BlogBlogs.Com.Br

n

Glitter Photos

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) blogueira (o),
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto,será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes , experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos .
Se você leu ,experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog ,ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente,assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo,por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog,não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu ,que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem- vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009
Image Hosted by ImageShack.us

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

CATIVA-ME

Glitter Photos

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

sábado, novembro 03, 2012

Bruna e a galinha D'Angola> 2ªparte> Literatura afro/brasileira>03/11/12



Exibir BRUNA E A GALINHA D'ANGOLA



Esta história trata sobre a criação do mundo 
segundo os povos de uma região de Angola,
que registravam fatos importantes nos panôs.

Livro aqui:
Mais aqui sobre esta obra:

Livro infantil a retratar o universo mítico africano representado pela Galinha d´angola e sua relação com a criação do universo de uma forma didática, lúdica e prazerosa.

A galinha d'angola é uma ave originária do continente africano. É um símbolo.
Neste texto, dentro da história de uma menina, neta de africana, que conquista amizades depois que ganha um galinha d'angola, a autora também conta uma história da criação do mundo.
O texto mostra o quanto que se carrega de histórias na memória e o quanto que objetos significativos podem ser fundamentais para o ato de rememorar.
Histórias contagiam e podem trazer transformações.
É o que vemos também nesta obra e, muitas vezes, na vida.
Para os que apreciam atividades de Artes em conjunto com histórias, este livro sugere a arte de modelar o barro e a pintura de tecidos. E por que não colocar em prática?


Recursos Especiais em Psicopedagogia ampliada pela Antroposofia - Extra Lesson


Uma proposta de intervenção nas dificuldades de aprendizagem e em parceria com a medicina antroposófica
Realizado na Escola Municipal Pedro Nava em parceria com a Dra Nina Brina Médica Antroposófica do Posto de Saúde da Comunidade do Bairro Pilar, Belo Horizonte, Minas Gerais.
Justificativa:
A proposta deste trabalho é conscientizar as crianças do valor das raízes negras no Brasil.
Objetivos:
Utilizar a argila como meio de vivenciar a modelagem;
Desenvolver o senso ético através das reflexões sobre o racismo e a cultura afro-descendente;
Desenvolver o senso estético através dos painéis feitos pelas crianças adaptados do livro;
Trabalhar a subjetividade e a importância do brincar e da amizade propostas pela história;
Socializar a produção das crianças através de uma exposição organizada por elas na escola.


Resenha do Livro:
Bruna e a Galinha D´angola
Autoras: Gercilda de Almeida
Ilustrações: Valéria Saraiva
Bruna era uma menina que se sentia muito sozinha. Sua avó veio da África e sempre lhe contava histórias. Uma que ela gostava muito era a do panô da galinha que sua avó trouxera da África.
“Conta a lenda de uma aldeia africana que Ósún era uma menina que se sentia só e para lhe fazer companhia resolveu criar o que ela chamava de " o seu povo”. Foi assim que surgiu Conquém, a galinha d’Angola.
Bruna então pediu a seu tio que era um bom oleiro, que lhe ensinasse a trabalhar com barro. Bruna então modelou na argila a galinha d’Angola e passou a brincar com ela.
No dia de seu aniversário, sua avó lhe deu uma galinha d’Angola de verdade que andava e gritava:
_ Conquém! Conquém!
As outras crianças da aldeia que não brincavam com Bruna foram se aproximando dela e pedindo para brincar com a Conquém, aí Bruna arranjou muitas amigas e fizeram muitas galinhas de barro iguais a Conquém.
Um dia as crianças acharam no baú da avó de Bruna um panô que contava a lenda africana dos animais que ajudaram a Conquém na criação do mundo e de seu povo. Conquém espalhou as sementes na terra, o lagarto desceu para ver se a terra era firma e o pombo foi avisar aos outros animais que podiam vir povoar aquele lugar.
Bruna e suas amigas ficaram muito conhecidas, porque todos da aldeia se juntavam para ouvirem a história do panô.
Sua avó resolveu ensinar as meninas a pintarem tecidos, como os que ela fazia na África, isso fez com que a aldeia ficasse conhecida.
Foi assim que todas as pessoas da aldeia de Bruna decidiram torná-la mais bonita e pintaram suas casas com as cores dos panôs da galinha d’Angola.
Um dia a Conquém sumiu e todas as meninas saíram a sua procura chamando:
_Conquém, onde você está?
_Com quem nós vamos brincar?
Tanto procuraram que a acharam escondida no mato. As meninas encontraram um ninho com um belo ovo que ela protegia e chocava.
Tempos depois, cada menina da aldeia tinha sua galinha d’Angola e até hoje o povo daquela aldeia conta a história de Bruna e da galinha d’Angola para aqueles que compram os belos tecidos pintados pelas meninas.


Comentários de Antônio Olinto - Academia Brasileira de Letras
Árvores, flores, frutas, bichos – todos têm sido símbolos desde que o mundo é mundo.
Seja a macieira com sua maçã inicial, seja a galinha d’angola espalhando terra para dar firmeza ao chão – todos têm representado a reverência de tempos, antigos e modernos, aos primeiros passos da raça humana.
Os negros que foram trazidos da África contra a sua vontade, há muitos anos, e aqui participaram como brasileiros, intimamente, do esforço de fazer do Brasil uma nação, trouxeram com eles suas tradições que se tornaram tradições do Brasil como um todo.
Louve-se Gercilda de Almeida por haver escolhido a bela imagem-símbolo da galinha d’angola para com ela contar, a crianças e adultos, a história de como a terra ficou segura – e de como Bruna e suas amiguinhas da grande aldeia chamada Terra se afeiçoaram à Conquém, na beleza de sua pele escura pintada de pequenas bolas brancas.



  Artes Massa de modelar e argila
http://cantinhodarletecs.blogspot.com.br/2010/09/bruna-e-galinha-dangola.html  


 PLANO DE AULA INTERDISCIPLINAR

JUSTIFICATIVA:
A interdisciplinaridade está contemplada nos Parâmetros Curriculares Nacionais e é positiva tanto para os educadores quanto para os alunos.
Os professores melhoram a sua comunicação com os colegas e aprimoram a sua prática docente enquanto os educandos tem o ensino voltado para a compreensão do mundo que os cerca desenvolvendo a capacidade de resolver situações problemas independentemente.
A escola também é beneficiada criando relações e parcerias com a sociedade.
Fazenda propõe que a interdisciplinaridade a é capacidade de dialogar com as diversas ciências, fazendo entender o saber como um e não partes, ou fragmentações.
Um trabalho interdisciplinar, antes de garantir associação temática entre diferentes disciplinas, deve buscar unidade em termos de prática docente, ou seja, independentemente dos temas/assuntos tratados em cada disciplina isoladamente.
Em nossa proposta, essa prática docente comum está centrada no trabalho permanentemente voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades, apoiado na associação ensino, pesquisa e no trabalho com diferentes fontes expressas em diferentes linguagens, que comportem diferentes interpretações sobre os temas/assuntos trabalhados em sala de aula. Portanto, esses são os fatores que dão unidade ao trabalho das diferentes disciplinas, e não a associação das mesmas em torno de temas supostamente comuns a todas elas. (BRASIL, 2002b, p. 21-22)


1ª ATIVIDADE:
 Narração da História Bruna e a Galinha D’Angola da autora Gercilga de Almeida
Objetivo:
Introduzir de forma lúdica o tema de estudo “África” para que os alunos conheçam e percebam a cultura afro presente em nossa sociedade.
Procedimentos:
Narrar a história Bruna e a Galinha D’ Angola com o auxílio de um varal didático, onde estará representada a história.
 Os alunos ficarão sentados em forma de meia lua, de forma que todos visualizem a narração.


2ª ATIVIDADE: Interpretação Oral
Objetivo:
Expor as suas idéias e pensamentos a partir da história para assim aprimorar a sua capacidade de argumentação crítica e assim relembrar aspectos significativos da história.
Procedimentos:
As crianças ainda estarão sentadas da mesma forma em que ouviram a história.
Primeiramente solicitaremos que os alunos contem o que lhes foi significativo no conto. Posteriormente faremos os seguintes questionamentos:
Quem era a personagem principal?
Quem contou para a menina Bruna a lenda da Galinha Conquém?
De que lugar era esta lenda?
Você já conhecia uma galinha D’Angola?
O que a menina Bruna fez para conseguir novos amigos? E quem foi a sua primeira amiga?
Você conhece lendas de outros lugares?


3ª ATIVIDADE: Visualizando a África
Objetivo:
Observar as diferentes paisagens, animais e cidadãos africanos para que possam visualizar e conhecer a realidade africana.
Procedimentos:
Instalar um Data Show na sala de aula, onde mostraremos aproximadamente doze imagens que retratam a diferente realidade deste país.
Utilizaremos imagens de paisagens, pessoas, animais, representações culturais e a bandeira local.


4ª ATIVIDADE: Tecendo a África
Objetivo:
Expressar e comunicar a sua visão da África a partir das imagens para o tornar concreto o seu entendimento sobre o que foi visualizado anteriormente;
Interagir com materiais diferenciados, para utilizá-los em outras situações;
Aprimorar a motricidade fina para que tenham noção espacial na produção artística para aperfeiçoar os movimentos de escrita.
Procedimentos:
separar a turma em trios de cinco componentes, cada grupo deverá ficar organizado em uma parte da sala. Para cada grupo disponibilizar uma cartolina japonesa, e para o grande grupo disponibilizar papel crepom e diferentes tecidos.
Deverão confeccionar uma bandeira africana, onde cada grupo deve representar o que mais lhes foi significativo nas imagens anteriormente visualizadas (paisagens, pessoas, animais e representações culturais).
Quando os grupos terminarem pedir que eles apresentem suas bandeiras e depois estas poderão ser expostas no corredor da escola.

5ª ATIVIDADE: Eu gosto do meu Colega...
Objetivos:
· Exteriorizar os sentimentos que tem para com seus colegas para que possam compreender de forma concreta como os valores do carinho e da amizade se aplicam no cotidiano;
· Aperfeiçoar a capacidade de expressarem-se em público para facilitar a comunicação com as colegas e demais pessoas;
· Aprimorar os movimentos de lançamento e preensão para melhorar a motricidade ampla.
Procedimentos:
Que os alunos levantem e permaneçam no círculo. Explicaremos a atividade que se dará da seguinte forma: dar para um estudante o novelo de lã. Este deve lançá-lo para um colega e dizer “eu gosto do meu colega com A porque ele é (amigo, alegre)”.
O aluno que recebeu o novelo e deve lançá-lo para um colega e este deve repetir a mesma frase, porém utilizando a letra B. isto deve ser feito em ordem alfabética, podendo passar as letras mais difíceis com H e K.
Caso faltem letras o alfabeto pode ser reiniciado.

6ª ATIVIDADE: desembaralhando o texto “Companheirismo Valores para a Vida” de Janet Riehecky
Objetivos:
· Aprimorar a capacidade de leitura e compreensão do texto, para que consigam organizar a história;
· Observar aspectos gramaticais como pontuação, diálogos, parágrafos e uso de letras maiúsculas para que possam familiarizar-se com estas regras e posteriormente possam aplicá-las em suas produções escritas.
Procedimentos:
 Organizar a turma em três grupos de cinco.
O texto será recortado em partes e depois as fichas devem ser apresentadas em forma aleatória.
Os discentes deverão ler as partes com cuidado, comparar as frases, as palavras, a pontuação e indicar a ordem correta dos segmentos.
Após os alunos terem organizado o texto, fornecer o texto original e pedir que eles comparem e visualizem se organizaram o texto corretamente.

7ª ATIVIDADE: interpretação de texto
Objetivo:
· Perceber as atitudes corretas a serem tomadas para uma melhor convivência em grupo;
· Interpretar o texto de forma escrita refletindo sobre a mensagem da história assimilando o significado de companheirismo.
Procedimentos:
A docente escreve no quadro o título “Atividades“ e as questões sobre o texto anteriormente lido, pedir que os alunos copiem em seu caderno e depois respondam, é importante lembrar que as respostas sejam completas.
 O exercício será escrito na letra bastão.
As questões serão as seguintes:
1. Coloque dentro dos ( ) V quando a frase for verdadeira e F quando a frase for falsa:
( ) Ser companheiro é ficar zangado quando o colega erra.
( ) Quando perdemos um jogo devemos cumprimentar o adversário, mas não nos prepara para a próxima vez.
( ) quando o amigo ganha o papel do teatro que você queria você deve ajudar a decorar o texto errado
( ) devemos parabenizar os colegas quando tiram notas boas, mas devemos ficar convencidos quando tiramos a melhor nota.

2. Responda:
A) Você é um bom companheiro? Por quê?
B) Quais atitudes podemos adotar para sermos mais companheiros na escola?
Após trinta minutos iniciar a correção. A educadora chama um educando e este lê a pergunta e sua respectiva resposta. Esse procedimento será realizado até o término das questões.

8ª ATIVIDADE: uma explicação sobre os valores
Objetivos:
· Representar de forma diferenciada e lúdica os valores humanos;
· Utilizar a criatividade e expressão facial e corporal representando o valor (sorteado) de forma que os demais colegas possam interpretá-lo.
Procedimentos:
 Solicitar que as crianças formem duplas (isso será feito de acordo com a vontade deles).
Então para cada dupla oferecer um coração de papel, no qual estará a explicação dos significados de valores (amor, respeito, carinho, companheirismo, paz, sinceridade e alegria), pois muitos alunos não conhecem o real significado de alguns valores.
Após dez minutos, nos quais eles poderão “ensaiar” uma apresentação para os colegas, cada dupla deverá fazer uma mímica que represente o valor que estava no coração que receberão.
As outras duplas deverão adivinhar qual é o valor, mas cada dupla somente terá uma chance. Após a mímica ser adivinhada, pedir que a dupla que realizou a mímica explique para a turma com suas palavras o que estava escrito na folha que receberam.
Após as crianças terem formulado um significado, todos os alunos deverão anotar este em seu caderno.
Este procedimento se repetirá com todas as demais duplas.
Os significados serão os seguintes:
RESPEITO:
 É NÃO FAZER PARA O OUTRO AQUILO QUE NÃO QUEREMOS QUE FAÇAM PARA NÓS, É DEIXAR QUE AS PESSOAS FALEM O QUE ELAS ACHAM CERTO, MESMO QUE NÓS NÃO ACHEMOS CORRETO O QUE ELAS FALARAM.
COMPANHEIRISMO:
É AJUDAR O PRÓXIMO, É ESTAR JUNTO COM QUEM PRECISA DE NOSSA COMPANIA, É SABER OUVIR O QUE OS OUTROS PRECISAM FALAR.
ALEGRIA:
É ESTAR DISPOSTO A AJUDAR O PRÓXIMO, ESTAR FELIZ, UMA PESSOA ALEGRE É AQUELA QUE ANIMA O DIA DAS PESSOAS AO SEU REDOR.
PAZ:
É NÃO BRIGAR, NEM BATER OU EMPURAR AS PESSOAS QUE NÃO FAZEM O QUE NÓS QUEREMOS.
 É SABER CONVERSAR PARA RESOLVER OS PROBLEMAS.
SINCERIDADE:
É FALAR A VERDADE PARA AS PESSOAS MESMO QUE ELAS NÃO CONCORDEM COM A REALIDADE.
CARINHO:
É UM SENTIMENTO QUE FAZ COM QUE AS PESSOAS SE GOSTEM, CARINHO É FAZER UMA CARÍCIA EM ALGUÉM QUE GOSTAMOS. COM CARINHO AS PESSOAS SÃO MAIS AMIGAS.
AMOR:
É O MAIOR SENTIMENTO QUE AS PESSOAS PODEM SENTIR UMAS PELAS OUTRAS, É QUANDO AS PESSOAS CONSEGUEM UNIR A AMIZADE, O COMPANHEIRISMO, A PAZ, A ALEGRIA, O RESPEITO E A SINCERIDADE PARA VIVEREM SE SENTINDO BEM.

9ª ATIVIDADE: Narração da História “Um Mundinho de Paz” da autora Ingrid Biesemeyer Bellinghausen
Objetivo:
· Perceber a importância dos valores humanos para a boa convivência e harmonia na sociedade.
Procedimentos:
 Narrar a história “Um Mundinho de Paz”, lendo e após mostrando as figuras para a turma.
As crianças poderão ficar sentadas como estavam sentadas anteriormente.
Após a narração conversar com os alunos sobre o que lhes chamou atenção na história e como isso pode ser relacionado com o tema de estudo da turma.

10ª ATIVIDADE: Fazendo uma corrente de bonecos de papel
Objetivo:
· Representar e demonstrar de forma gráfica significando os valores humanos estudados.
Procedimentos:
Disponibilizar para cada criança uma folha de ofício, quando todas as crianças tiverem recebido uma folha, a professora mostra o que deve ser feito.
 A folha deverá ser dobrada cinco vezes no sentido vertical, a ficar com um folheto.
Pedir que na primeira parte, as meninas desenhem uma menina e que os meninos desenhem um menino.
Depois a docente mostrará como cortar, de modo que todos os bonecos fiquem unidos. Então na corrente de bonecos cada criança deverá escrever uma mensagem para um colega que será sorteado anteriormente e depois decorar.

MATERIAIS:
· Livro “Bruna e a Galinha D’Angola” da autora Gercilga de Almeida;
 Imagens diversas da África;
· Data show;
· Cartolinas japonesas;
· Papeis crepons;
· Diferentes tecidos;
· Texto embaralhado “Companheirismo Valores para a vida”;
· Corações com significados dos valores;
· Folhas de ofício.

AVALIAÇÃO:
A avaliação pode ser feita a partir da participação e do interesse dos estudantes.
 Também podem ser utilizadas cartilhas para fazer anotações sobre determinadas crianças para compor a avaliação trimestral.
Nesta aula também poderá ser avaliada a compreensão do significado dos valores humanos trabalhados.  









Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios