BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORES VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2019
10 ANOS DE LITERATURA INFANTIL
ACOMPANHEM LINGUAGEM E AFINS NO FACEBOOK TAMBÉM!

quinta-feira, novembro 21, 2019

Aulas/dinâmicas da saudade/despedidas/formaturas/memórias>Pequenas ternuras>Final ano letivo>21/11/2019


Muitas atividades afetivas podem ser realizadas no final do ano para despedidas da turma.
Algumas sugestões a seguir,pois compartilhar é o que Linguagem e Afins faz.
Aproveitando este momento para agradecer a todos que aqui vieram, e que, continuarão no próximo ano. Pequenas ternuras são essenciais.Que elas sejam duradouras em suas vidas!

dinamica para despedida de funcionario

Sugestão de mensagem inicial:
A “aula da saudade” nos faz pensar em uma listagem de poderes: O PODER DE LEMBRAR....o poder de sentir novamente....poder de ressuscitar momentos. 
Encontramos o privilégio extraordinário de buscarmos em nosso arquivo pessoal documentos, registros, fatos...
 É bem verdade que na rota da existência nem sempre temos boas lembranças, nem sempre há alegria em algumas recordações... 
Mas, hoje é dia de celebrar: celebrar a amizades adquiridas. 
Celebrar as conquistas realizadas. 
Na realidade hoje nós estamos em um grande passeio... E já que a palavra é recordar... 
Vamos pegar o vagão do saudosismo...
 Por este motivo a nossa viagem é em ritmo de flash-back. Paradas rápidas e surpreendentes nos aguardam. Coloquem os cintos e boa viagem...
 Vamos às paisagens: Do lado direito, parado número um: 
O PRIMEIRO DIA DE AULA: alguns de vocês entraram por estas portas ainda intimidadas, com algumas questões no coração, e na alma....
Outros, em contra partida, calorosos, espontâneos, descontraídos, pareciam que já faziam parte do cenário... Mas não sabiam ao certo o que de fato os esperavam... 
Próxima parada... Lá está você em aulas maravilhosas que ti fizeram pensar profundamente sobre diversos temas... 
Mas apesar do corre-corre você me parece confiante. Bem, Seguindo viagem... dias e dias a fio, estudos, pesquisas, trabalhos, provas... E lá está você... Puxa como você está diferente do primeiro dia. Última parada Itinerário: AULA DA SAUDADE PROJETO TRAVESSIA

 Parabéns: você batalhou, progrediu, cresceu, conquistou. Foi um prazer viajar com você!. 
Caso queira olhar com mais detalhes: AQUI

Hora da história: O vaga-lume:  AQUI

A vida é cheia de fases e jornadas a serem concluídas, e isso vale para qualquer ocasião, afinal todos temos de passar por alguns desafios para testar nossa força, coragem, lealdade, aprendizado etc. Seja no final de um ano ou no meio deste, conclui-se uma importantíssima fase da vida: a conclusão de um curso. Desde pequeno há conclusões acadêmicas a serem tomadas, sendo elas da Alfabetização, do Ensino Fundamental, do Ensino Médio, da Graduação Superior e os demais. Mesmo que completar uma fase da vida seja motivo de alegrias, para muitos, deixa um pouco de saudade e, com intuito de reunir todos esses sentimentos saudosos num momento só, surge a Aula da Saudade. O  que é aula da saudade?  AQUI

Dinâmica 1 Escrevendo uma carta
O objetivo dessa dinâmica de despedidas é avaliar o momento concreto que está sendo vivido pelo grupo através da verbalização das emoções e proporcionar um momento para dizer adeus e desejar sucesso na nova jornada que se inicia.
Materiais: Papel e caneta para cada participante.
Procedimento: Cada participante escreverá numa folha uma carta de despedida do grupo.
Nessa carta, deve comentar o como está se sentindo em relação ao grupo, o que está sendo o mais importante, se estava gostando ou não, do que estava gostando ou não, se vai sentir saudade... por quê? E o que mais quiser acrescentar.
Depois, as cartas são lidas em voz alta, pela própria pessoa que escreveu ou então, trocando-se os leitores.
Lida todas as cartas, pode-se conversar sobre o rumo que se deve dar ao grupo para resolver o problema que se está enfrentando.
Dicas: Comentar sobre sentimentos, dificuldades, facilidades e outros que o grupo julgar importantes.Fonte
Dinâmica 2 Relacionamento interpessoal
Essa dinâmica divertida tem por objetivo estimular o Trabalho em Equipe, Raciocínio lógico e o relacionamento interpessoal fazendo com que os participantes entendam a importância de pedir ajuda a seus amigos ou se oferecerem na hora de solucionar um problema.
Materiais: Uma bandeja e balas de acordo com o nº de participantes. As balas devem ser colocadas dentro da bandeja. No caso de crianças pequenas é importante utilizar balas que sejam moles e que possam ser mastigadas para evitar o perigo de engasgar com balas duras.
Número de participantes e tempo estimado: 2 a 30 participantes. 30 minutos
Como fazer a brincadeira com as crianças:
1. O coordenador da atividade deve formar círculo, diga então as crianças: “vocês terão que chupar uma bala, só que não poderão usar suas mãos para desembrulhar a bala e colocar em sua própria boca.” É natural que os participantes fiquem agitados e demorem um pouco para entenderem a solução do problema, dependendo da idade das crianças o professor ou coordenador deverá dar dicas, do tipo, vocês não podem usar as suas mãos, enfatizar para que entendam que se outra pessoa utilizar as mãos para desembrulhar e colocar a bala na boca estará tudo certo.
2. Essa é uma dinâmica muito divertida e o coordenador deve dar tempo para que as crianças entendam por si só a solução para o problema, uma dica é colocar a bandeja com as balas no chão, muitos participantes tentarão pegar as balas com a boca e descascar com os dentes, é muito engraçado como as crianças vão encontrando soluções.
3. Depois que as crianças encontram a solução para o problema o coordenador deverá deixar que chupem as balas e se relacionem entre si, no final da brincadeira deverá falar sobre a importância de analisar o problema e pedir ajuda para um amigo ou alguém que esteja próximo para nos ajudar.Fonte
Árvore dos desejos/Olinda
AQUI
Dinâmica/árvore
AQUI
Árvore do conhecimento
AQUI
Final ano letivo/ideias
AQUI
O gênio e as rosas/Contos curtos
AQUI
Aula sobre Natal
AQUI
Mais despedidas
AQUI
Formaturas
AQUI





Link para essa postagem


Pinheirinho de Natal>A tradição da árvore de Natal>Projeto>Leituras>Contos>21/11/2019


Cercado por árvores altas e esplendorosas em meio à floresta, um pinheirinho passa o tempo todo sonhando em crescer e ser tão majestoso quanto suas companheiras. Ao saber que muitas delas eram derrubadas para virarem árvores de Natal, este passa a ser o seu maior desejo. Mas, quando ele finalmente se realiza, o pinheirinho acaba aprendendo uma inesperada lição. Publicado pela primeira vez na Dinamarca em 1844, este clássico conto de Natal, de Hans Christian Andersen, chega agora ao público brasileiro recontado por Tatiana Belinky e com primorosas ilustrações de Claudia Degliuomini.
A história
Contos de Natal
A arvorezinha de Natal
Interpretando um pinheirinho...
Lenda do pinheirinho
Projeto
A tradição da árvore de Natal
Aulas
Cantando o pinheirinho



Atividades de Natal 4 ano do Ensino Fundamental

Véspera de Natal
4º E 5º ANO, ADJETIVO, DATA, GRAMÁTICA, INFERÊNCIA, INTERPRETAÇÃO, NATAL, PRONOMES, USO DO DICIONÁRIO, VERBO
Leitura para imprimir
Textos curtos
Simulado de Português 4 ano sobre Natal - Para imprimir
Árvore de Natal com revistas


formas-geometricas-natal3
Formas geométricas
Atividades para o natal educação infantil





Link para essa postagem


quarta-feira, novembro 20, 2019

A amendoeira triste>Conto terapia>Competências socioemocionais>BNCC>20/11/2019


A amendoeira triste
Claudine Bernardes

 De forma lúdica a autora conta sobre uma amendoeira "reclamona" da vida! 
Através desta árvore linda e majestosa podemos chegar perto/dentro dos corações dos pequenos,que muitas vezes não sabem se expressar.
No site da autora você encontra todas as informações necessárias para abordar este tema: A tristeza,além do material para download:O jogo do otimismo. Ela apresenta este conto terapia como estratégia pedagógica/Competência socioemocional.
Linguagem a Afins traz a literatura infantil como fonte essencial,vital,estimulante,importante e todos os afins necessários abrindo os olhos dos professores infantis para a ludicidade,como aprendizagem prazerosa e eficaz.
O conto A amendoeira triste é muito lindo,simples.Faz-nos enxergar nosso valor, de como somos importantes para o outro,de como precisamos verbalizar sentimentos,que ficam guardados dentro da gente. Assim,nós professores, podemos levar a imaginação de nossas crianças a um grau bem elevado_ a resiliência, sabedoria,gratidão,gentileza...


"Educação emocional é uma via de mão dupla,
onde você ensina e ao mesmo tempo aprende."
Claudine Bernardes
Saiba tudo
AQUI

Uma amendoeira que vive no topo de um  montanha e reclama da solidão. Ela gostaria de estar entre outras amendoeiras,que,segundo ela, são felizes e férteis. Com sua autoestima abaixo de suas raízes,ela começa a definhar. A voz da sabedoria lhe coloca no lugar,mostrando que uma menina,ali perto,admira-a muito.Ela nem via a menininha,que também ficava triste, por ela...
A amendoeira reage. Cria coragem,revigora-se. Percebe que és importante para a menina,que esbanja sorrisos de alegria...
Lindas ilustrações! Maravilhosas e encantadoras!


A amendoeira em flor/Van Gogh
Resultado de imagem para livro carlota não quer falar

Desdobramentos socioemocionias
A seguir mais sobre educação emocional

Competências socioemocionais visam o desenvolvimento das dimensões comportamental e relacional dos indivíduos.

Existem muitas formas de descrever o que são as competências socioemocionais. Para facilitar o entendimento, vamos traçar um paralelo entre as competências práticas, cognitivas e socioemocionais. As práticas e cognitivas são aquelas que dizem respeito ao desenvolvimento de habilidades para a compreensão de conteúdosconceitos e processos dentro dos diferentes objetos de conhecimento. As competências socioemocionais são aquelas que visam o desenvolvimento das dimensões comportamental (atitudinal) e relacional dos indivíduos.
Essa é apenas uma definição possível, mas as competências socioemocionais podem se manifestar de diferentes formas na prática pedagógica e nos referenciais teóricos que a sustentam.

Competências socioemocionais e a BNCC
A Base Nacional Comum Curricular está trazendo diversas mudanças significativas para a educação brasileira. Uma das mais importantes talvez seja a valorização das competências e das habilidades socioemocionais, que ganham mais espaço e visibilidade em um documento normativo oficial. As competências socioemocionais aparecem ao longo de toda a BNCC – das competências gerais às competências e habilidades específicas.

Levando as competências socioemocionais para a sala de aula
Alinhado ao Projeto Político Pedagógico de sua escola estas competências serão trabalhadas transversalmente.
Aqui, a escola pode se aproveitar da horizontalidade das habilidades da BNCC para desenvolver um trabalho multidisciplinar, que envolva professores de todos os segmentos e componentes curriculares no desenvolvimento das competências e habilidades socioemocionais. Vamos utilizar o exemplo da “empatia”, que já apresentamos anteriormente: Para ensinar empatia, os professores dos componentes de Ciências e de História podem pensar em um projeto interdisciplinar que envolva o gênero debate. A partir deste projeto, os alunos deverão exercitar a escuta ativa, a cooperação, o respeito ao outro, a resolução de conflitos – entre muitas outras competências necessárias à compreensão do conceito e ao desenvolvimento de empatia.Além do debate, as competências e habilidades socioemocionais podem ser trabalhadas de inúmeras formas: a partir do jogo e da ludicidade, da abertura de espaços moderados de fala e da troca de experiências, de propostas de atividades que envolvam a autoanálise e a representação (como o desenho, a música, a escrita etc.).Fonte   
Literatura infantil e as competências socioemocionais     
Então chegamos no ponto desejado deste blog!   
Ludicidade combina com empatia, que combina com emoção, que combina com histórias,que combina com aula diversificada, divertida,reflexiva,inclusiva, e todos os demais temas importantes possíveis. 
Desta forma Linguagem e Afins traz sugestões literárias " envolvendo saberes e vivências culturais,para exercitar a empatia, o diálogo,a resolução de conflitos e a cooperação,fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humano,com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais,seus saberes,identidades,culturas e potencialidades,sem preconceito de qualquer natureza." (BNCC).
As sugestões literárias "emoções","sentimentos" estão lincadas nestes títulos e também como "socioemocional". Estão disponibilizadas,separadamente,na lateral direita," sensibilidades e afins". ( Tristeza,superação,abraço,afeto,raiva,ciúmes,bullying,etc)     

Além de estimular sentimentos como empatia, personagens podem ensinar crianças e adolescentes a lidar com emoções complexas no processo de crescimento.  Através da fantasia podemos enriquecer o repertório das crianças,trazendo emoções significativas e prazerosas.Vejam mais:  AQUI     ---Habilidades socioemocionais: AQUI ---

Resiliência. Usar as próprias habilidades para superar crises e sair mais fortalecido e experiente diante de cada adversidade. Para o aluno, é uma forma de estimular a persistência e o equilíbrio emocional.  AQUI
Compartilhando histórias
Ao compartilhar histórias com crianças, você poderá ajudá-las a desenvolver maior consciência sobre as suas emoções e sensibilidade para os sentimentos dos outros. Além disso, livros de boa qualidade promovem comportamentos empáticos e fomentam o desenvolvimento moral.Por meio da literatura infantil, pais e professores podem ajudar as crianças a encararem emoções fortes de forma positiva, promovendo assim a resiliência e o autocontrole. Histórias envolventes validam os sentimentos dos leitores e os convidam para refletir sobre questões sentimentais. Ao se identificar com um personagem, a criança poderá aprender com ele e enxergar soluções para os seus problemas. Por meio disso, ela também estará fortalecendo a sua percepção e compreensão social. Além da empatia, que já falamos ali em cima: quando ela se enxerga em outro, consegue se colocar no lugar de um colega com muito mais facilidade.  Sendo assim, é fundamental que o valor socioemocional da literatura infantil seja sempre considerado. Uma boa história seguida de uma discussão pode criar a oportunidade perfeita para a criança explorar emoções e situações sociais que refletem as suas experiências de vida.





Link para essa postagem


A amendoeira em flor/Van Gogh>Lenda das amendoeiras>Releituras>20/11/2019


A amendoeira em flor
Van Gogh


Sobre a obra
Lenda das amendoeiras

Ouvindo
Lindo!  AQUI
Releitura

Flor de amendoeira






Assemblages
O que é/Exemplo
Resultado de imagem para a amendoeira em flor assemblage
Com pipoca
coverPopcorns and trees in blossom

Pipoca como brincar de maneira criativa - desenho com pipoca

Sugerindo a obra literária A amendoeira triste
Socioemocional




Link para essa postagem


segunda-feira, novembro 18, 2019

O que tem na panela Jamela?>Coleção Jamela>Literatura afro>18/11/2019


Nick Daly

Escrita e ilustrada por Niki Daly  - Edições SM
"O que tem na panela, Jamela?" é o primeiro livro de uma série. Jamela, a protagonista, é uma menina esperta, inteligente que procura soluções para as diversas situações que vive. Neste texto, Jamela se encarrega de cuidar de uma galinha que sua mãe comprou para fazer no Natal. Mas a menina não só cuida como cria um certo laço afetivo com a ave, tornando-a seu bicho de estimação. A galinha, bem cuidada, fica no ponto para ser consumida no Natal. E aí? Como fazer para que seu bichinho não vá para a panela? Jamela busca uma solução. Continua:AQUI

A história começa com a avó e a mãe de Jamela conversando e combinando sobre o almoço do dia de natal. E então Jamela foi com sua mãe na casa de Dona Zibi e compraram uma franguinha para alimentar direitinho e ela ficar gorda e bonita para ser o almoço de natal. Continua:AQUI


A lei 10.639/03 destaca a literatura como um dos caminhos para a construção de conhecimentos sobre história da África e dos africanos, a luta dos negros no Brasil, a cultura negra e o negro na formação da sociedade brasileira. Temos aqui o objetivo de contribuir com sugestões de livros infanto-juvenis que apresentem narrativas de culturas africanas e ou protagonistas negros. Estas histórias devem estar presentes no cotidiano escolar sendo lidas e disponibilizadas como outras tantas.

São vários títulos com a protagonista Jamela, mas,não encontrei mais referências.
"É difícil vermos livros infantis que sejam de escritores de outros países e que tenham o "sotaque" de sua origem. E esse livro é uma dessas excessões, pois tem palavrinhas de origem africana que tem suas traduções no fim do livro. As gravuras demonstram bem o povo africano e são lindas."Fonte
Nossa,encontrei o manual do professor dos livros:  AQUI


Cadê você Jamela?
A linda menina africana com trancinhas de contas lhe espera no livro de Niki Daly. E, quem sabe, você a encontre personalizada em alguma menina brasileira neste grande país.Fonte
Como reagimos às mudanças? Algumas pessoas são muitos resistentes, pois o que é novo pode despertar alguns sentimentos como medo, ansiedade, etc.
Desta vez, Jamela fica sabendo que sua mãe conseguiu um novo emprego e que isto resultará em uma mudança de casa. A ideia de ter que ir para uma nova casa não a agrada.
Agora imagine a confissão quando depois do caminhão carregado, pronto para a partida, a mãe  de Jamela procura por ela e não a encontra.  Toda a comunidade começa a procurar por Jamela.
A vida em comunidade, a solidariedade, a empatia são sentimentos que perpassam esta história.
O texto traz também a importância da música e da dança como forma de expressão de sentimentos para muitos povos africanos.






Link para essa postagem


segunda-feira, novembro 11, 2019

Baleia franca azul>Dobraduras>Releitura>Aula>Várias baleias em artes>11/11/2019


Releitura...





Aula/A vida das baleias
Baleia franca
Baleia azul: considerada pelos pesquisadores como sendo o maior animal do planeta, mede aproximadamente 30 metros. Durante o inverno procuram águas com temperaturas mais amenas, portanto tem como característica a migração para lugares mais quentes. Geralmente são encontradas em duplas ou pequenos grupos de animais. AQUI

Vídeo/baleia franca

Baleia franca austral

baleia franca é um mamífero marinho do gênero Eubalaena, que inclui três espécies que se diferenciam pelo local onde vivem. As espécies Eubalaena glacialis e Eubalaena japonica, também conhecidas como baleia franca do atlântico norte e baleia franca do pacífico, respectivamente, são encontradas no hemisfério norte.Continua:  AQUI
Projeto baleia azul
Livrinho

Uma amizade bem colorida - Joelle - Álbuns Web Picasa


https://s3-us-west-2.amazonaws.com/catalogo.ftd.com.br/files/uploads/13201158_resized_600x683.jpg

+ baleias




Link para essa postagem


domingo, novembro 10, 2019

Livro de memórias>Livro da vida>Festa do livro>Produzindo livrinho>10/11/2019

Livro de memórias
Aula/Livro da vida
O que o aluno poderá aprender com esta aula
• Aumentar o vocabulário.
• Desenvolver a escrita.
• Relembrar fatos interessantes que aconteceram no colégio no dia anterior.Desenvolver a temporalidade.
• Trabalhar com a livre expressão, texto, desenho e pintura.
• Socializar os acontecimentos das diferentes disciplinas da turma.
• Desenvolver a oralidade.
• Expor e discutir diferentes modos de ver a aula e a vida.


Obs: Esse livro pode ser utilizado desde que a criança já saiba escrever.
Poderá ser trabalhado em todas as séries do Ensino Fundamental Inicial.
Livro de memórias

Sugestão:  AQUI
O que eu guardo em minha caixa de memórias?
AQUI
Sugestão/Criar/Produzir livrinho com alunos
Festa do livro/Autógrafos

AQUI

Projeto/Confecção do livro
A casa do menino e da menina
Ao desenvolver o projeto, pretende-se que os alunos aprendam como um livro infantil pode ser realizado manualmente, como é o processo de construção de um livro, a elaboração da produção 
escrita e das ilustrações. 
Aula/Vamos construir um livro?
AQUI

Livros Monteiro Lobato Domínio Público Para Baixar Grátis

Trouxe o link do site Ideia Criativa
AQUI




Link para essa postagem


 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios