BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, setembro 25, 2017

Maria pé de lata>Boneca de lata>Música>Poesia>25/09/2017

O poema é uma forma especial de dizer as coisas. Através do ritmo, bom humor e simplicidade, conduz o leitor à reflexão e estimula o prazer de ler.
 Para as crianças, é um meio de expressão fundamental. 
A coleção Poeminhas Ecológicos reúne 56 belos poemas. 
Para enriquecer os textos, fabulosas ilustrações em diversos estilos artísticos, produzidas por Cleo und Boris, da Argentina. Uma obra imperdível.



Músicas do Poeminhas ecológicos
Sequência didática
Boneca de lata
Desenvolver e trabalhar o equilíbrio, expressão corporal. Coordenação motora estimulando o movimento, orientação espacial, atenção,percepção visual, auditiva e tátil.



Fazendo o pé de lata






Link para essa postagem


O maior brejo do mundo>A importância da água>Letras A/B>Cor azul>25/09/2017







Esta é uma historia contada por Adeilson Salles, que trata de um assunto importante para as crianças: a liberdade de agir e as consequências das opções feitas.

O autor apresenta Eleotério, um sapinho aborrecido e inconformado com a situação em que vivia, pois não queria mais comer os insetos de sempre e viver no brejo onde morava.

Sabem o que Eleotério mais desejava? 

Qual era o seu maior sonho?

Viajar? Viajar e conhecer – como anunciar o título desse livro ? 
O MAIOR BREJO DO MUNDO!
Acompanhando as aventuras de Eleotério, seus enganos e acertos, as crianças conhecerão sua persistência na busca pela felicidade e, ao mesmo tempo, os resultados das escolhas feitas pelo sapinho. 


Teatro

Projeto
Em defesa do brincar e do experimentar
Uma sequência utilizando várias  obras
Ensino Infantil
Vale a pena ver como ideias e ou sugestões
Coloquei os temas principais
Vejam detalhes no blog  Prof. Deise link:
AQUI
A importância da água
Os alunos observaram fotos/gravuras onde a água era usada de diversas formas. A curiosidade foi despertada na turma! Crianças gostam de animais e músicas, por isso, o tema começou a ser explorado com a observação de animais aquáticos e a música folclórica: Peixe vivo


Projeto Baleia
Livro A baleia
AQUI
Música e conto A baleia azul/cor azul

Por causa de uma dor de garganta, a baleia Lalá resolveu fazer gargarejo de espuma do mar - com o que, toda baleia aprende, se deve ter sempre muito cuidado. Mas cuidado Lalá não teve, e acabou engolindo um bocado da espuma. Em que deu - acordou sabendo falar.
Pequenas leituras/músicas/baleia/Letra B
Aproveitando o tema estudaram a cor azul e a vogal A (de água/azul).
Não só os animais precisam de água para viver.
Dessa vez a história foi sobre o “João Feijão”.
O pequeno grão de feijão
que precisou da água da chuva para poder germinar.
 “De onde vem a chuva?”
Ciclo da água
Nós podemos beber qualquer água?
E aí chegamos no estímulo literário principal
           Novamente as crianças expressaram seus pensamentos e ouviram a história “O maior brejo do mundo”  O sapinho Eleutério não sabia que existia água salgada. 
Ele parte em busca do maior brejo do mundo e descobre que... 
Vejam no link acima

Tem mais!
Meios de transportes
Tangran
Defensores da natureza
Livro Maria pé de lata
Zé do pneu
E muito mais.






Link para essa postagem


domingo, setembro 24, 2017

Fichas>Leituras>Histórias>Dicas>Aulas>Vamos escrever?>24/09/2017



Leitura m sala de aula
Aula
AQUI
Fichas literárias
Percebendo linguagens
Refletindo sobre a prática pedagógica, e a importância do ser professor na contemporaneidade, preocupo-me  em conhecer coisas que possam interessar os alunos a pertencer ao mundo letrado.
 Considero a hora do conto/momento de leitura como algo que deve trazer prazer ao participante, sendo dever do professor saber do que se trata uma obra que pretender ler aos alunos, e relacionar algum objetivo a isso. 
Já a leitura que o aluno escolher pode ser um momento de troca de saberes entre o aluno e o professor, e a ficha de leitura não precisa ser feita escrita inicialmente e sim oralmente, pois assim a criança organiza o pensamento e percebe a necessidade de utilizar novas palavras, abrangendo seu conhecimento prévio.
Iniciei a construção de fichas de leitura para conhecer autores da literatura infantil, bem como temas variados, a fim de selecionar as obras que poderei utilizar para discutir determinados temas, organizando as produções que já li.
Abaixo, coloquei algumas fichas que produzi podendo auxiliar na seleção de outras professoras, no seu repertório da literatura infantil, podendo gostar ou não de tais obras, mas ampliar seus conhecimentos numa área tão importante quanto a literatura é sempre válido.
Tudo:
AQUI


2f3fd2999f8fb57831f8fce045a7c528.jpg (480×720)
Fonte:Pinterest
Pequenas leituras
AQUI






Mais uma ficha de trabalho destinada aos alunos do 2º ano do 1º ciclo. Engloba assuntos de toda a matéria, nomeadamente, da Língua Portuguesa, Matemática e Estudo do Meio. Excelente para testar os conhecimentos adquiridos dos alunos.


Texto e interpretação
As bruxinhas
Livro:Sapo de estimação
Márcia Kupstas
Ficha literária
AQUI





Link para essa postagem


quinta-feira, setembro 21, 2017

O resfriado do bruxobaldo>O galinho gripado>Juju a estrelinha preguiçosa>21/09/2017

A bruxa Risoleta estranha o sumiço de seu namorado e vai visitá-lo.
 Ele estava muito gripado e não conseguia melhorar. 
Ao espirrar, consegue transformar o sapo nino em príncipe. 
Este, não se acostumando à nova condição, resolve voltar, e um novo espirro - agora da Risoleta resfriada - faz com que volte a ser sapo, como ele queria.

resfriado-bruxobaldo.jpg
Atividades sugeridas
- Pedir comentários sobre o jeito de falar do gripado Bruxobaldo.
- Descobrir com os alunos detalhes nas ilustrações que não fazem parte do texto verbal, isto é, nasceram da imaginação do autor.
-Debater: como um príncipe pode desejar voltar a ser sapo? Como um rico pode ter saudades de seu tempo de pobre? Isso é possível?
-Produção de texto: "Lembranças de nossa antiga casa...".


O Galinho Gripado!!! 
 Autora : Denise Batista dos Santos

Em uma fazenda, toda madrugada, o galo Galizé, a bicharada acordava, com seu canto em cima do poleiro, uma tossezinha para a garganta limpar e a boca no trombone assim colocar... 
Era cocoricó pra todo lado, mas muito afinado, o galinho cantava sem parar para á todos acordar...
 Porém ele tinha a mania e sua mamãe, dona Galinha sempre estava a lhe aconselhar:
 - Menino não tome gelado!!!
 - Pare de andar descalço !!!
 - Se não gripado você vai ficar...
 Mas se pensas que ele ouvia, estás muito enganado, e por causa de sua teimosia acabou pegando um resfriado...
 Então bem cedo acordou. e foi para o poleiro, se ajeitou todo faceiro limpando a garganta para a cantoria começar mas logo veio a tristeza que em vez do seu cocoricó costumeiro saiu foi um espirro , que a garganta até doía, Atchim, atchim, atchim , atchim, atchim... 
E assim o galinho aprendeu sua lição para ser um bom cantor, é preciso saber escutar pois a mamãe sempre tem razão e gelado não vou mais tomar. 



Juju a estrelinha preguiçosa
Teatro
AQUI


Criança também tem preguiça...



Link para essa postagem


O diário escondido da Serafina> Gênero literário Diário>21/09/2017

Serafina adora se esconder e escrever no diário seu dia a dia, o aniversário dos amigos...


Sobre a obra

O diário de Serafina
Mais 

Projeto Diário

Atividades

Aula/Diário

Produção de texto

Interpretação
Todos gêneros textuais





Link para essa postagem


Produção de textos>Vários gêneros textuais>Reescritas e afins>21/09/2017


Vamos escrever?
Vários projetos sugestivos

Construindo um texto poético
identificação de um texto poético
-ordenação de ideias de um texto
-percepção da função dos sinais de pontuação

Apagar a luz e criar, na sala de aula, um ambiente acolhedor com uma música instrumental ao fundo ou de sons da natureza e objetos como lua, sol, estrelas, caixinha de música, coração de pelúcia, relógio, um livro de poesia, um quadro de Monet ou de um pintor da sua escolha e tudo mais que a sua imaginação mandar.
 É importante que o ambiente deixe as emoções das crianças fluírem.

Tudo: AQUI

Brincando com rótulos
As embalagens são portadores de textos que cumprem a função de informar. 
Dizem a composição do produto, que cuidados são exigidos para seu funcionamento e manutenção, data de validade, modo de usar e de armazenar o produto… Veiculam textos escritos curtos e utilizam imagens.

Ser capaz de compreender esses textos é fundamental para o exercício da cidadania e, se bem utilizados na alfabetização, podem trazer contribuições importantes também para os avanços dos alunos no processo de aquisição de procedimentos de leitor da escrita verbal e não-verbal.   

Tudo: AQUI

 Reescrita de fábulas
 reescrita é uma atividade de produção textual com apoio. É a escrita de uma história cujo enredo é conhecido e cuja referência é um texto escrito. Quando os alunos aprendem o enredo, junto vem também à forma, a linguagem que se usa para escrever, diferente da que se usa para falar. A reescrita é a produção de mais uma versão, e não a reprodução idêntica. Não é condição para uma atividade de reescrita – e nem é desejável – que o aluno memorize o texto. Para reescrever não é necessário decorar: o que queremos desenvolver não é a memória, mas a capacidade de produzir um texto em linguagem escrita.
Tudo: AQUI


Como fazer uma reescrita
A rapose e o corvo
Vídeo
Sequência didática
A raposa e o corvo
BILHETES
Este é mais um gênero textual proposto pelas guias de alfabetização. 
A dica é recortar estes modelos, colar nos cadernos dos alunos, e passar as atividades na lousa.
Esta atividade consiste em trabalhar diferentes bilhetes, sua função e na sexta-feira pedir aos alunos para elaborar um bilhete.
Com esta atividade podemos trabalhar os 5 eixos: 

1-Compreensão,valorização da cultura escrita; 
2-Apropriação do sistema da escrita; 
3-Leitura; 
4-Produção da escrita; 
5-Desenvolvimento da oralidade.
Tudo:AQUI


Produção textual> Bilhetes
Escrevendo bilhetes




Link para essa postagem


quarta-feira, setembro 20, 2017

Vamos escrever?>Sequenciação>Leitura de imagens>20/09/2017


Sequenciação de uma história





Mais sugestões
AQUI



Tem mais:AQUI e AQUI

Que tal este exercício?

Os alunos devem encontrar ou desenhar imagens que formem uma sequencia
Ex: uma sementinha, depois a semente germinando, uma arvorezinha e uma árvore grande.

Ou uma imagem do sol nascendo, outra da tarde e uma da noite.
O importânte é que as figuras obedeçam uma sequencia correta para dar certo.
E depois todas as figuras devem ser misturadas e os alunos montarem a sequencia certa.

Resultado de imagem para atividades de sequenciação de leitura




Os livros de imagens também são bem interessantes para produção de textos
Vejam as sugestões de obras literárias do Linguagem









Link para essa postagem


O amigo secreto>Projeto>Consumismo>Natal>20/09/2017


Ilustração: Alexandre Dubiela

O amigo secreto
Regina Chamlian
A turma reuniu-se na sala enfeitada.
Martinha carregava um pacote enorme, cheio de laços. Suzana e Antônio conversavam animados.
Mariana pediu para Juju começar a brincadeira. Cada um devia explicar antes porque escolhera o presente para seu amigo secreto.
Quando Juju terminou de falar, um tênis, que mais parecia uma nave espacial, foi parar nas mãos de Felipe. Este contou porque comprou o CD importado para o Luís que explicou porque escolheu a bermuda de surfista para o Bruno.
– Bruno! – a turma gritou. – Agora é você!
Bruno pôs-se a falar:
– Bom, pessoal... Na primeira semana de dezembro, tarde da noite, lá em casa, ouvimos um grito de filme de terror.
Todo mundo saltou da cama: “O que foi? O que foi?”
Minha mãe apontou, soluçando: “A ge-la-dei-ra! Ela que-que-brou !”
“O técnico avisou que, se ela enguiçasse de novo, já era”, disse meu pai.
“Não faço questão de geladeira”, minha irmã falou.
“O que não dá é ficar sem computador.”
Aí, minha mãe disse: “Se a gente fosse esquimó, jogava a caça sobre a neve, cobria com gravetos pros lobos não roubarem, e pronto. Mas, em pleno verão brasileiro, geladeira é prioridade. Precisamos comprar uma nova”.
“E daí?, minha irmã perguntou.
“E daí que o mesmo dinheiro não sai da mesma carteira duas vezes”, disse o pai.
“Então o computador dançou?”, eu perguntei.
Meu pai respondeu: “O computador e outras coisinhas. Nossa geladeira é duplex, ela custa mais caro”.
“E o presente do amigo secreto?” minha irmã lembrou.
“Bolem um presente criativo e que não custe nada”, falou meu pai.
– Foi aí que eu tive a ideia – continuou Bruno, abrindo a mochila e tirando de lá um pequeno pacote.
– Espero que meu amigo secreto goste. Ele é o Rafa.
– Aí, Rafa! Vai lá! – gritou a turma.
Rafa começou a abrir o pacote. O silêncio era total.
– Não acredito que você guardou esta foto, cara! Que idade a gente tinha?
– Mostra! Mostra!
E a foto emoldurada de Bruno e de Rafa, quando tinham seis anos de idade, foi passando de mão em mão. O maior sucesso.
– Puxa, Bruno. Só faltou uma coisa – disse Rafa.
– O quê?
– Um abraço, cara. Gosto de você! Bom fim de ano!

Vejam a interpretação do texto e mais um conto sobre Natal

Projeto/Utilizando este conto
Infância roubada
Criança a alma do negócio
Este projeto tem como finalidade promover uma reflexão sobre a influência  da sociedade de consumo e as mídias de massa  na formação das crianças, uma vez que estas são vistas como a “alma do negócio”.

Como gastar dinheiro com responsabilidade!
Dia das Crianças, das Mães, dos Pais, dos Namorados, festa do amigo secreto... As comemorações acabam sempre pedindo um presente. 
Comemorar, nesse caso, acaba virando sinônimo de comprar. Quem mais se anima são os publicitários, que incentivam o consumo, e os comerciantes, porque as vendas aumentam, e muito. Do outro lado estão os compradores, seduzidos pelas novidades. Mas o que fazer quando a despesa com a "lembrancinha" não cabe no orçamento doméstico? Para que a garotada entenda a questão, é preciso incentivar o consumo consciente e ensinar desde cedo o valor do dinheiro e a diferença entre necessidade e desejo.

O conto O Amigo Secreto, de Regina Chamlian, trata de uma situação que poderia muito bem acontecer com algum de seus alunos. 
Resolver o conflito pelo qual passou o personagem Bruno é desafio para crianças e adolescentes que vivem sob o constante apelo das compras. 
O plano de aula a seguir vai ajudar você a discutir com os estudantes de 5ª a 8ª série as razões do consumismo. 
A sugestão é de José Domingos T. Vasconcelos, professor de Física e consultor pedagógico em Educação Ambiental e Consumo, em São Paulo.
Ser crítico diante das propagandas
Proponha que cada aluno observe e descreva duas propagandas veiculadas em TV, rádio, revistas e outdoors: uma que ele goste, outra que não goste. 
Oriente a observação com as seguintes perguntas:
Que produto ou serviço a propaganda quer vender?
Qual é a faixa etária, o sexo e a etnia das pessoas que participam da propaganda?
Qual é o texto (escrito ou falado) do anúncio?
Ele é convincente? Ajuda a vender o produto? Por quê?
Tenha à mão revistas e jornais e proponha uma análise coletiva de algumas propagandas. Pergunte quem se lembra de quando foi influenciado pela propaganda ao pedir algum presente aos pais. 
Mostre como os consumidores raramente são levados a comprar alguma coisa movidos pela razão.
Brinquedos e alimentos costumam ser transformados, principalmente pela TV, em objetos de desejo da garotada — no Brasil, crianças e jovens de até 14 anos representam quase 40% da população. Alguns países, como a Suécia e a Noruega, não permitem os anúncios destinados ao público infantil na TV. Austrália, Áustria e Reino Unido proíbem a propaganda em programas infantis. Questione se a turma concorda com leis de regulamentação da publicidade e proponha uma pesquisa na internet para descobrir em que pé está a questão no Brasil.
Aprender a dar valor ao dinheiro
Peça a leitura de O Amigo Secreto e pergunte se os colegas de Bruno, ao pedir dinheiro aos pais para comprar o presente, levaram em conta o orçamento da família. 
Mostre que lidar com dinheiro é fazer escolhas e que não é possível nem saudável comprar tudo o que se quer. 
É preciso estabelecer regras, como não gastar toda a mesada na cantina da escola para poder ir ao cinema no final de semana.
Sugira que cada um faça uma lista de coisas que gostaria de comprar neste final de ano: óculos de sol, roupa, mochila, presente para o amigo secreto... Terminada a seleção, entregue a eles este roteiro de questões:
Do que eu realmente preciso? O que tenho apenas vontade de comprar?
De quanto dinheiro vou precisar para comprar tudo?
 (Faça uma pesquisa de preços e, com a ajuda da calculadora, ponha os gastos no papel.)
Quais os itens da lista que eu poderei comprar?
 Por quê? (Justifique.)
Por fim, oriente a turma a comparar os gastos da compra de final de ano com o salário mínimo do trabalhador brasileiro.
Quantos dias de trabalho são necessários para poder comprar a lista inteira?
Um presente com a "cara" do amigo.
Releia o conto de Regina Chamlian, observando as reações dos alunos no desfecho, e ouça o que eles fariam no lugar de Bruno e de Rafa. 
Muitos adorariam um presente feito pelo amigo. Outros achariam uma porcaria! 
Incentive um debate sobre as expectativas que cada um tem ao receber e entregar um presente. Lance algumas perguntas:
Qual a diferença entre um produto industrializado e um artesanal?
É possível comprar um presente personalizado?
Você sentiria vergonha ou orgulho em dar a um amigo algo feito por você?
Para finalizar, organize com a classe uma brincadeira de amigo secreto para comemorar o final do ano letivo. 
Apresente o desafio: o presente tem que ser feito pelos próprios estudantes.
 Quem será o artesão mais criativo?
Obs: Desconheço a autoria




Link para essa postagem


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios