BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, outubro 19, 2017

O gigante egoísta>O príncipe feliz>Estímulos literários>19/10/2017


Com a linguagem dos clássicos, o livro retrata um gigante que, em um ímpeto egoísta, resolve isolar seu jardim das crianças que o coloriam ao brincar e correr por ali. 
A partir disso, sua vida fica triste e solitária — até que, sensibilizado por um menino que surge cercado de mistério em sua vida, o protagonista percebe que o caminho para sua própria felicidade está na generosidade e na partilha de seus dias.

Resultado de imagem para livro o gigante egoista atividades
Muitas vezes, o que parece sem vida pode ser um apoio ou motivo a mais para que a vida voe, flua, aconteça. Nenhum coração é seco o bastante para não deixar florescer dentro de si os mais importantes sentimentos. 
Sempre há uma hora para reflexão e mudança, e é exatamente isso que essas duas histórias de Oscar Wilde, O príncipe feliz e O gigante egoísta, nos mostram.
 Aprenda com elas e seja feliz.

Resultado de imagem para livro o gigante egoista atividades

Slides
Proposta de trabalho
Ouvindo a história



Texto e interpretação
Atividades

Conto adaptado

Imagem relacionada


Imagem relacionada

Maquete


O príncipe feliz
Oscar Wilde é um escritor muito bom e a turma do quarto  ano A andou a explorar um dos seus livros. Toda a gente gostou muito porque é uma história muito bonita e emocionante.
    Fala de uma Estátua que, com a ajuda de uma Andorinha, se desfez das coisas mais preciosas que tinha, para embelezar a vida das pessoas da sua cidade. 
Fizemos muitas atividades e trabalhamos na gramática.
 Com a ajuda deste livro aprendemos que ler é muito importante para as crianças. 

Proposta de trabalho
A história
Slides
Atividades
Vídeo


Maquete


Tem mais





Link para essa postagem


sexta-feira, outubro 13, 2017

História em quadrinhos+pronomes pessoais>13/10/2017


Histórias em quadrinhos e pronomes pessoais

         Conhecer e ter contato com o gênero textual (quadrinhos);
·         Observar o recurso usado para representar a fala do personagem (balões de fala);
·         Identificar personagens, suas características e a sequência temporal do texto;
·         Exercitar a leitura imagética;
·         Reconhecer os quadrinhos como mais uma opção de leitura;
·         Compreender a função e a importância das onomatopeias nas histórias em quadrinhos;
·         Identificar o conhecimento prévio dos alunos acerca do gênero textual quadrinho e a         compreensão do texto apresentado nessas histórias.

Aula
O que é histórias em quadrinhos?
Aula Independência do Brasil
Quadrinhos

Aprendizagem lúdica e significativa

A roupa nova do rei
AQUI
Mais aulas e atividades
AQUI
AQUI
AQUI
Mais sobre histórias em quadrinhos
AQUI






Link para essa postagem


Fábula : O lobo e sua sombra>Estímulos fabulosos+estudo de pronomes>13/10/2017


Fábulas de Esopo - O Lobo e sua Sombra

Um Lobo saiu de sua toca num fim de tarde, bem disposto e com grande apetite. E enquanto ele corria, a luz do sol poente batia sobre seu corpo, fazendo sua sombra aparecer refletida no chão.
Então ele viu aquela sombra de si mesmo projetada no chão. E como a sombra de uma coisa é sempre bem maior que a própria coisa, ao ver aquilo, exclamou vaidoso: “Ora, ora, veja só o quanto grande eu sou! Imagine eu, com todo esse tamanho, e ainda tendo que fugir de um insignificante Leão! Eu o mostrarei, quando o encontrar, se Ele ou Eu, afinal, quem de verdade é o rei dos animais!”
E enquanto estava distraído envolto em seus pensamentos e gabando a si mesmo, um Leão pulou sobre ele e o capturou.
Ele então exclamou com tardio arrependimento: “Coitado de mim! Minha exagerada autoestima foi a causa da minha perdição.”
Autor: Esopo
 Moral da História:
Não permita que suas fantasias o façam esquecer da realidade.
Aula sobre esta fábula+ pronomes
Outra aula
Exercícios variados/pronomes
Sobre pronomes
A galinha e sua sombra
AQUI




Link para essa postagem


domingo, outubro 08, 2017

Pão quente e cenouras frescas>Estímulos literários e alimentares>09/10/2017

Pão quente pode esquentar cenouras frescas; estas, por sua vez, esfriam o pão quente.
Este é o problema difícil que Sinézio tem de resolver.

AQUI

Projeto Autores Nacionais
Projeto de Leitura
AQUI

O coelho na literatura
AQUI






Link para essa postagem


Projetos: histórias que alimentam e conhecimento/diferentes culturas> Conscientização negra>08/10/2017


CONSCIENTIZAÇÃO NEGRA
PROJETO HISTÓRIAS QUE ALIMENTAM

As obras a seguir são utilizadas neste projeto
Cliquem nos títulos

OBAX


CHUVA DE MANGA




LILA E O SEGREDO DA CHUVA




FILME KIRIKU




AS TRANÇAS DE BINTOU



OS SETE NOVELOS



Estas obras a seguir não tenho atividades.
Estão também no projeto
Fuzarca
Guido e Iná são irmãos. E eles adoram uma boa fuzarca! 
Fuzarca é farra, fuzarca é alegria. E entre uma e outra fuzarca, os irmãos vão crescendo, felizes.

Trata-se de “Fuzarca”, de Sonia Rosa. A obra, pelo que a autora conta, surgiu, digamos, meio por acaso. Continue lendo, que eu conto como foi.
Sonia diz que estava numa festa com Guido e Iná, os personagens principais da história, e outras crianças. E, como todo mundo sabe, festa que tem criança, tem barulho. A música estava animada. A criançada passava como foguetes entre os adultos, fazendo uma bagunceira geral, ou, como dizem os mais radicais, tocando o terror. De repente, alguém gritou: “Gente, que fuzarca é esta?”. 
Pronto! Foi o que bastou para a autora. Essa palavrinha, que significa bagunça, entrou pelos ouvidos e cravou no cérebro da Sonia. Como a escritora havia prometido para Guido e Iná de dar de presente uma história criada especialmente para eles, nasceu este livro cheio de cores que retrata a cultura afro-brasileira.

Os tesouros de Monifa
Autora: Sonia Rosa
Ilustradora: Rosinha
Temas: Pluralidade cultural / Conto / Cartas e bilhetes / Humanos / Identidade / Relacionamento familiar / África / Árvore genealógica / Nações / Dia dos Avôs e Avós (26 de Julho) / Dia Nacional da Consciência Negra (20 de Novembro) / Liberdade
Faixa Etária: A partir de 5 anos

Os Tesouros de Monifa  - Grupo Brinque-Book

  • Como raríssimas vezes se viu na literatura infantil e juvenil brasileira, Os Tesouros de Monifa fala do encontro de uma brasileirinha afrodescendente com sua tataravó, Monifa, que chegou aqui de lá do outro lado do oceano, em um navio negreiro. Mesmo escrava, aprendeu a escrever e, por meio das letras que aprendeu, deixou “Para os meus filhos e os filhos dos meus filhos!” o maior de todos os tesouros que alguém pode herdar. Passado de geração em geração, chega o dia desse tesouro ir para as mãos da garotinha, que se encanta e emociona muito ao receber tamanha preciosidade e, com ela, descobrir a vida da sua tataravó e as suas próprias raízes.

PROJETO QUE PROPORCIONAM CONHECIMENTO
 SOBRE AS DIFERENTES CULTURAS


Possibilitar que as crianças reflitam sobre as características dos colegas de sala de aula e das pessoas com as quais convivem.
Conhecer as diferenças étnicas, e entender a importância de cada uma na formação do povo brasileiro;
Promover o conhecimento de diferentes culturas través do lúdico;
Ter consciência sobre os valores, o respeito ao outro (alguém diferente) e a si mesmo;

AQUI

Obras deste projeto
Cliquem nos títulos

AS TRANÇAS DE BINTOU
OS SETE NOVELOS
(acima)
BRUNA E A GALINHA D'ANGOLA



AINDA BEM QUE TUDO É DIFERENTE




Está no projeto ,mas não encontrei atividades


Por muito tempo, pequenos e grandes animais viveram unidos e felizes.
Mas faltou a chuva e a terra ficou tão seca que eles não tinham mais o que comer. Foi quando encontraram uma árvore enorme, que, mesmo sem chuvas, estava carregada de frutas maravilhosas.
Todas elas pareciam estar bem suculentas e exalavam um perfume delicioso, porém não caíam no chão de jeito nenhum.
Nem mesmo os animais grandes conseguiam colhê-las.
Todos chacoalhavam e sacudiam a grande árvore com muita força, mas não havia meio de cair uma frutinha sequer.
Cada dia mais famintos, os animais se reuniram para tentar chegar a uma solução.
Por sorte, a pequena coelha teve uma boa ideia. Uma história tradicional africana recontada e ilustrada com cores vibrantes - no estilo tingatinga - pelo artista John Kilaka, da Tanzânia.

O livro “A árvore Maravilhosa” é o disparador para um projeto sobre a influência africana no Brasil. Trabalharemos, a partir dele, diversas faces da cultura de nosso país. 
 Utilizaremos diversos recursos para propiciar aos alunos a oportunidade de vivenciar, de forma dinâmica e lúdica, realidades que parecem distantes.

Conhecer a história que une Brasil e África significa resgatar e preservar  tradições daqueles que contribuíram para que chegássemos onde estamos hoje. 
É uma oportunidade de compreender, inclusive, a nossa própria identidade.
Além da parte cultural, a mensagem transmitida pelo livro é de grande importância para essa fase de construção da autonomia moral e de valores, o que fica dessa leitura é a necessidade de união entre os povos e valorização de cada indivíduo.
Com as crianças faremos uma “viagem” para a Tanzânia, será uma experiência rica, prazerosa, divertida e de grande valor.


CULTURA INDÍGENA


RELEITURA

O menino e o jacaré
Peço desculpas as colegas mas não publico nada desta autora.
No Google vocês encontram atividades e até a história no  You tube.
Eu cumpro meu propósito dos direitos autorais, porém , pessoas arrogantes eu deixo pra lá.




Link para essa postagem


Tanto,tanto!>Estímulos fraternos e culturais> 08/10/2017

Uma divertida família se reúne para fazer uma festa-surpresa.
Enquanto esperam o aniversariante, todos os parentes querem
agarrar e beijar o bebê da casa e brincar com ele.

Conhecer as histórias e Contos Africanos;
Explorar e apreciar as diferentes linguagens (Gestual e Oral).

- Contar a história usando um boneco (fantoche)
-Selecionar imagens de diferentes bebes e fazer com eles colagem em caixas (grandes, pequenas e médias) e brincar com as mesmas verbalizando sobre as imagens.
- Organizar as fotos das crianças e afixar nas paredes de forma que possa ser visualizada pelas mesmas (Atividade feita com as crianças).
- Organizar com ajuda de uma funcionária (Sueli C.) a construção de dois bebes (Bonecas) Ex: Nessa atividade, deverá se deitar um bebe sobre um papel e fazer o contorno do corpo do mesmo para utilizar como base para o tamanho do bebe a ser confeccionado (menina e menino), neste processo ir citando com as crianças as partes do corpo, recortar e colar na recreação.
- Em outro dia organizar roda com o contorno do corpo, ir apresentando a tinta para se pintar com as crianças.
- Em outro momento ir vestindo os bonecos.
- Apresentar para eles a história dos nossos bebes- esse texto deve ter o nome e características das crianças do berçário. Ex: Essa é a história de dois bebes que apareceram no Mário Quintana. Ela se chama Helena e é muito lindo- Esse é o Gustavo que tem um sorriso lindo.

Obs: Histórias criadas oralmente pelas professoras utilizando os nomes dos alunos do Berçário e suas características, as mesmas poderão ser digitadas e socializadas. Esta seqüência será registrada por escrito e fotos.
Obs: Nesta fonte tem mais atividades agregadas a cultura afro/brasileira.

Texto:  AQUI


O mais legal dessa história, publicada pela primeira vez nos anos 90, é que ela gira toda em torno de um bebê…que todos querem esmagar, beijar, apertar tanto, tanto!
 Conforme os integrantes da família vão chegando na casa dele, cada um faz uma nova bagunça, no seu estilo – e o bebê lá, todo felizão. 
O texto, cumulativo, é cheio de ritmo: há repetição, pausa, uma delícia de ler em voz alta, quase cantando (e parando pra dar uns esmagos no bebê ouvinte, claro)!

Sequência didática
(leia abaixo dos slides)

Livro





Link para essa postagem


Ainda bem que tudo é diferente>Diversidade e afins> 08/10/2017



O livro aborda, com suas belíssimas ilustrações e texto, o preconceito, que é um tema fundamental de se trabalhar na escola. É um assunto complexo e delicado, porém importante, pois, se desde a infância ensinarmos o educando que tudo e todos no mundo são diferentes uns dos outros, desenvolvemos um adulto mais consciente e menos preconceituoso, que sabe lidar com respeito as diferenças tão comuns de existir em nossa sociedade. 

“Será mesmo que se uma pessoa tem o cabelo diferente do seu não merece seu respeito? 
Será que é ruim ser diferente? 
Você é igual a todo mundo? 
As coisas no mundo são iguais umas das outras? 
Seus amigos são menos importantes por serem diferentes de você? 
Nessa história você conhecerá um velhinho muito esperto, seu Juca, que nos ensinará o quanto é bonito e importante sermos diferentes uns dos outros”.
Aula
Projeto tudo bem ser diferente








Link para essa postagem


Os sete novelos>Conto africano>Estímulos literários>08/10/2017



Ensinar às crianças valores de sociabilidade é preocupação de todo pais e educador. 
E foi na cultura africana que a autora Angela Shelf Medearis buscou alguns dos conceitos fundamentais para um bom aprendizado. 
O feriado de Kwanzaa, comemorado por afro-descentes das Américas, é uma forma de celebrar a família, a comunidade e a cultura negras. Comemorado dos dias 26 de dezembro ao 1º de janeiro, Kwanzaa significa 'primeiros frutos' na língua suaíli. 
Os sete princípios básicos (Nguzo Saba) para essa celebração são - unidade, autodeterminação, trabalho coletivo e responsabilidade, cooperação econômica, motivo, criatividade e fé. 
O livro conta a história dos irmãos da tribo axanti que não conseguem se entender e sempre discutem por motivos banais. 
Desgostoso, o pai morre deixando aos filhos sete novelos de linha colorida e uma incumbência - transformá-los em ouro, até o pôr-do-sol. A pena para o não cumprimento da tarefa é a expulsão de casa. 
As ilustrações, em xilogravura de cores fortes, traduzem pictoricamente a força vital da cultura africana.
Conto: 

História: OS SETE NOVELOS – Um conto de Kwanzaa escrito por Angela Shelf Medearis com ilustração de Daniel Minter e com tradução de André Jenkino do Carmo. Contar a história e apresentar o livro explicando que a história e um conto africano de uma pequena aldeia Africana no País de Gana. Depois de contar a história, explicar para as crianças que outros tipos de artesanatos são desenvolvidos por muitos povos Africanos, que é a tecelagem. Utilizando de barbantes e canudos confeccionar um cinto sugerido na última pagina do livro. Fazer uma pesquisa na internet sobre os diferentes artesanatos feitos por povos Africanos. Então, monta uma oficina de artesanato, na qual as crianças confeccionam pulseiras e colares utilizando miçangas coloridas.  Com ajuda de um grupo da comunidade, e utilizando linhas coloridas confecciona cintos tecidos com os fios, momento em que cada dupla precisa trabalhar ajudando um ao outro, para que o trabalho seja realizado. Em roda de conversa, discuti a importância do trabalho cooperativo, do respeito às produções própria e do outro, da convivência respeitosa para além das diferenças.

Esta sugestão está AQUI  (Outro projeto)
Mais atividades: AQUI





Link para essa postagem


sábado, outubro 07, 2017

Direitos da criança>Ruth Rocha>Estímulos,direitos e deveres>08/10/2017


Os direitos das crianças

Para a autora, o objetivo deste texto é “chamar a atenção para o fato de que a infância é um período muito curto, mas é o tempo em que se constrói o direito à felicidade”
Tudo

Aula sobre esta obra
Atividades


Sequência didática

Projeto


Mais atividades




Link para essa postagem


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios