BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORES VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2019
10 ANOS DE LITERATURA INFANTIL
ACOMPANHEM LINGUAGEM E AFINS NO FACEBOOK TAMBÉM!

segunda-feira, julho 15, 2019

Mel na boca>Convivência de neto e avô>Tom>Emoção e poesia>15/07/2019

André Neves
Para Tino, passar as férias com o avô é a maior das alegrias. Com ele, aprende a gostar de ouvir música, a cantar, a brincar, a andar descalço. O garoto descobre também o que significa dividir afeto quando disputa com um pintassilgo a atenção do avô. Ele não entende por que o avô se preocupa tanto com o pássaro e resolve tomar uma atitude. Nessa relação, avô e neto aprenderão muito sobre amor e liberdade.

Entramos no novo livro do pernambucano André Neves por um portão baixinho. Ao lado dele, um muro longo exibe um passarinho meio escondido, mas pronto para gente ver. Pássaro é paixão e marca deste ilustrador. A dupla de páginas a seguir começa com um momento poético. Poesia para contar a vida é marca deste escritor.
Lentamente o dia se enrosca nos galhos da árvore e ilumina o pátio. Pendurada, a gaiola com o pintassilgo dá bom dia ao sol. O avô gosta de pássaros e de manhãs. Tino, o neto, também gosta e tem mel na boca quando canta.
Na imagem, quem está empuleirado é neto e avô. A gente vê só uma parte, mas já sonha com o afeto que estamos prestes a conhecer. Assim nos é apresentado Mel Na Boca, que acaba de ser lançado pela Editora Cortez na Bienal do Livro de São Paulo. A sucessão de páginas nos adoça o olhar: tem cenas carinhosas de avô e neto, tem cheiro de brincar com manhãs. A gente quase consegue ouvir o canto-passarinho do menino. Depois, quase ouve ele tirando música de tudo: é sua forma de viver o mundo no tempo das férias na casa do avô. E, então, vê a cumplicidade dos dois estendida em um dos momentos de mais confiança entre adulto e criança: aprender a andar de bicicleta. É neste momento também que entendemos a paixão do avô pelo canto dos pássaros. 
O menino para o andar de bicicleta, porque o avô se perde na música da ave. É lindo reparar onde estão as rodinhas da bicicleta: quem, afinal, está buscando equilíbrio, oras? A noite chega e segue daí a angústia do menino vivendo uma etapa da liberdade. É compaixão? É ciúme? Ele dorme aflito, em uma ilustração boa de ser perder nas suas cores, tons e luzes, no mistério do olhar do menino, no movimento do que o acolhe.
O dia seguinte pega o leitor de surpresa: acontece o desejado por quem lê desde a primeira dupla, mas o surpreendente mesmo é a reação do avô. A cumplicidade toma outra forma e é a gente que sente aquele ventinho que vem com o pedalar. Quem, afinal, deseja a liberdade?
O livro nos põe a refletir a partir de um cotidiano simples, algo nosso, identificável. As cores, as colagens, as luzes quase fotografia, os gestos em poesia e o amadurecimento de avô e neto, juntos, nos dão aquela vontade de começar a leitura de novo. É a trajetória o encanto maior, como é a vida de qualquer pessoa. Este é o mel que experimentamos, embora sempre seja uma escolha.  Fonte

Muita informação linda sobre o autor André Neves
Em Mel na Boca, os pássaros são presença constante, nas ilustrações e na história. 
Folheie o livro e observe atentamente. 
Será que temos algo em comum com os pássaros? 
Por que o ilustrador nos leva a essa constante aproximação, entre pássaros e seres humanos? 
O que a imagem do pássaro desperta em sua imaginação?
Atividades
André Neves
A história do menino Tom é contada por seu irmão, que sempre o observa intrigado - 'Por que Tom não brinca?
Por que Tom não diz o que sente?
Onde Tom guarda todos os seus sonhos?'.
Até que um dia Tom chama seu irmão para que conheça o seu segredo e assim possam de verdade se aproximar.
Este livro traz um suplemento de 10 páginas com depoimento do autor e ilustrador pernambucano André Neves à exposição 'Tom/o imaginário da paleta à letra', organizada pelo artista.
“Tom”, publicado pela Projeto, é um marco da maturidade de André Neves no universo do livro ilustrado. Criado a partir da experiência pessoal do ilustrador-autor, “Tom” é uma narrativa poética que encanta e surpreende não apenas pela história que se revela através do olhar e da percepção do narrador, o irmão de Tom. Como uma verdadeira obra de arte, o livro suscita diferentes interpretações, deixando o leitor livre para ter sua própria experiência durante a leitura.
André Neves também conquista os leitores e apreciadores de bons livros ilustrados com seus vários tons de “Tom”: com o tom do livro, imagético e poético; com o tom da cor que escolheu para as ilustrações, que ora possuem um quê de invisibilidade às personagem de Tom ora cativam o olhar do leitor; com o tom da narrativa: suave, porém atenta às descobertas; com o Tom-personagem, essa criança cheia de segredos, silêncios e inquietações que vai se revelando na medida em que o irmão aproxima-se de seu mundo. Continua: AQUI
O autor fala sobre esta obra: “O autismo, a criança especial, fica forte na primeira leitura. Mas, com imaginação, podem-se criar outras histórias para o personagem: a curiosidade em relação a pessoas silenciosas, o irmão que não entende o outro, sentimentos não resolvidos. 
A história é muito aberta”, observa. Continua:  AQUI


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios