BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, dezembro 21, 2012

Menino Poti>Estímulos literários>Cultura indígena > 21/12/12



História em áudio
Livro

Trabalhando a Cultura Indígena
Conhecer a história e a cultura do povo indígena brasileiro, através da leitura de obra Literária, de texto informativo e de figuras que ilustrem tal cultura.
Desenvolver a linguagem oral a partir de conversas informais a respeito da cultura indígena.
Propiciar a interação dos alunos, em grupo, através de trabalhos orientados sobre a cultura indígena.
Trabalhar a linguagem oral, através da apresentação dos trabalhos em grupo.
Duração das atividades
Aproximadamente 4 aulas de 50 minutos.
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
O aluno deverá estar alfabetizado e inserido no processo de letramento.
Estratégias e recursos da aula
Momento 1
O professor iniciará a aula apresentando as imagens abaixo para os alunos:


 




        

 Após a apresentação e a observação dos alunos, o professor os incentivará a comentar o conteúdo das imagens, realizando perguntas a respeito de cada figura, separadamente:
- O que vocês estão vendo na figura 1? (Duas crianças indígenas)
- Como vocês sabem que essas crianças são indígenas? (Devido a vestimenta, aos rostos pintados, a cor da pele, etc)
- A vestimenta dos índios é diferente da nossa? Como eles se vestem? (Sim, os índios se vestem com roupa de palha, ficam seminus, pintam o rosto e o corpo, etc. Nós usamos calças, saias, vestidos, blusas feitos com diferentes tecidos.)
- Pela expressão das crianças na foto, como elas estão se sentindo? (Elas estão felizes, sorridentes)
- O que vocês estão vendo na figura 2? (Vários índios reunidos)
- Como eles estão vestidos? (Alguns estão com penas na cabeça, saias, corpos pintados e colares)
- Quem faz as vestimentas dos índios? (Eles mesmos a confeccionam)
- O que esses índios estão segurando? (Eles estão com chocalhos nas mãos)
- Para que eles utilizam os chocalhos? (Para fazerem sons, músicas em festas e rituais, por exemplo)
- Na terceira figura, o que podemos observar? (Vários índios andando, uma oca, natureza)
- Atrás dos índios o que observamos? (uma oca - a casa dos índios- e uma árvore)
- Como são as moradias dos índios? (Diferentes da nossa, eles moram em ocas, casas feitas de palha)
-Por fim, na última figura, o que observamos? (Duas mulheres indígenas e uma criança em uma rede, dando comida para uma arara)
- Como vocês acham que é a relação dos índios com os animais e com a natureza? (Os índios têm um contato direto com a natureza, cuidam muito dela e a preservam)
-O que os índios, nessa foto, utilizam para deitar e descansar? (redes)
- Atrás da imagem das mulheres o que observamos? (Ocas, outros índios, outra rede )
O professor deixará, nesse momento, que os alunos respondam livremente essas perguntas, expondo seus conhecimentos iniciais a respeito da cultura indígena e complementará as respostas, caso seja necessário.
Momento 2
Em seguida, o professor realizará a leitura do Livro de Literatura: O menino Poti de Ana Maria Machado e Claudius. Editora: Salamandra.
Atividade musical

Menino Poti
O Menino Poti
Lá na mata, vive o menino Poti.
Ele vive numa oca, lá na taba.
Poti é bonito, com pena de tucano no peito.
O menino Poti vai de canoa pela mata. A canoa leva o pote. O pote leva banana.
Poti vê o tatu e a cutia, vê o tucano e o tico-tico.
E o bebê macaco vê Poti.
Aí ele pula, cai lá da moita e bate o pé no toco.
Ai, ai, ai! Coitado do macaco!
Poti vê o macaco caído e cuida dele.
O menino bota o macaco na canoa e o danado come toda a banana do pote.
A canoa leva Poti até a taba.E ele leva o macaco no colo.
Aí o pai de Poti leva muita banana até a taba. E o bebê-macaco come muito.
De noite, a lua alumia a taba toda. Tudo iluminado! Alumia até Poti no colo do pai.
E alumia o macaco de banana na boca.



- Após a leitura, o professor conversará com os alunos a respeito da história.
Para orientar essa conversa, ele dirigirá as seguintes perguntas aos alunos:
- Quem são os personagens dessa história? (O menino Poti, o bebê - macaco e o pai de Poti)
- O menino Poti é um Índio? (Sim)
- Como sabemos que ele é um índio (Se os alunos tiverem acesso ao livro, poderão responder que esse conhecimento se deve às imagens vistas, no entanto, se apenas lerem o texto, perceberão que Poti é um índio, através de pistas como: o lugar que ele mora, seu transporte,, sua vestimenta, etc)
- Onde vive o menino Poti? (Na mata, numa oca, lá na taba)
- Poti mora em um lugar cercado de natureza? (Sim, ele mora na mata e na história aparecem alguns animais)
- O que é uma oca? (É a casa dos índios, feita por eles de palha)
- O que é uma taba? (É uma espécie de cidade onde moram os índios)
- Como Poti se veste? (Com uma pena de tucano no pescoço)
- Qual é o transporte utilizado por Poti? (Uma canoa)
-O que Poti gosta de comer? (Bananas)
- O que acontece com o macaquinho na história? (Ele machuca o pé no toco).
- O que Poti faz pelo macaco? (Ele cuida dele e leva ele para sua casa)
- Vocês acham que os índios são amigos dos animais? (Resposta pessoal)
Momento 3
Após essa conversa a respeito da história, o professor entregará uma folha ofício para os alunos e pedirá que eles ilustrem a história do Menino Poti, podendo desenhar a parte que acharam mais interessante.
Os alunos deverão nessa folha, escrever uma frase referente ao desenho realizado.
Essas folhas poderão ser expostas em um varal na sala ou em um mural.
Momenta 4
O professor trabalhará, nesse quarto momento, com outro texto também a respeito dos costumes dos índios:
Cultura indígena
Fonte: CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E INFORMAÇÃO - CEDOC FUNDAÇÃO NACIONAL DO INDIO - FUNAI
Adaptação: Lívia Neves
Os índios do Brasil não formam um só povo. São muitos povos diferentes de nós e entre si. Possuem hábitos, costumes e línguas próprias e, por isso, é errado pensar que todos os índios vivem da mesma maneira..
Existem grupos indígenas que, por estarem em contato permanente com a nossa sociedade, adotaram muitos hábitos e costumes da nossa cultura, falam o português, usam produtos industrializados mas nem por isso deixam de ser índios.
Existem ainda grupos que mantêm contatos apenas ocasionais com os brancos e, finalmente, grupos que não têm qualquer contato com a sociedade, desconhecendo nossos costumes e língua.
Como exemplo de cultura indígena, convém ressaltar a dos Yanomami.
Esse povo, fala a língua Yanomami e mantem ainda vivos os seus usos, costumes e tradições.
Eles vivem em grandes casas comunais: a maloca que consiste numa moradia redonda, com topo cônico, com uma praça aberta ao centro.
Várias famílias vivem sob o teto circular comum, sem paredes dividindo os espaços ocupados.
O número de moradores varia entre trinta e cem pessoas.
A construção de uma estrada cortando seu território e a operação de mineradores e, hoje, a presença de milhares de garimpeiros têm resultado na destruição da floresta e trazido muitas doenças para os Yanomami, cuja população está sob séria ameaça de desaparecimento.
(Caso necessário o professor deverá esclarecer o significado de alguma palavra do texto.)
Após a leitura e a colagem do texto no caderno, os alunos responderão, em duplas, as seguintes perguntas e anotaram as respostas no caderno:
1) Dentre os exemplos de culturas indígenas qual povo foi destacado no texto? (Os Yanomami)
2) Como são as casas desse povo? (Moram em grandes casas comunais. A maloca consiste numa moradia redonda, com topo cônico, com uma praça aberta ao centro. Várias famílias vivem sob o teto circular comum, sem paredes dividindo os espaços ocupados. O número de moradores varia entre trinta e cem pessoas.)
3) Por que esse povo está desaparecendo? (Devido a construção de uma estrada cortando seu território e a operação de mineradores.)
4) Na sua opinião, a ação do Homem de outras culturas interfere e prejudica, algumas vezes, os povos indígenas? (Resposta pessoal.)
5) Na sua opinião há um desrespeito e um preconceito com os índios? Justifique. (Resposta pessoal)
O professor dará um tempo para as duplas discutirem as respostas e responderem por escrito e, em seguida, ouvirá algumas respostas dadas por alguns alunos, orientando-os a responder corretamente, caso necessário, e discutindo mais a fundo as questões 4 e 5.
O professor deixará que os alunos exponham suas idéias e complementará, caso necessário, afirmando que os índios possuem uma cultura e costumes bem diferentes do nossos e que, muitas vezes, essas diferenças não são respeitadas e esse povo acaba sendo desrespeitado, perdendo território e não tento valor reconhecido.
Momento 5
O professor proporá uma atividade em grupo a ser desenvolvida em casa e na sala pelos alunos.
Ele, então, dividirá a turma em 6 grupos e pedirá que cada grupo fique responsável por trazer mais informações a respeito da cultura indígena no que diz respeito a:
- Alimentação dos índios;
- moradia dos índios;
- vestimenta dos índios;
- transporte dos índios;
- armas indígenas e
- instrumentos musicais.
Após a divisão dos grupos e o tema que cada grupo desenvolverá, o professor orientará aos alunos a trazerem figuras, fotos, livros, etc.
Essas imagens poderão, inclusive, ser expostas em um cartaz.
(Em uma folha de cartolina fornecida pelo professor) que será confeccionado em sala.
Orientará cada grupo para realizar uma síntese das informações a respeito de seu tema e para anotar em uma folha essas informações, as quais poderão ser conseguidas em livros, na internet ou através de perguntas a um conhecido.
Cada grupo se reunirá em uma aula seguinte e exporá as imagens e informações encontradas para os colegas de grupo.
 Em seguida, confeccionarão os cartazes ou apenas anotarão as informações obtidas em uma folha e ilustrarão.
Momento 6
Os grupos apresentarão as informações, os cartazes, as figuras e os desenhos para os outros grupos à frente da sala.
Os cartazes e folhas com as informações de cada grupo poderão ser expostos na sala de aula em murais ou paredes.
Recursos Complementares
Outras imagens de índios estão disponíveis no site:
Avaliação
Nesta aula o professor avaliará se os alunos:
- reconheceram a singularidade da cultura indígena através das conversas a respeito das figuras;
- foram capazes de desenhar e escrever corretamente uma frase relacionada ao livro de literatura lido;
- responderam às perguntas do texto informativo, em grupo, e se discutiram a respeito do desaparecimento dos índios;
- trabalharam em grupo, levantando informações a respeito do tema solicitado e apresentando-as aos outros colegas.
  
  Descobrindo o Brasil – origens da população no Nordeste do país: UCA
■Fazer pesquisa científica;
■Utilizar diferentes estratégias de pesquisa;
■Descobrir o prazer pela leitura;
■Reconhecer a importância do conhecimento historicamente acumulado;
■Valorizar a cultura popular;
■Ler com compreensão;
■Ler com entonação e fluência;
■Pesquisar e conhecer aspectos culturais da região Nordeste;
■Observar a ressonância de algumas culturas na formação da cultura brasileira;
■Valorizar as diferentes culturas;
■Aprender com as diferenças.

livro 
  UMA ARARA E SETE PAPAGAIOS
DE ANA MARIA MACHADO E CLÁUDIUS

O MENINO POTI SAIU DA TABA A PÉ E FOI ATÉ A MATA.
LÁ VIU UMA ARARA MUITO BONITA NO PÉ DE GUARANÁ.
COM O PEITO AMARELO E PENA COLORIDA NA ASA E NO RABO, A ARARA FALAVA:
_ ARARA, ARARA...
POTI SUBIU NO PÉ DE GUARANÁ E PEGOU A ARARA PARA ELE.
DEPOIS, VEIO PARA A TABA, COM SUA ARARA BONITA.
A MÃE DELE ASSAVA COMIDA.
A AVÓ DELE, AMASSAVA A MASSA DE TAPIOCA PARA O BEIJU.
E A CADA MINUTO, A ARARA FALAVA:
_ ARARA, ARARA...
FALAVA PARA POTI E PARA OS AMIGOS DELE.
FALAVA PARA A AVÓ, A MÃE E AS TIAS DELE.
FALAVA ATÉ PARA O PAI DELE.
_ ARARA, ARARA...
ERA UMA ARARA DANADA DE TAGARELA.
SÓ PAROU DE NOITE, NO SONO. FICOU TUDO SOSSEGADO.
ARARA NO POLEIRO, POTI NA REDE E OS RAIOS DA LUA NA TABA TODA.
DE DIA, MUITO CEDO, A ARARA TAGARELA JÁ FALAVA DE NOVO:
_ ARARA, ARARA...
A AVÓ DE POTI FALOU:
_ SOSSEGA ARARA!
A MÃE DE POTI PEDIU:
_ ARARA, PARA! FICA SOSSEGADA!
MAS A ARARA SÓ FALAVA E FALAVA.
O PAI DE POTI TEVE UMA IDEIA: SAIU DE CANOA PELO RIO.
DEPOIS, VEIO DE VOLTA COM SETE PAPAGAIOS.
DEU OS SETE PARA POTI. POTI FICOU TODO ANIMADO.
MAS AÍ TUDO FOI UM BERREIRO NO OUVIDO.
A CADA MINUTO A ARARA FALAVA:
_ ARARA.
E CADA PAPAGAIO REMEDAVA E REPETIA:
_ ARARA.
E MAIS SETE:
_ ARARA.
_ ARARA.
_ ARARA.
_ ARARA.
_ ARARA.
_ ARARA.
_ ARARA.
ERA DEMAIS.
POTI PEGOU A ARARA E OS SETE PAPAGAIOS, BOTOU NA CANOA E SAIU PELO RIO.
REMOU, REMOU... LÁ NO MEIO DA MATA, PAROU E FALOU:
_ VOA ARARA, VOA! VOA PAPAGAIO, VOA!
A ARARA VOOU. CADA PAPAGAIO VOOU.
POTI VEIO DE NOVO PARA A TABA E FALOU:
_ LUGAR DE ARARA E PAPAGAIO É NA MATA.
E A TABA FICOU SOSSEGADA.
Aula completa aqui:
 Alfabetizando...
Muitas atividades: Tem mais lá....







Link para essa postagem


2 comentários:

  1. AQUI VOCÊ ENCONTRA DE TUDO PARA AJUDAR NA FORMAÇÃO DOS PEQUENOS....PARABÉNS! QUE CONTINUE AJUDANDO TODAS AS PROFESSORAS DO BRASIL!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo incentivo. Volte sempre!

      Excluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios