra pão, mas não compra gratidão”;
■“Livros fechados, não fazem letrados”.

2. Escreva estas rimas em um porta-texto;

3. Levante com as crianças as seguintes questões:
■“O que é rima”?
■“Existem nestes ditados palavras com o som parecido”?
■“Quais”?
■“Qual a semelhança sonora entre isca e belisca, ou pão e gratidão”?

4. Peça para que as crianças repitam as palavras rimadas oralmente;

5. Solicite que elas sugiram outras palavras rimadas;

6. Escreva estas palavras no porta-texto;

2º Momento: Dominó da Rima
1. Disponibilize 21 tirinhas de papelão recortadas na forma de retângulo como se fosse uma peça de dominó;

2. Disponibilize também 21 gravuras de animais, objetos, alimentos que possam ser rimados;

3. Solicite que as crianças confeccionem o jogo. Peça para recortarem as gravuras e colarem nas tirinhas de papelão;

4. Antes de iniciar a brincadeira, reforce para as crianças o conceito de rima, em linguagem de fácil entendimento e adequada para faixa etária, que a rima representa a correspondência sonora entre duas palavras a partir da vogal da sílaba tônica (“a sílaba mais forte da palavra”). Por exemplo, rato rima pato ou com gato, jacaré rima com pé ou café, etc.

5. Divida as crianças em duplas;

6. Disponibilize o dominó confeccionado por eles e inicie a brincadeira. Ressalte que as regras da brincadeira são as mesmas do dominó, mas neste caso, as crianças deverão ser alertadas ao fato de que as correspondências devem ser feitas pelas rimas, por exemplo, deverão unir a gravura do gato à do rato.
3ºMomento: Pesquisa
Envie uma pesquisa para casa, solicitando aos pais que descubram, juntamente com as crianças, os significados dos ditados populares trabalhados no início da aula.
Ao final da pesquisa, as crianças deverão representar as palavras rimadas através de um desenho.
4º Momento: Painel de rimas
Materiais:
■Papel Kraft;
■Tesoura;
■Cola;
■Revistas;
■Tirinhas de papel cartão recortadas para a escrita das palavras rimadas.
Produza com as crianças um painel de imagens rimadas.
Peça que elas procurem em revistas imagens que possuam seus nomes rimados.
Exemplo: pão e limão, jacaré e café, fome e come, etc.
À medida que as crianças forem encontrando palavras, a professora deverá escrever o nome destas palavras nas fichas para fixar no painel.
Convide às crianças a participarem deste momento de escrita, explore as sílabas tônicas que proporcionam rimas.
Recursos Complementares
Para esta aula, não utilizou-se de recursos complementares.
Avaliação
Cabe ao professor, deixar as crianças experimentarem, criarem estratégias e pensarem sobre as diferentes possibilidades de rima.
É preciso também pensar desafios diferentes e garantir que o trabalho com as rimas seja contínuo (ou até diário).
O painel das rimas criadas pelas crianças é uma excelente estratégia para exposição dos trabalhos da turma.
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=20319

QUEBRA-CABEÇA COM RIMAS







Link para essa postagem


2 comentários:

  1. Oi Flor, é com imenso carinho que venho avisa-la que tem um selinho pra vc la no meu Blog. Passa la para busca-lo!
    http://jesuseascriancinhas.blogspot.com.br/
    Abraços!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios