BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORES VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2019
10 ANOS DE LITERATURA INFANTIL
ACOMPANHEM LINGUAGEM E AFINS NO FACEBOOK TAMBÉM!

terça-feira, julho 16, 2019

A menina da renda vermelha>A aranha rendeira>Música mulher rendeira>Coordenação motora>Artes>16/07/2019


A menina da renda vermelha
Fabiana Guimarães
Entre a repetida melodia que as mulheres faziam, no processo de criação das rendas brancas, com seu bilros, pra lá e pra cá, Tereza imaginava uma renda colorida que levaria para a madrinha, no dia em que fosse visitá-la. Mas por ali, tudo era branco, linhas brancas, rendas brancas. Cansada de tudo isso a menina sonhava com o vermelho, cor da linha que pedia para a mãe, para tecer o presente da madrinha.  Continua:  AQUI

Projeto pedagógico
A narrativa conta a história da sonhadora Tereza, que vive entre outras mulheres rendeiras, que teciam roupas de renda somente com linhas brancas. Tereza, contudo, sonhava com rendas coloridas, vermelhas. Esperou pela cor preferida, aprendeu a tecer, comprou linhas e agulha, mas será que a menina realizou o sonho de colorir a linha, a renda, o tecido, a vida? 






A rendeira
Roseana Murray 
A rendeira… seu ofício de aranha
tecendo beleza
me ajuda a tecer meus poemas.

Tem mãos de maga,
a rendeira,
tem mãos de espuma.
Não assina seu trabalho
com um nome,
mas com magia,
como um vôo de pássaro 

assina o céu.

Mulher rendeira
Música e obra literária
sebas2
A fadinha e a  aranha rendeira
Resultado de imagem para livro de fio em fio a historia se desfia atividades

Por que o livro é legal? Porque através da narrativa rimada, a história, literalmente se desfia, fazendo brincadeiras com as palavras e explorando a sonoridade das mesmas. Sem falar que colocar animais em situações que não são tão comuns a eles ajudam a atrair crianças de todas as idades.
AQUI
Ouvindo a história e música mulher rendeira
Engana-se quem diz que a música é uma linguagem universal. É, pois, como afirma a escritora Maura Penna, um fenômeno universal, uma vez que, cada povo tem sua identidade cultural e também musical, com suas cores, texturas e “gramática” sonora. Nessa aula apresentei às crianças um pouco da cultura nordestina, utilizando o livro da escritora, educadora e compositora, Elvira Drummond. “De fio em fio a história se desfia” conta a trajetória de uma simpática aranha “toda enrolada” na arte do rendado. No entanto, ao conhecer uma mulher rendeira, aprende esse belo ofício e surpreende a todos! As crianças encantaram-se com a destreza das mãos das rendeiras e ouviram o “sonzinho” dos bilros “valsando” em seus dedos. Para comemorar o desfecho da história, enfeitamos, com pequena percussão, “Mulher Rendeira” e, em uma grande roda, como num belo rendado, fizemos uma ciranda!

A teia da sustentabilidade
Flexibilidade e coordenação motora
AQUI



Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios