BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, outubro 05, 2012

Literatura Afro-brasileira>Dicas pedagógicas>Atividades variadas>05/10/12


"Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender e, se elas podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar, pois o amor chega mais naturalmente ao coração humano do que o seu oposto." (Nelson Mandela)
"A educação é a mais poderosa arma pela qual se pode mudar o mundo."
(Nelson Mandela)

Literatura afro-brasileira
Objetivos:
Promover ações afirmativas em prol da igualdade;
Desenvolver valores como: respeito, solidariedade e amizade;
Diversificar as representações, valorizando pessoas com habilidades diferentes;
Reconhecer a importância e inteirar-se do assunto para que as intervenções sejam de fato eficientes;
Viver e conviver com a inclusão no seu sentido cada vez mais amplo;
Considerar e respeitar as diferentes culturas sociais e familiares no tratamento com o indivíduo;
Entender a necessidade da diversidade de associações e do trabalho sensitivo para todas as crianças.
Desenvolver a linguagem oral expressando pensamentos e idéias.
Perceber e respeitar as diversidades étnico/cultural e física existentes em seu meio social.
Conhecer e explorar diferentes ritmos, brincadeiras, valorizando a diversidade cultural.

METODOLOGIA:
Em rodas de conversa e/ou através de histórias explorar o tema diversidade levando as crianças a perceber as diferenças que se apresentam entre elas.
Realizar a leitura e contar histórias utilizando recursos diversificados (fantoche, blocão, DVD etc). Realizar apresentação de teatros em sala e com a interação das demais salas (0 a 5 anos).
Trabalhar com atividades de percepção,eu e o outro, utilizando o espelho, o tato, em que as crianças possam perceber as características de cada um.
Explorar figuras de revistas e das historias. ( em roda, conversar com as crianças sobre as imagens)
Realizar com as crianças atividades de registro como o desenho das historias trabalhadas.
Construir com as famílias um boneco que possa representar as características da criança.
Apresentar para as crianças o boneco e conversar sobre a imagem. Observando que somos diferentes e precisamos respeitar as nossas diferenças.
Nos momentos de roda, apreciar as músicas do cd palavra cantada, ampliando o repertório musical das crianças.
Realizar com as crianças danças circulares através de músicas que envolvam variados ritmos e brincadeiras cantadas.
Realizar atividades que envolvam ritmos corporais. Ex andar devagar, andar de acordo com as palmas, pular de acordo com o ritmo, entre outros
Apreciar dvds, e posteriormente realizar conversas sobre os temas abordados nas historias apresentadas.


Afro-literatura
outros olhares sobre o texto literário


Texto literário é todo aquele que nos modifica, nos faz sair da cômoda posição de leitor para a de sujeito-leitor — que tem o direito de intervir no texto, caminhar por ele, invadi-lo.
É aquela produção textual que nos instiga e arrebata, trazendo consigo a beleza inquietante de nos permitir criar, recriar e tecer outras significações a partir de sua tessitura.
A produção literária afro-brasileira possibilita aos seus leitores todos esses movimentos, além de provocar a necessária reflexão sobre as relações étnico-raciais na sociedade brasileira.
A afro-literatura brasileira poderia ser entendida/percebida, ainda, como aquela produção que:
* possui uma enunciação coletiva, ou seja, o eu que fala no texto traduz buscas de toda uma coletividade negra;
* propõe (e se propõe como) uma releitura da história de nosso país;
* traduz uma ressignificação da memória do povo negro brasileiro;
* realiza fissuras nos textos que representam o discurso hegemônico da nacionalidade brasileira;
* se caracteriza por um processo de reterritorização da linguagem, ocupando lugares e desmontando estereótipos;
* se configura como narrativa quilombola, porque realiza verdadeiras manobras de resistência: é pouco disseminada e sofre boicote de editores e distribuidores; no entanto, sua produção é constante e bem extensa.
* trabalho com esse novo padrão estético-étnico-racial e cultural pode ocorrer de modo paulatino, porém mostra-se eficaz.
Para a promoção desta leitura, deve-se construir o ambiente de leitura com todos os pormenores e cuidados que a atividade exige:
-dialogar com o texto, mesmo antes de abri-lo, criar “aquele” clima antes e ao apresentar o texto escolhido para a leitura;
-acrescentar informações pertinentes ao tema do livro escolhido por meio de vídeos, passeios, presença de artistas, autores, ilustradores e outras pessoas ligadas ao contexto de produção da obra a ser lida;
- promover roda de conversa acerca do título, especulando sobre seu conteúdo;
-apresentar as ilustrações; estabelecer alianças com professores (as) de outras disciplinas para um trabalho coletivo e interdisciplinar.
Há que se pensar na necessidade de cultivar olhares sensíveis para selecionar livros que abordem a cultura afro-brasileira.
Nesse caso, há uma outra reflexão a se fazer: quais livros selecionar?
É fato que, em geral, os livros mais divulgados, conhecidos e lidos são os que apresentam, ainda, maior nível de estereotipia, racionalização e propostas utilitárias que cumprem o papel de veicular ensinamentos, a fim de determinar o comporta-mento do leitor, reafirmando e/ou legitimando os preconceitos, as discriminações e as imagens caricaturizadas da população negra.
Para que o livro seja uma obra de referência, como a defendida neste artigo, não basta trazer personagens negras e abordagens sobre os preconceitos.
É importante levar em consideração o modo como são trabalhados o texto e a ilustração.
A afro-literatura brasileira necessita ser lida pelo viés da contramão, ou seja, desvencilhando de olhares etnocêntricos, buscando nos sentidos possíveis da linguagem apresentada no texto, a beleza da oralidade escrita e do fazer lingüístico característico das temáticas e dos escritores de afro-literatura.
Quantas vezes já paramos para realizar um quadro comparativo entre a representação de personagens brancas e negras que aparecem nos livros ou então identificar preconceitos e estereótipos presentes nas obras?
Para construção/constituição de acervo que contemple a diversidade étnico-racial, os professores e demais profissionais envolvidos nessa escolha necessitam estar atentos aos materiais:
* que apresentem ilustrações positivas de personagens negras;
* cujos conteúdos remetam ao universo cultural africano e afro-brasileiro;
* que possibilitem aos leitores o acesso a obras onde habitem reis e rainhas negras, deuses africanos, bem como os mitos afro-brasileiros;
* cujas tessituras realizadas durante a leitura possam construir a elevação do aumento da auto-estima das crianças negras;
* que representem, sem estereótipos, a população negra brasileira;
Os profissionais envolvidos na escolha desse acervo devem também analisar a contribuição das obras estrangeiras em que aparecem essas personagens.
Muitas obras, praticamente desconhecidas, rompem com a tradição da representação estereotipada das narrativas e ilustrações em relação à população negra.
Mais que livros na mão: compromisso com a valorização da diversidade
As políticas públicas parecem pretender avançar neste campo da leitura e da literatura por meio da distribuição de livros.
Cabe intensificar ações mais comprometidas com o enfrentamento do desafio que é trazer para a sala de aula o universo cultural africano e afro-brasileiro.
Contudo, sabe-se que somente a distribuição de livros não garante a leitura, nem mesmo o acesso a eles.
Para que o livro circule na sala de aula, e fora dela, depende também, e em grande parte, do grau de organização da unidade escolar - biblioteca funcionando, orienta-dores informados e responsáveis por ela, divulgação do acervo e dos temas dos livros, propostas interessantes a todos os envolvidos.
A formação de leitores compromissados com a valorização da diversidade, imprescinde da existência de professores, leitores, investigadores que sempre se perguntem uns aos outros:
Quais são as políticas públicas em curso?
Quais são os bons livros?
Quais são as editoras que têm contemplado positivamente a diversidade não apenas em relação a obras com personagens negras mas também em relação aos escritores, ilustradores e outros profissionais envolvidos na produção?
Como está a distribuição e circulação destes livros?
Finalizando, independente de seu pertencimento étnico-racial, todos e todas merecem ter acesso a obras literárias comprometidas com a promoção da igualdade das relações étnico-racial.
Referências
SOUSA, Andréia L. Nas tramas das imagens: um olhar sobre o imaginário da personagem negra na literatura infantil e juvenil. São Paulo, 2003. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo.
________. “O Exercício do Olhar: Etnocentrismo na Literatura Infanto-Juvenil”. In: SILVEIRA PORTO, Maria do Rosário et al. Negro, Educação e Multiculturalismo. São Paulo: Ed. Panorama, 2002.
________. Personagens Negros na Literatura Infantil e Juvenil. In: CAVALLEIRO (org.). Racismo e Anti-Racismo na Educação: repensando nossa escola. São Paulo: Summus, 2001.
SOUZA, A L. S. Negritude, Letramento e Uso Social da Oralidade. In: CAVALLEIRO, E. (org.). Racismo e Anti-Racismo na Educação: repensando nossa escola. São Paulo: Summus, 2001.
________ . Igualdade nas relações raciais - as leis fora do papel. Bolando Aula de História - Apoio para professores do Ensino Fundamental. Ano 7. n. 47 novembro de 2004. Gruhbas, São Paulo, 2004.
AUTORAS
Ana Lúcia Silva Souza
Andréia Lisboa de Sousa 
Rosane de Almeida Pires
Veja a reportagem completa aqui:

Sugestões literárias
Literaturas que valorizam a diversidade étnica e cultural afro-brasileira e africana são uma ótima alternativa para abordar os conteúdos exigidos pela lei 10.639, que obriga o ensino da “História e Cultura afro-brasileira e africana” nas escolas de Ensino Fundamental e Médio das redes pública e privada de todo Brasil. 
Veja 12 dicas de livros recomendados para pais, filhos e professores sobre o tema,acessando o link abaixo:
Livro Vivendo a diversidade
Educação para crianças
Pilar Espí
Editora Fapi
Atividades variadas

LIVRO DIVERSIDADE

https://picasaweb.google.com/prof.tatiane.gon/LIVRODIVERSIDADE#5242952114270565906






Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios