BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, março 07, 2011

Contos e Histórias de Páscoa- 07/03/11

CONTO DE PÁSCOA
Sentado na beira da calçada , com um ovo de chocolate pequenino nas mãos , olhar sério , aquele menino se pôs a imaginar.
Havia muitas coisas que ele não entendia, por mais que tentasse.
Durante a semana toda, na escola, na rua , em casa , em todos os lugares só se ouvia falar de Páscoa , coelhinho e ovos de chocolate.
A professora até colocou Jesus no meio da história, mas só aumentou a sua confusão; ele não conseguia organizar o pensamento.
Jesus não é aquele que nasceu no Natal?
Faz tão pouquinho tempo, e ele já morreu??!!
Não, decididamente ele não entendia nada .
 Não sabia exatamente o que uma coisa tinha a ver com a outra.
Afinal de contas, por que comemorar, se Jesus morreu?
Por que os ovos são de chocolate?
E o coelho, o que ele faz nessa história?Complicaaadooo!!!!
Separava somente as coisas que entendia , e sabia o que era...
Entendia que estava esperando ganhar um ovo bem grande, daqueles que tinha visto na televisão, embrulhado num papel brilhante e com um laço de fita vermelha , que não veio, e ele sabia por quê: o dinheiro não deu. Ele sabia.
Nem seu pai e nem sua mãe tinham prometido dar-lhe um ovo de páscoa; e ele sabia, também, que o coelhinho não o trazia para ninguém.
Então, como é que ele poderia satisfazer a sua vontade de comer chocolate?
Como ia passar o domingo de páscoa sem comer ovo de páscoa?
E a ideia veio assim, de repente!!!
Por que não???
Foi até o primeiro semáforo daquela movimentada avenida e, quando o sinal ficava vermelho ele se lançava entre os carros e ia pedindo: "Moço, dá um ovo de páscoa pra mim?"
"Senhor, poderia me dar um ovo de páscoa?"
"Moça , dá um ovo de chocolate pra mim?"
Assim, ia pedindo e ouvindo as mais esfarrapadas respostas, quando alguém respondia .
Até que, enfim, parou um carro velho, todo manchado de ferrugem.
Dentro, um homem com cara de bravo ...
Ele tomou coragem, foi até lá e arriscou o mesmo pedido: "Moço , eu quero um ovo de páscoa" .
E qual não foi sua surpresa quando aquele homem pegou, no banco do passageiro, um embrulhinho e lho estendeu pelo vidro.
"Brigado, moço!!!"E saiu em disparada.
De volta à sua calçada, ele olhou o ovinho e sorriu feliz.
Afinal, agora ele comemoraria a Páscoa.
Autoria desconhecida

A VELHINHA, A GALINHA E OS OVOS DE PÁSCOA
(Conto Lituano de Nijole Jankute- Tradução livre de Olga Prokopowit)
Numa pequena aldeia, havia uma pequena casa. Nesta casa morava uma velhinha.
Ela criava uma galinha e um coelho.
A galinha tinha seu ninho embaixo da escada e lá botava seus ovos.
O coelho vivia solto pelo gramado que circundava a casa.
A galinha cacarejava toda vez que botava um ovo, e a velhinha corria para recolher o ovo que a galinha botava e a alimentava com boa comida.
A velhinha gostava muito da carijó, que tinha a crista vermelha, as patinhas amarelas e as penas coloridas..
Gostava também do coelho, que tinha o lábio partido, as orelhas bem grandes e o pelo branco bem fofinho.
 Certo dia, a velhinha escuta a galinha cacarejando tão alto e tão feliz:
 -- Botei, botei, botei! Até o coelho assustou-se e ficou com as orelhas em pé.
 A velhinha desceu bem rápido os degraus da escada, abaixou-se e viu no ninho um ovo bem grande, com manchas multicoloridas.
Era tão lindo que ela não cansou de admirá-lo.
Com muito cuidado pegou-o e levou-o para a cozinha.
Ficou pensando o que faria com ele.
Não podia come-lo, pois era muito bonito e também não podia deixa-lo como enfeite, pois poderia cair e quebrar-se.
O coelho que estava ao seu lado, disse-lhe: --E se der de presente para uma criança?
A Páscoa está chegando e com certeza quem recebe-lo ficará muito feliz.
A ideia é boa, respondeu a velhinha, porém para qual criança?
Eu conheço tantas.
Ela pensou um pouco e exclamou: --Já sei, vou juntar muitos ovos da galinha carijó e depois de pintá-los vou presentear todas as crianças.
Saltitando e feliz, o coelho dizia: -- Eu também vou ajudar a pintar.
 Assim dito, assim feito.
A galinha carijó botou muitos ovos.
A velhinha recolheu-os numa cesta de vime e junto com o coelho branquinho, pintou-os.
Ficaram tão bonitos.
Multicoloridos.
Vermelhos, verdes, azuis, amarelos, roxos. Alguns listrados., outros com bolinhas e até com flores.
No domingo de Páscoa, a velhinha os colocou numa bela cesta e o coelho branquinho distribuiu-os para todas as crianças da aldeia.
Fonte:http://criancagenial.blogspot.com/2008/02/conto-de-pscoa.html
  PASCOAL - O COELHO DA PÁSCOA
Maria Hilda de J. Alão
Seu nome é Pascoal,
De dente comprido
E olhinhos vermelhos.
Ó coelhinho exibido
Traz a alegria pascoalina
Nos ovos de chocolate
Para menino e menina,
E que o amor nunca falte
Nesta linda festa cristã.
A Páscoa não é só de doces
De nozes ou de avelã,
Ela sempre acontece
Quando se estende a mão
A quem muito precisa.
Neste momento, então,
A alma cresce e a dor suaviza.
Não esqueça linda criança,
Páscoa é um dia de amor,
De renascer a esperança
Na volta do Salvador.
Fonte:

O SUMIÇO DOS OVOS
Conto de Páscoa ( O “roubo”dos ovinhos)
Autora: Dora Duarte
Numa cidade pacata, numa rua pequenina,brincavam crianças de cantiga de roda, como nos velhos tempos dos seus pais.
Era época de páscoa, toda família daquela cidade comemorava.
Considerada a maior festa cristã por todos dali.
Como em muitos lugares, era tradição deles,após a cerimônia religiosa,quando voltava da igreja, a criançada invadia seus quintais, procurando seus devidos ovos de pásco,.ou decorados, pintados, de pata, ou galinha ou de chocolates,que um coelho “carteiro” deixava em cada casa.
Para surpresa geral....Cadê os ovos!!!!!
Foi aquele alarido, criança corria de um lado para outro,perguntava as outras crianças da vizinhança,ninguém sabia, ninguém viu .
Os pais abismados questionavam :_E agora?
Vamos ajuda-los a achar esses ovos de páscoa! Um por todos e todos por um!
Não existiam quintais cercados, eram divididos com plantas e árvores.
E corre daqui, vira moita, tropeça em brinquedos largados no quintal.
Um pai grita: __Vou pegar a minha lupa, vou investigar esse desaparecimento!
A criançada...EBAAAAAAAAA!!!!
E...foi assim...
O pai “investigador” seguiu umas pegadas.._Vejam isto, corram aqui!
Juntou-se toda a criançada e seus pais, caíram na gargalhada...
Não é que a mamãe coelha era a portadora da entrega dos ovinhos.
Havia dado a luz a um monte de coelhinhos sapecas ,bebês ainda ,estava ensinando eles a carregarem a cestinhas com os ovos na boca,para a criançada.
Eram tantos ovos de todas as cores e tamanhos, que os bichinhos não davam conta, chamaram a mamãe galinha e a mamãe pata.Nem assim.
Colocaram o restante numa cama de capim verde, certamente para depois buscar.
Daí, a alegria foi geral combinaram fazer um almoço comunitário,nem a bicharada ficou de fora.
...E todos ovinhos foram entregues à criançada.
FELIZ PÁSCOA!

Valores e Páscoa, tudo afins!
Comemore a data compartilhando valores importantes...



Fonte: Revista Guia Escolar
Editora Alto Astral


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios