BlogBlogs.Com.Br

n

Glitter Photos
Glitter Photos

Agradecendo aos céus...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
OBRIGADA!
VOLTEM SEMPRE!

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) blogueira (o),
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto,será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes , experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos .
Se você leu ,experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog ,ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente,assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo,por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog,não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu ,que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem- vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

CATIVA-ME

Glitter Photos

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

quinta-feira, maio 03, 2012

Textos instrucionais> Receita culinária>Alfabetização>Produção textos> 03/05/12


 Trabalhando com a leitura e a
 produção de textos instrucionais

 Objetivo: oferecer informações a respeito de como realizar determinada atividade, de como agir, de como usar algo etc.
Por meio de atividades orientadas pelo professor, pretende-se que as crianças se apropriem das características centrais desse gênero textual.
 Com essas intervenções, espera-se que os estudantes aprendam a ler e a produzir esse tipo de texto com autonomia.

PRODUÇÃO DE UMA RECEITA

O que o aluno poderá aprender com esta aula
Ao final das atividades, esperamos que os alunos:
■Aprendam quais as finalidades, as funções e os elementos característicos de uma receita.
■Aprendam a escrever receitas, respeitando os objetivos do texto, seu destinatário e o contexto de circulação.
■Aprendam a organizar o texto de acordo com as convenções gráficas de nosso sistema de escrita.
Duração das atividades
Por volta de duas semanas
 Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Essas atividades podem ser realizadas desde o início da alfabetização.

Estratégias e recursos da aula
Atividade 1: Proposição do trabalho com receitas
Caro professor, organize os alunos em roda e converse um pouco sobre a alimentação diária de cada um. Após o debate, faça a seguinte proposta às crianças: “Que tal elegermos uma receita típica de nossa região, que seja saudável e de fácil preparo para fazermos aqui na escola?
Vamos escrever a receita e colocar no mural da escola?”
Seria interessante propor à turma que escrevessem uma lista com o nome de cada receita sugerida. Essa lista poderia ficar fixada na sala por um ou dois dias para que seja preenchida à medida que os alunos se lembrarem de mais alguma receita.
É importante explicar à turma a função da lista: deixar registrado as sugestões de receitas para depois eleger aquela que será feita.
Você também pode pedir aos alunos que perguntem aos familiares que receita típica da região sugerem que seja feita na escola.
Atividade 2: Apresentação de uma receita à turma
Em outro dia, nossa proposta é que você leve para a sala alguns livros de receita e os apresente à turma.
Para que os alunos conheçam os elementos desse gênero textual, sugerimos a atividade que se segue.
 Primeiramente, pergunte aos alunos se conhecem o BOLO DE CENOURA e explore quais são os seus INGREDIENTES e o MODO DE FAZER.
Depois, leia a receita para as crianças e as oriente na realização das questões abaixo.


1. Circule o título da receita e copie-o no espaço abaixo
2. Sublinhe o item INGREDIENTES e leia com a ajuda da professora quais são eles.
3. Sublinhe o item MODO DE FAZER e leia com a ajuda da professora como se faz o bolo de cenoura.
Obs: Os alunos deverão compreender que toda receita deverá ter o seu título, os ingredientes e o modo de fazer.
Atividade 3: Eleição da receita a ser feita na escola
Agora é o momento da eleição da receita.
 Leia com os alunos o nome das receitas que foram sugeridas e peça para que cada um vote em uma delas.
Será mais rico se você estimular o debate sobre as atitudes que cada um deve ter para que o processo eleitoral ocorra bem.
Depois de todos terem votado, é importante que a turma conte quantos votos teve cada receita e identifique qual delas foi a vencedora.
Atividade 4: Mãos a obra: o preparo da receita
É interessante fazer uma roda de conversa antes do início do preparo da receita para fazer os combinados iniciais e verificar se todos os ingredientes estão presentes.
Relembre aos alunos que, na escrita da receita, primeiro, deverão escrever os nomes dos ingredientes.
À medida que forem executando a receita, é importante chamar atenção para o modo como ela está sendo preparada. Ex: “Então, gente, o nosso primeiro passo foi: (...)”
Ao finalizar a receita, rememore com os alunos todos os passos que seguiram e os convide a escrevê-la.
Atividade 5: Escrita da receita
No momento da escrita da receita, recomendamos que sejam seguidas as seguintes etapas:
Obs: O professor deverá ser o escriba da receita que, como o combinado, será fixada no mural da escola.
1.Planeje com os alunos como será o texto.
Como já vimos, toda receita deve ter o nome, os ingredientes e o modo de fazer.
Nessa etapa, é importante que os alunos digam o que deverão colocar no item INGREDIENTES e no item o MODO DE FAZER.

2.Redação do texto com os alunos.
Explique aos alunos que o texto será elaborado coletivamente.
Nessa etapa, é importante pedir aos alunos que reflitam sobre a melhor forma de escrever a receita. Explique também que na receita, normalmente, OS INGREDIENTES são escritos em forma de lista (um após o outro) e o MODO DE FAZER é escrito ‘ordenando’ as ações que devem ser feitas, passo a passo: Ex: coloque (...), misture (...), etc.

3.Depois de escrever o texto elaborado pelos alunos, leia para a turma e peça que avaliem se colocaram todas as informações corretamente e se não se esqueceram de nenhum ingrediente.

4.Por fim, peça às crianças que copiem a receita do quadro.
Nesse momento, é importante pedir para que prestem atenção em dois aspectos de nosso sistema de escrita: a sua direção (esquerda para direita) e a segmentação das palavras (enquanto na linguagem oral, falamos muitas das palavras emendadas, na escrita as escrevemos separadas)

Avaliação
Ao final dessas atividades, os alunos deverão ter avançado no processo de compreensão e de escrita do gênero textual receita.


Texto Instrucional para o preparo da culinária

O que o aluno poderá aprender com esta aula
■ Compreender os usos e funções sociais da leitura e da escrita;
■ Aprender a utilizar o texto instrucional para preparar uma receita;
■ Identificar o gênero textual, com base na estrutura do texto e outros elementos.
■ Produzir pratos da culinária regional;
■ Registrar as receitas.
Duração das atividades
4 aulas com duração de 50 minutos cada
Estratégias e recursos da aula

1ºMOMENTO – Compreensão da estrutura do texto instrucional: Receita.
■Apresente aos alunos uma receita de salgadinhos de queijo.
Faça perguntas do tipo: - Vocês sabem o que está escrito?

RECEITA DE SALGADINHO DE QUEIJO:

1 envelope de sopa de queijo
2 xícaras de chá de farinha de trigo
200 g de margarina derretida
1 ovo
MODO DE PREPARO:
Misture todos os ingredientes muito bem e deixe descansar por 30 minutos na geladeira
Abra a massa com as mãos e corte em quadradinhos ou círculos
Pincele com gema
Coloque em uma assadeira (não precisa untar) e leve ao forno
Assa rapidinho
■Mediante as resposta dos alunos, indague: - Como foi que vocês descobriram?
■Explique que, para fazer salgadinho, bolo ou outro prato, as pessoas seguem instruções da receita, seja lendo ou lembrando (memória) passo a passo dos ingredientes e modo de fazer.
■Provavelmente, há no texto muitas palavras e expressões que os alunos desconhecem. Pergunte ou explique o seu significado.
■Chame atenção dos alunos para a organização do texto: Título, ingredientes e modo de fazer.
■Discuta com os alunos a função texto instrucional e sua organização (que serve para orientar uma pessoa a executar uma ação seguindo cada passo)
■Solicite aos alunos que identifiquem onde está escrito o título, o nome ingredientes e o modo de preparo.
■Peça para que expliquem como foi que descobriram.
■Leia com os alunos a receita de salgadinho de queijo. Peça que acompanhem a leitura passando o dedo abaixo das palavras.
2ºMOMENTO – Arrumando a receita.
■Entregue a receita de salgadinhos aos alunos.
■Peça que observem a receita desordenada.
■Leia com eles e solicite que recortem e montem a receita observando a seguinte organização: Título, ingredientes e modo de fazer.

INGREDIENTES
FARINHA DE TRIGO
RECORTE EM QUADRADINHOS OU REDONDOS
QUEIJO
MISTURA TUDO E DEIXA DESCANÇAR
PINCELE COM GEMA
OVOS
ABRA A MASSA COM AS MÃOS
COLOQUE NUMA ASSADEIRA
MARGARINA
MODO DE PREPARO
ASSA RAPIDINHO

■Se os alunos ainda não estão alfabetizados, escreva a receita de um lado da folha de papel madeira desordenada contendo ilustrações e através de perguntas e “dicas” como, por exemplo: começa com B e termina com O, ajude-os a descobrir onde está escrito a palavra ingredientes e assim por diante.
Na outra metade do papel, escreva a receita com letra maiúscula, na ordem correta.
Leia e mostre uma frase de cada vez, solicitando que escrevam a receita.
3º MOMENTO – Preparação da receita.
■Faça com eles salgadinhos de queijo.
Veja com eles os ingredientes que cada um pode contribuir.
■Discuta as quantidades que cada um vai trazer, de modo que todos possam comer.
■No dia do preparo da receita, discutam as quantidades dos ingredientes e as medidas que serão utilizadas.
■Problematize, deixe os alunos pensarem e expressarem suas estimativas e soluções para as situações problemas da seguinte forma:
- Quantos salgadinhos são possíveis de fazer com as medidas de uma receita?
- Se uma receita dá para fazer 50 salgadinhos e cada aluno deseja comer 5 salgadinhos o que devemos fazer? Quantos salgadinhos farão ao todo?
- Durante o preparo do prato, levante questões relativas as medições dos ingredientes:
Quais são os instrumentos que iremos utilizar para medir a quantidade dos ingredientes?
Como podemos saber se estamos usando a quantidade certa?
Observe a embalagem dos produtos, identifiquem onde está escrito as quantidades de farinha de trigo, manteiga e queijo.
■Depois de feito e saboreado os salgadinhos, peça aos alunos que lembrem e digam os passos que foram seguidos para o preparo do prato.
■Escreva na lousa a receita.
Solicite que os alunos copiem no livro de receita.
4ºMOMENTO – Pesquisando e escolhendo as receitas.
■Envie pelos alunos um bilhete solicitando aos pais e avós receitas gostosas para produzir um livro.
■A medida que as receitas forem sendo enviadas pelos alunos, organize grupos para analisarem as receitas.
■Verifiquem se obedecem a estrutura desse tipo de texto, se contêm todas as informações necessárias.
■Após a revisão, peça para que copiem no caderno ou folha de papel.
■Se os alunos ainda não estiverem alfabetizados, digite a receita com letra maiúscula, peça para ilustrarem e colarem no caderno ou folha que comporá o livro de receitas.
■Discuta com os alunos a organização do livro de receitas: O nome do livro, o agrupamento dos pratos (frios, quentes, doces e salgados), o índice em ordem alfabética, a numeração das páginas, a dedicatória e organizadores.

Recursos Complementares


Avaliação

· Compreenderam os usos e funções sociais da leitura e da escrita;
· Utilizaram o texto instrucional para preparar uma receita;
· Identificaram o gênero textual, com base na estrutura do texto e outros elementos presentes no mesmo;
· Registraram as quantidades dos ingredientes de forma convencional.

 




Link para essa postagem


3 comentários:

  1. Hoje é domingo e estou passando para deixar o meu abraço e a minha alegria a você.
    Que Deus te ilumine a semana que se aproxima.
    Nossa amizade é mais ou menos assim...

    Poema do amigo aprendiz
    Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos.
    Nem tão longe e nem tão perto.
    Na medida mais precisa que eu puder.
    Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
    Da maneira mais discreta que eu souber.
    Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
    Sem forçar tua vontade.
    Sem falar, quando for hora de calar.
    E sem calar, quando for hora de falar.
    Nem ausente, nem presente por demais.
    Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
    É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender!
    E por isso eu te suplico paciência.
    Vou encher este teu rosto de lembranças,
    Dá-me tempo, de acertar nossas distâncias...
    Pe. Zezinho SCJ.
    Com muito Carinho,
    Sandra

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios