BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, junho 29, 2012

Imunidade>Gripe> Prevenção> Inverno>29/06/12


Imunidade

COM A CHEGADA DO INVERNO, AUMENTAM OS CASOS DE GRIPES E VIROSES.
 A CAUSA É SEMPRE A MESMA: BAIXA IMUNIDADE.

As manhãs são escuras e o dia já começa com um choque no momento em que se sai da proteção das cobertas. As mãos vivem geladas, as unhas roxas e a pele ressecada.
Aumenta a fome e diminui a vontade de se exercitar.
Quando chega a tarde, um véu cinzento recobre o ar, até que as luzes dos postes se acendam e as janelas das casas se iluminam timidamente.
Os cheiros suculentos se espalham no ar enquanto à noite fica mais densa e fria.
Em cada lar, pessoas enroladas em suas cobertas, com uma xícara numa das mãos e… um rolo de papel higiênico na outra.

gripe_ilustracao.jpg
 
É isso mesmo, todo esse clima de inverno sempre inclui em seu kit uma gripe, um resfriado, uma alergia, entre outras doenças comuns nesse período do ano.
O “atchim” vira tão corriqueiro quanto o “bom dia”. 
 hora de pensar em como prevenir e remediar todo esse desconforto.
Cachecol, luvas e agasalho são importantes. Mas uma alimentação apropriada é fundamental.

O QUE MUDA NO INVERNO?

São diversas as situações que fragilizam a saúde durante o inverno.
 E, no final, o organismo se vê suspreendido principalmente por doenças respiratórias, como resfriados, asma, pneumonia, viroses, rinite e amigdalite.
Mas não só, também são comuns problemas de pele como urticária, psoríase e eritema de contato. E, para quem acha que isso basta, vale a pena prestar atenção na saúde em outros aspectos durante os meses nos quais o frio chama às comidas pesadas e à sessão sofá.
Junto com o ganho de uns quilinhos, que não são sómente por causa das várias camadas de roupa, aumentam os riscos de doenças cardiovasculares, descontrole de diabetes, e por aí vai.
Más o que a alimentação tem a ver com as doenças do inverno? Tudo.

A ÁGUA É O PRIMEIRO ALIMENTO QUE FALTA AO CORPO PARA DEIXÁ-LO À MERCÊ DAS DOENÇAS INVERNAIS.

“Quando um organismo está com seu estado nutricional deficiente acaba ficando mais suscetível a adquirir infecções e a resposta imunológica é comprometida”, afirma Ana Maria Figueiredo, nutricionista especialista em nutrição clínica.

VOÇÊ PRECISA DE ÁGUA!

A água é o primeiro alimento que falta ao corpo para deixá-lo à mercê dos monstrinhos invisíveis que o atacam. Pela baixa ingestão de líquidos hidratantes, como sucos, vitaminas e água, o muco das vias respiratórias fica mais denso.
Essa camada de secreção funciona como uma barreira que se ergue contra as infecções.
Quando ela não está fluída, o caminho fica mais fácil para as bactérias e os virus percorrerem dentro do corpo.
Ao não ingerir suficiente quantidade de líquidos, essa via de acesso ao interior do nosso organismo fica ainda mais aberta aos invasores porque os cilios pulmonares não conseguem trabalhar direito sem a água.
Eles funcionam como pequenos espanadores que eliminam as impurezas do pulmão.
Portanto, a primeira tarefa do inverno é beber muita água.
 Tudo bem, a sudorese é menor, o que diminui a vontade de beber.
Mas faça uma forcinha, porque isso é um dos “pilares” de sua saúde nesse período.
 Recomenda-se tomar pelo menos de 9 a 10 copos de água por dia.

SEU CORPO PEDE AJUDA.

Durante os dias mais frios, o corpo gasta energia adicional para manter-se aquecido.
Isso reduz sua potência imunológica.
É como se o organismo tivesse de usar uma parte das armas de seu exército para fazer fogueira e aliviar o frio.
Desfalcado de alguns de seus “escudos e espadas”, os soldados imunológicos as vezes ficam em desvantagem diante de seus inimigos, que no caso são bactérias e virus.
Quando a doença se estabelece, há mais desfalques ainda, porque outra boa parte das munições é destruida na guerra. Isso acontece porque as infecções alteram o metabolismo e nesse interim lá se vão importantes micro e macronutrientes.
Más, nesse combate, há alternativas.
Uma das principais é municiar novamente o exército de suas armas.
É aí que entra a alimentação. “Uma boa dieta pode ajudar a prevenir gripes e resfriados.
E mesmo para quem já está com os sintomas, alimentar-se bem pode encurtar a duração dessas doenças. A alimentação saudável, rica em vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes, fortalece o sistema imunológico e cria defesas orgânicas para combater os vírus”, explica Ana Maria.

CONHEÇA OS COMBUSTÍVEIS:
Vitamina A, C e E; vitaminas do complexo B; minerais como selênio, zinco e ferro; fitoquímicos como flavonóides, carotenóides e isoflavonas.
Alimentos prebióticos e probióticos. Todos esses são mais do que apenas nomes estranhos.
Eles são primordiais para a criação de células de defesa, para manter funcionais tecidos orgânicos, como as mucosas da via respitatória, e para proteger as membranas das células contra a degeneração e o envelhecimento precoce.
E onde eles estão?
Na alimentação equilibrada, variada e colorida.
Frutas, vegetais folhosos, cereais, leguminosas, carnes magras, ovos e leite com pouca gordura formam o conjunto de alimentos que contêm as substâncias necessárias para um inverno mais saudável.
É fácil encontrar esses nutrientes.
Flavonóides, por exemplo, são os pigmentos que dão coloração verde escura à couve e coloração violeta à casca de uva.
E são importantes antioxidantes que evitam o desgaste descontrolado das células humanas.
Já os alimentos probióticos, como iogurtes e leites fermentados, ajudam a absorver os valores terapêuticos dos demais alimentos.
Junto com os prebióticos (fibras) presentes na aveia e no pão integral, facilitam o trânsito intestinal, deixam o organismo mais forte e preparado para lidar com invasores.

É CANJA DE GALINHA!
Todo mundo sabe muito bem qual é a comida mais indicada para quem está resfriado ou gripado. Como diz a música: “Prudência e dinheiro no bolso / canja de galinha não faz mal a ninguém”. ” Por incrivel que pareça, é ótima aquela velha canja tradicional”, confirma Ana Maria Figueiredo.
A nutricionista orienta a cozinhar o arroz em bastante água por no mínimo 3 horas.
Ela ainda sugere que, se for canja de galinha caipira, tanto melhor.
Está com água na boca? Então espere só colocar o tempero…
Vai alho, cebola, aipo, alho-poró, pimenta, azeite extravirgem, pouco sal ou shoyu, salsicha e hortelã.
E por que essa receita tão caseira faz bem aos gripados?
Dois motivos: o calor e o aminoácido cisteína.
Por um lado, o líquido quente ajuda na expectoração, pois contribui para a movimentação dos cílios pulmonares.
Já a cisteína, liberada pela carne da galinha enquanto é cozida, torna o muco menos espesso.
 “As pesquisas mostram que esse aminoácido age da mesma forma que a acetilcisteína, um princípio ativo usado na formulação de medicamentos para descongestionar os pulmões, explica Ana Maria.

SEM SACRIFÍCIOS:
Além das complicações da via respiratória e das alergias, o inverno provoca outro problema, ganho de peso.
Chocolate quente, fondue e bebidas alcoólicas fazem parte do cardápio de muita gente.
 Uma delícia e uma oferta extra de gorduras e carboidratos.
Combina com a diminuição dos exercícios, contribui para que as doenças cardiovasculares e o diabetes se tornem mais preocupantes no período.
A nutróloga Isolda Prado Maduro, doutora em Clínica Médica pela USP de Ribeirão Preto, indica o consumo de alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3, como peixes; frutas oleaginosas (castanhas e amêndoas); óleos monoinsaturados (azeite de oliva, óleo de canola), para controlar o colesterol.
Assim, sem que seja necessário sacrificar as delícias de inverno nem mudar completamente os hábitos irraizados na cultura brasileira, é possivel se alimentar equilibradamente até a chegada da primavera.


 
Gripe mais inverno,fiquem atentos.
Hoje falaremos um pouco sobre a gripe.
O vírus influenza sobrevive no ar dentro de gotículas saídas dos corpo por meio de uma tosse ou espirro.
Desse jeito, consegue penetrar pelo nariz ou pela boca das pessoas, infectando-os.

O que é?

É um problema respiratório causado pelo vírus influenza.
Ao contrário do que muita gente pensa, não tem nada a ver com o resfriado, cujos sintomas são mais leves.
 O influenza consegue se apoderar de células das vias aéreas e, para conter essa invasão, o sistema imune recruta anticorpos e dispara uma baita reação inflamatória.
No final das contas, não é apenas o aparelho respiratório que sente o ataque — o corpo inteiro padece de dores e daquela sensação de moleza. O impacto da agressão varia de acordo com as condições do hospedeiro — não por menos, a gripe costuma ser mais nefasta para os bebês e para quem já passou dos 70 anos.

Sintomas
Febre alta, tosse, secreção nasal, dor de cabeça e pelo corpo, dor de garganta, cansaço físico

Tratamento
São adotados remédios que atenuam os sintomas, como os antitérmicos, os analgésicos e os descongestionantes nasais.
Depois de avaliar o caso, o médico pode receitar apenas repouso ou recorrer também a antivirais, cuja função é justamente exterminar o influenza.
Casos mais graves exigem internação para evitar complicações como pneumonias.

Prevenção
Lavar sempre muito bem as mão, evitar o contato com pessoas com sintomas da gripe e, se possível, não frequentar locais apinhados de gente, como creches, estações de trem e aeroportos – todas essas ações contribuem para frear o contágio.
Uma medida excelente, recomendada sobretudo a crianças pequenas e idosos, é tomar a vacina. Ela ensina o sistema imune a criar um pelotão atento, capaz de desmobilizar o ataque do influenza.

Fonte: Revista Saúde É Vital






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios