BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

terça-feira, outubro 23, 2012

Felpo Filpa>Aprendendo com as diferenças>Estímulos literários>23/10/12

EVA FURNARI


A história de FELPO FILVA é muito interessante e bem humorada.
Felpo é um coelho solitário e deprimido, pois quando criança era alvo de gozação dos seus colegas por ter uma orelha mais comprida que a outra.
Felpo é escritor e os livros que escreve são carregados de pessimismo.
Um dia recebe a cartinha de uma fã, Charlô, que além de discordar do teor pessimista de suas histórias ainda resolve reescrevê-los de modo mais alegre e positivo.
Dessa maneira, inicia-se a troca de correspondência entre ambos que vai se desenrolando ao longo da leitura.
É um livro que pode ser trabalhado desde a sua dedicatória, tratando das diferenças entre as pessoas e explorando os diversos gêneros – carta, bula, manual de instrução, receitas, etc. – apresentados no decorrer do livro.













    


PRODUÇÃO DE TEXTO A PARTIR DA LITERATURA INFANTIL:
CRIANDO UM LEITOR CRÍTICO.



■Desenvolver habilidade escrita;
■Interpretar informações implícitas na história;
■Localizar informações explícitas na história;
■Identificar traços de humor ou ironia no contexto da história;
■Produzir texto de opinião;
■Realizar atividades de ortografia e pontuação a partir da história;
■Identificar marcas linguísticas que evidenciam o locutor e o interlocutor de um texto;
■Identificar a tese de um texto;
■Inferir o sentido de uma palavra ou expressão;
■Identificar o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação;
■Produzir textos.
Duração das atividades
Aproximadamente 240 minutos – 4 aulas de 60 minutos cada uma.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Professor, para desenvolver as atividades escritas é necessário que os alunos estejam no nível alfabético da escrita, ou seja, produzam pequenos textos, leiam com compreensão, contudo, caso a sua turma ainda não esteja neste nível, você poderá fazer adequações utilizando a história.
Estratégias e recursos da aula
Professor, é importante que realize a atividade de contação de história visto que, na fase inicial de alfabetização os alunos precisam ouvir histórias e serem trabalhados nas questões éticas e de relacionamento humano, basta que faça suas adaptações, na elaboração das atividades e dos questionamentos.
Neste livro, a autora consegue criar situações onde os diferentes gêneros se fazem necessários, dando ao leitor condições de entender a importância do uso do gênero e sua função social.
O professor tem nas mãos um portador de textos fantástico através deste livro.
Resenha
Esta é a história do Felpo, um coelho poeta um pouco neurótico.
Um dia, ele recebeu a carta de uma fã que discordava dos seus poemas, a Charlô.
Ele ficou muito indignado e isso deu início a uma troca de correspondências entre eles.
O livro conta essa história de maneira divertida, usando os mais variados tipos de texto, como poema, fábula, carta, manual, receita e até autobiografia, permitindo assim, que o leitor entre em contato com as mais diversas funções da escrita.
Algumas estratégias que vamos utilizar:
■Exploração oral ou escrita dos dados da capa do livro;
■Leitura das imagens da capa e contracapa;
■Leitura do livro;
■Discussão sobre os acontecimentos da história e elaboração de hipóteses;
■Análise das questões éticas abordadas na história;
■Reescrita de textos;
■Atividades escritas de interpretação e de pontuação;
■Elaboração coletiva de carta;
■Discussões e palestra sobre bullying;
■Produção de texto de opinião.
Alguns recursos que vamos utilizar:
■Livro: Felpo Filva;
■Materiais escolares: lápis, borracha, folhas de papel, lápis de escrever e de cor;
■Caderno para registros;
■Cópias ampliadas e flipchart ou lâminas e retroprojetor.
Atividade 1 – 1 aula aproximadamente de 60 minutos.
Explorando o livro.
Professor, é muito importante explorar a capa do livro antes de desenvolver o trabalho com a história. Este momento pode acontecer na sala de aula, pois é interessante que os alunos registrem alguns dados.
Sugestões de recursos para ajudar na visualização do livro:
Peça para coordenação ou direção da escola reproduzir o livro ampliado em folha A3 (grande) e coloque no flipchart (suporte tipo cavalete de madeira) ou use o aparelho que projeta a imagem direta, do livro (Episcópio Grafoscope - Equipamento Audiovisual Educacional).
Caso sua escola não possua estes recursos, use o retroprojetor com as reproduções em lâminas/transparências.
Se for utilizar o livro, ande pela sala e aproxime-o dos alunos e explore:
■Nome do livro: Felpo Filva
■Autora: Eva Furnari
■Editora: Moderna
Leitura das imagens
■Solicite aos alunos que descrevam a imagem da capa (Um coelho feio e desengonçado, em uma antiga máquina de escrever).
■O que será que ele está fazendo?
■Onde ele mora?
■Será que tem amigos?
■Será que ele é feliz?
Passe a folha e apresente a próxima página.
Vão visualizar um envelope de carta.



Fonte: acervo da autora
■Que imagem é esta? (Ajude os alunos a identificarem, pois o envelope esta envolto a uma fita, parecendo um presente)
■Para quem será?
■Que notícias ela trará?
■Quem já escreveu ou recebeu uma carta?
■Como se escreve cartas?
■Quais os tipos de cartas vocês conhecem?
■Porque nos dias atuais, as pessoas não têm escrito cartas? (Uso da internet e do telefone)







Os alunos visualizarão uma máquina de escrever, nome do livro e da autora, além dos prêmios que o livro já ganhou (dado importante, para os alunos concluírem que é um livro interessante).
Dados técnicos da produção do livro.
Professor, não é necessário que leia toda a parte relativa aos dados, pois não estimulam o leitor, mas é importante para seus alunos conhecerem a estrutura e como se faz um livro e percebam que é um processo complexo e que envolve várias pessoas.
Detalhe importante:
Eva Furnari é autora, e ilustradora.
Normalmente os escritores contam com o auxílio de ilustradores em seus livros.
Questione qual a função do ilustrador.
Dependendo da faixa etária e da história de letramento dos alunos, terão dificuldade em responder.
Neste momento apresente um desenho do livro e identifique à ilustradora.
Você poderá apresentar dados bibliográficos da autora.
Nos sítios a seguir você terá informações sobre Eva Furnari.
“Esta história é oferecida a todos aqueles que têm orelhas diferentes.”





Esta página é provocativa.
Ela dá subsídios para discutir com os alunos o “respeito” e as “diferenças” e levá-los a elaborar hipóteses sobre o tema da história, que envolve questões éticas e os conceitos do que é ser “normal” ou ser “diferente”.
Questione os alunos sobre o que a autora quis dizer ao oferecer o livro a todos que têm orelhas diferentes.
É um bom momento para eles inferirem sentido a esta expressão e identificar a tese da história (tema).
Atividade 2 – aproximadamente 60 minutos.
Lendo e interagindo





Página 7 - é o início da história e a imagem do personagem é chamativa, pois foge dos padrões de beleza.
Antes de começar a leitura sugiro que explore a imagem, questionando a postura, a expressão fisionômica, o vestuário, levantando hipóteses com os alunos sobre como ele é, quais os traços de personalidade que ele tem, a partir da leitura da imagem.
Leia o trecho abaixo e aproveite para explorar algumas competências de leitura:
"Na Toca 88, da Rua Despinhos, na cidade de Rapidópolis, morava um coelho solitário.
Ele não recebia visitas,não tinha amigos, nunca queria saber de conversa com ninguém.
Os vizinhos já estavam acostumados,diziam que ele vivia no mundo da lua, que era distraído e desligado, e que tudo isso se podia entender,pois ele era um poeta.
Ele era o famoso poeta e escritor Felpo Filva."
Nesta atividade estamos enfocando os seguintes descritores:
■Inferir informações implícitas em um texto;
■Inferir o sentido de uma palavra ou expressão;
■Localizar informações explícitas na história.



Assinale com um (x) a resposta correta.
1 - De acordo com a leitura deste trecho podemos concluir que o personagem é:
( ) alegre
( ) triste
( ) nervoso
( ) estudioso



2 - A expressão “Na toca 88,[...].” significa:
( ) Na rua 88.
( ) Na cidade de Rapidópolis.
( ) Na casa 88.
( ) Na rua Despinhos
Quais são os adjetivos (características) que os vizinhos atribuem ao personagem e porque o veem desta maneira?



Conhecendo a infância de Felpo Filva

 





Professor, na página 8, a autora conta que ele era solitário desde criança, quando as crianças da escola zombavam dele porque tinha uma orelha mais curta que a outra.
 O problema piorou quando teve que usar um aparelho para esticar a orelha curta.
Orientações importantes:
Convivemos hoje nas escolas com um sério problema; o bullying.
(Descrito como atitudes de intimidação, agressão física e psicológica e abuso sistemático do poder. Segundo Ballone (2005), o termo bullying compreende todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorre sem motivações evidentes, adotadas por um ou mais estudantes contra outro(s), executadas dentro de uma relação desigual de poder.)
Professor, aproveite este tema transversal “respeito às diferenças” apresentado pela autora, interrompa a exploração do livro e discuta o assunto.
Combine com os alunos se gostariam de conhecer mais a respeito.
Proponha a elaboração de uma carta coletiva, convidando uma psicóloga, pedagoga ou psicopedagoga, que atua na escola, para vir na sala de aula falar para a turma sobre o tema.
Faça com os alunos o levantamento das questões que gostariam que fossem abordadas pela palestrante, para direcionar a fala e facilitar a interação dos alunos.
Sugestões:
■Como acontece o bullying?
■Existem muitos casos em nossa escola?
■Porque isto acontece?
■Quais as consequências?
■O que se deve fazer quando percebemos que um colega está sendo vítima de bullying?
Atividade 3 – aproximadamente 60 minutos.
E a história continua...
Felpo teve que usar um aparelho para tentar esticar a orelha curta “era grande e pesado, difícil de usar”.
Na página 10, a autora cria o manual de uso do aparelho “sticorelia Rabite Perfection”.
É o momento de trabalhar este gênero textual, ou seja, texto instrucional, pois é muito divertido.
Reproduza e dê um para cada aluno ou utilize o recurso da ampliação, para que todos visualizem e explore:
■Finalidade deste gênero textual.
■Objetivo da imagem.
■Consequências dos avisos de segurança para a vida do pequeno "Felpo Filva".
■Significado da sigla SAC.
■Finalidade do uso do asterisco* no texto.
■Significado da palavra “aguorelite” a partir da leitura do item “uso do aparelho”.





Para ensinar aos alunos identificarem as marcas linguísticas que evidenciam o locutor e o interlocutor de um texto, sugiro a atividade:
A partir da leitura do “manual de uso” do sticorelia Rabite perfection, (página 10) responda:
Em “O usuário não deve tirar o aparelho para dormir” é um exemplo de linguagem:
( ) Ensinada na escola. ( ) Empregada com os colegas. ( ) Encontrada em livros técnicos. ( ) Empregada em poesias.
Leia a página 11 e questione os alunos:
_O que chamou a atenção do Felpo para a carta de Charlô?
Professor, utilize a estratégia de leitura de jogral, combinando que os alunos lerão a poesia do Felpo e as meninas a de Charlô.
Analise as diferenças do foco no tema das poesias e lembre-se de questionar os alunos quanto a estrutura textual:
1. Número de versos.
2. Número de estrofes.
3. Existência de rima.
Na página 15, temos várias capas dos livros de poesia do Felpo, são muito engraçadas, os alunos vão se divertir:
Livro: A cenoura murcha;
Autor: Felpo Filva;
Editora: Marmota;
Imagem: uma cenoura triste sentada em um sofá.







Professor, os títulos são engraçados, contudo, possuem os dados necessários, para trabalhar.
Leve os alunos a inferirem na análise das capas, qual o foco que predomina em seus livros. (pessimismo, tristeza)
Na página 18, Felpo irritado responde Charlô.
Utilize esta leitura para trabalhar texto descritivo e qual a intenção dele ao responder.
Professor, para identificar o efeito de sentido decorrente do uso da pontuação, desenvolva esta atividade: (Crie outras, a partir dela.)
Nas frases “Quem planta ovo colhe passarinho?
Aquela Charlô era maluca!”, os pontos ? ! representam:
( ) Pergunta e afirmativa que Charlô era maluca.
( ) Afirmativa e raiva de Charlô.
( ) Negação e pergunta sobre o ovo do passarinho.
( ) Pergunta e exclamação (indignação com a Charlô).
Charlô responde através de um telegrama.
Esse texto é incomum para o contexto dos alunos. Professor, faça a sua comparação com os emails, quando utilizam uma linguagem estilizada.
Deixe os alunos descobrirem o que é: VG e PT e solicite que o reescrevam substituindo as letras pela pontuação adequada.
Atividade 4 – aproximadamente 60 minutos.
Felpo com crise de orelite tremulosa aguda, agudíssima.
Tão nervoso ele ficou que deu uma crise e precisou tomar um xarope: "DESTREMIL"
■ Professor, explore a bula do xarope Destremil, como fez com o manual do sticorelia, ou seja, reproduzindo um para cada aluno ou ampliando.
Aspectos importantes para explorar:
■ Estrutura do texto: como ele está organizado.
■ Função social: porque é importante lermos as bulas.
■ Sistema de medidas utilizado na composição do remédio. (l, m, kg)
Professor, leve os alunos a identificarem os traços de humor na bula, principalmente na SUPERDOSAGEM.
“Em caso de superdosagem, recomenda-se que o paciente deixe de ser besta e nunca mais faça isto”.








Na sequência da história Felpo, utiliza a fábula “O coelho e a tartaruga”, para falar de si para Charlô. Leia a fábula e desenvolva as atividades:
1.Quais as características do texto mostram que ele é uma fábula?
2.O coelho zombava da tartaruga por que:
a) ( ) Se considerava mais inteligente.
b) ( ) Era desaforado.
c) ( ) Tinha compaixão pela tartaruga.
d) ( ) Se considerava mais veloz que a tartaruga.
3.Quais características (adjetivos) da tartaruga, Felpo pegou para si?
4.A autora usa “aspas”, na fábula, com a finalidade de:
a) ( ) Identificar pausa.
b) ( ) Mostrar que é a fala do personagem.
c) ( ) Demonstrar surpresa.
d) ( ) Mostrar que é uma pergunta.
5.Localize na fábula e transcreva na ordem alfabética, as palavras com: ch, lh, nh.



Uma história um pouco esquisita
Sob a emoção de um novo sentimento Felpo escreveu algo diferente do que costumava criar.
Professor, solicite que um aluno leia o conto de fada do Felpo e peça que os alunos identifiquem qual conto de fada ele se inspirou e solicite que descrevam os personagens.
 Proponha que os alunos elaborem um texto de opinião falando sobre a trama da história.
Nele deve constar: o que acham que vai acontecer; a opinião deles a respeito da atitude da Charlô em questionar os poemas do Felpo e sugerir mudanças.
Ainda poderá ser proposto aos alunos, que criem um final para história, depois continue a leitura.
Estas sugestões de atividades e processo de leitura são algumas das possibilidades, o livro é um ótimo portador de textos, por isto, continue a explorá-lo até o final da história com atividades de leitura e de escrita, resgatando os valores humanos.
Leve seu aluno a repensar comportamentos e preconceitos, criando assim, leitores críticos.
Eva Furnari, através desse livro, nos permite inúmeras possibilidades para explorarmos nossa criatividade, por isto, utilize este livro sem moderação, porque ele faz bem a educação.
Recursos Complementares
Estudando a narrativa através de um conto de fadas:
 Avaliação
Professor, durante a leitura e as atividades é possível perceber o nível de compreensão da história e assimilação do aluno dentro das propostas.
As capacidades de inferir sentido; identificar informações implícitas e explícitas; identificar a tese do texto, o locutor e interlocutor; podem ser analisadas a partir das atividades propostas.
A habilidade escrita é trabalhada e avaliada via produção de texto.
Considerando a riqueza de recursos que o livro oferece, fica a critério da criatividade e necessidade do professor criar novas propostas de atividades e avaliações.
Livro aqui:






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios