BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, outubro 02, 2011

Que bicho é? Educação Física> 02/10/11


Ele corre, ele gira, ele rola: que bicho é esse?

Autor: Tiago S.Alves
Co-autor: Elizabet Rezende de Faria
Dados da Aula
O que o aluno poderá aprender com esta aula
■Identificar os movimentos do mundo animal que se relacionam a movimentos da ginástica, tais como: saltar, equilibrar, rolar, correr, escalar e balançar.
■Realizar nas aulas os movimentos da “Ginástica Animal” a partir dos dados da pesquisa realizada.
■Construir charadas com enigmas para identificar quais movimentos de animais serão simulados.
■Conhecer, pelo uso da internet, as modalidades de ginástica e lutas que aplicam em seus rituais os movimentos de animais, bem como o porquê dessas utilizações.
Duração das atividades
10 aulas de 50 minutos / Total: 500 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Conhecimento dos elementos constitutivos da ginástica em seu sentido mais amplo: saltar, rolar, equilibrar, escalar, balançar.
Estratégias e recursos da aula
Aula 1 e 2: Que Ginástica nós sabemos?
1. O (a) professor (a) deverá identificar o conhecimento prévio dos (as) alunos (as) sobre a Ginástica.
Na primeira aula, o (a) professor (a) deve resgatar o que eles (as) já conhecem sobre o tema, tanto a partir das aulas da Educação Física na Educação Infantil, como suas próprias experiências fora da escola.
O (a) professor (a) pedirá que os (as) alunos (as) expressem a idéia que possuem de ginástica em forma de desenho (veja imagens abaixo), utilizando recurso específico (editor de desenhos) de seu netbook.
Este desenho deverá ser salvo em seus pendrives em pasta nomeada "Ginástica".
Em seguida, cada aluno (a) descreverá o desenho para a turma e apresentará seu conceito de ginástica.
Posteriormente, os (as) alunos (as) escolherão quatro, dentre as definições de ginástica dos (as) colegas, para praticarem na próxima aula.
Sugestões de desenhos sobre a ginástica:


2. Vivenciar as formas de ginástica a partir das definições dos (as) próprios (as) colegas elaboradas na aula anterior.
a) Ginástica é "fazer exercícios":
Solicitar que o (a) aluno (a) especifique pelo menos cinco exercícios, o (a) professor (a) fará o processo de mediação pedagógica para ministrar os movimentos de modo que os (as) alunos (as) tenham condição de realizar.

b) Ginástica é "puxar pesos":
O (a) professor (a) identificará, dentre os materiais disponíveis na escola para as aulas de Educação Física, os "pesos" alternativos, possíveis de serem utilizados para a prática dessa atividade.

ginastica



c) Ginástica é "fazer como Daiane dos Santos"
O (a) professor (a) solicitará que o (a) aluno (a) especifique alguns movimentos, em seguida, fará a mediação pedagógica e ministrará os movimentos sugeridos de modo que todos possam experimentar.

daiane 1


3. O (a) professor (a) deve elaborar uma síntese da discussão sobre o conceito de ginástica da turma apontando as seguintes ponderações conceituais:
a) A ginástica pode ser conceituada de várias maneiras e, na ciência atual, não se aceita uma única definição;
b) Neste ano de ensino, vamos entender a ginástica em seu sentido mais amplo, como os conhecimentos associados aos movimentos de saltar, equilibrar, rolar, correr, escalar e balançar;
c) Vamos conhecer, a partir da próxima aula, uma ginástica que ninguém da turma mencionou e que (hipoteticamente) nenhuma deles (as) conheça.
Obs. 1: O (a) professor (a) manterá "segredo" até a próxima aula, adiantando apenas a informação que será uma ginástica que todos (as), de alguma forma, já viram, mas nunca perceberam!!
Aula 3: Quem conhece uma Ginástica Animal?
1. O (a) professor (a) conversará com a turma sobre a seguinte pergunta: bicho faz ginástica?
Cada aluno (a) poderá se posicionar a respeito, respondendo e exemplificando.
O (a) professor (a), no entanto, deve concluir junto à turma que ginástica é conhecimento presente na cultura de todos os países, e bicho não faz conhecimento.
Portanto, embora os animais se movimentem de diversas formas, eles não fazem ginástica, pois executam o movimento por instinto e não objetivando exercitar-se.
Obs. 2: Esse esclarecimento é importante, pois o (a) aluno (a) nesta fase (séries iniciais do ensino fundamental) já deve aprender localizar os conhecimentos que cada disciplina na escola oferece.
 A Educação Física, portanto, não deve contentar-se com uma noção oferecida pelo senso comum.
Daí a necessidade da criança entender a Ginástica, dentre outros, como um conhecimento específico da disciplina de Educação Física escolar.
2. O (a) professor (a) deve indagar à turma que, embora bicho se movimente por instinto, nós podemos aprender alguns movimentos que eles também fazem, para criarmos nossa Ginástica Animal.
Apresentar uma música cuja letra apresenta um animal e movimento.
Sugestão música "Beija-flor", Banda Natirutis. Para ouvir a música, clique na imagem ou no link logo abaixo:


3. Solicitar à turma que utilizem seus netbooks para uma pesquisa pela internet de imagens e/ou vídeos de bichos movimentando-se de maneira que seja possível fazermos igual ou parecido.
Obs. 3: Nesse momento, não convém que o (a) professor (a) delimite os movimentos, os (as) alunos (as) deverão desenvolver um "bom senso" (critério de razoabilidade) para identificar e julgar movimentos aplicáveis na escola.
Sugestões de imagens de animais em movimentos:
a) Bicho alongando:

bicho along1


b) Bicho balançando:

bicho balanç1


c) Bicho Correndo:

bicho correndo2

d) Bicho escalando:
bicho escalando1


e) Bicho equilibrando:

bicho equilibrando2


f) Bicho saltando:

bicho saltando2

 
g) Bicho rolando:

bicho rolando1

bicho rolando3


Aulas 4, 5: Vivência da Ginástica Animal a partir de imagens e charadas.
1. Momento de elaboração das charadas.
O (a) professor (a) pedirá que os (as) alunos (as), com seus netbooks ligados, formem grupos de cinco pessoas para socializar a pesquisa dos bichos em movimentos.
Cada grupo elegerá dois movimentos para compor as modalidades da nossa Ginástica Animal.
Além disso, apresentar, também, mais um desafio:
Os (as) alunos (as), em grupo, utilizarão seus editores de texto, disponíveis em seus netbooks, para elaborar uma charada com enigmas que identifiquem os animais escolhidos, os (as) colegas deverão adivinhar antes de praticar os movimentos.
Exemplos de charadas:
Obs. 4: Embora as charadas abaixo apresentem rimas, não é necessário exigir que eles (as) as façam rimando.
a) "Pareço fofo e carinhoso, mas quando fico nervoso, ando rápido com duas patas e dou um abraço doloroso" (urso).
b) "Pulo, salto, escalo e me coço, sou sapeca, não me encosto" (macaco)
c) "Vivo com a barriga no chão, gosto de dormir enrolada de montão" (cobra).
d) "Beijo aqui, beijo ali, vivo voando num balé sem fim" (beija-flor).
e) "Sou inteligente e pareço sempre contente. Salto e nado sem parar, mas nem todos conseguem me tocar" (golfinho).
f) "De dia fico com as pernas para o ar, e a noite vôo para me alimentar" (morcego).
g) "Ao andar me balanço pra lá e pra cá" (pinguim).
h) "Com minha língua comprida busco comida no ar, meu corpinho é gelado, meu andar é só pular e saltar" (sapo)
Na mesma aula, o tempo restante será utilizado para fazer alguns destes movimentos escolhidos.
O restante dos movimentos escolhidos serão desenvolvidos na próxima aula.
Obs. 5: Como nosso objetivo aqui, também é ampliar o repertório dos (as) alunos (as) com conhecimentos de ginásticas e lutas que também utilizam estes movimentos, 2 (duas) aulas são suficientes para que eles (as) vivenciem imitem os animais decifrando as charadas.
2. Primeiro momento de vivência das charadas.
Os (as) alunos (a) serão conduzidos para local apropriado, com seus netbooks abertos nos arquivos de textos das respectivas charadas, para vivenciarem a Ginástica Animal da turma.
Ex: "Pulo, salto, escalo e me coço, sou sapeca, não me encosto" (macaco). Atividades de escaladas:

 e

3. Segundo momento de vivência das charadas.
Os (as) alunos (as) serão conduzidos (as) para local apropriado, com seus netbooks para fotografarem imagens engraçadas, e continuar a vivência da Ginástica Animal da turma.
Eles deverão salvar as imagens nos pendrives.
Ex 2: "Com minha língua comprida busco comida no ar, meu corpinho é gelado, meu andar é só pular e saltar" (sapo).
Atividade de saltos:

Aula 6, 7, 8 e 9: Pesquisa e prática de novas ginásticas
1. O (a) professor (a) solicitará que os (as) alunos (as) pesquisem na internet modalidades de ginástica e lutas que utilizam em seus rituais movimentos de animais, bem como identificar os motivos dessas utilizações. Posteriormente eles reunirão em grupo de cinco alunos (as).
Eles (as) devem socializar no grupo as ginásticas e lutas encontradas.
Cada grupo deverá escolher uma dessas modalidades para vivenciarmos com as seguintes condições:
a) Critério de inclusão: todos devem ter condições de participar (ninguém pode ser excluído), não necessitando, portanto, de pré-requisitos de conhecimentos técnicos.
b) Critério de viabilidade deve ser uma atividade possível de ser feita na escola, não requisitando, portanto, de novos materiais ou espaços físicos específicos.
c) Critério de temporalidade: dentre todas as atividades, eleger no mínimo três e no máximo cinco por ordem de prioridade, já que teremos apenas três aulas para vivenciarmos as modalidades eleitas.
2. Durante as aulas os (as) alunos (as) deverão refletir sobre suas práticas na atividade mediante princípios de convivências.
Exemplos de princípios de convivência das atividades mencionadas:
a) Todos (as) terão oportunidade de participar;
b) Evitar comentários que gerem constrangimentos;
c) Todos (as) devem esforçar-se para participarem com iniciativas, respeito e vontade;
3. Possibilidades de Ginásticas e Lutas que serão vivenciadas a partir da pesquisa na internet: (o que é e como fazer alguns movimentos?)
a) Ginástica Natural: o que é isso?
Definição no site:


Sugestões de vídeos:




b) Tai Chi Chuan: o que é isso?
Definição da Sociedade Brasileira de Tai Chi Chuan:


Sugestões de vídeos:




c) Yoga: o que é?
 Definição

Outra definição, Federação de Yoga/RS:

yoga 3

Sugestões de vídeos:




Obs. 6: Durante as práticas das aulas o (a) professor (a) deve garantir a mediação pedagógica de modo que os (as) alunos (as) reflitam sobre:
a) Quais os motivos de utilização de movimentos de animais nas ginásticas e lutas vivenciadas? (esforço físico, relaxamento, diversão, autoconhecimento, questões de espiritualidade)
b) Como eu me senti durante a vivência de determinada modalidade? (curioso, cansado, relaxado, preocupado com algo)
c) Houve alguma dificuldade de fazer a ginástica e/ou luta, diante do grupo? (constrangimento, inadequação espacial, pouco tempo para conhecer).
Aula 10: Roda de conversa sobre Ginástica Animal
1.O (a) professor (a) retomará a discussão da questão: bicho faz ginástica?
Deve ficar claro que embora os animais façam movimentos, eles não fazem ginástica pelos motivos já apresentados nas primeiras aulas (se necessário destacar novamente aqueles motivos).
2. Deverá ser feita uma síntese dos motivos pelos quais alguns movimentos de animais fazem parte dos movimentos e/ou rituais das modalidades estudadas.
3. Nesse momento, os (as) alunos (as) poderão esclarecer suas dúvidas que ficaram das práticas das aulas anteriores relacionadas à vivência das modalidades.
Recursos Complementares
Vídeos sobre Bioginástica:



Avaliação
1. O (a) professor (a) deve avaliar se houve um salto qualitativo, uma ampliação conceitual, em relação a noção inicial de ginástica que o (a) aluno (a) possuía no início da estratégia.
Garantir, também, que os (as) alunos (as) percebam e reflitam sobre as mudanças significativas que ocorrem na sua compreensão da ginástica.
2. O (a) professor (a) pode solicitar, ainda, que, na última aula, cada um preencherá um último registro, em que o (a) aluno (a) mencione, dentre outras questões, a modalidade ou algum movimento específico que foi mais marcante para ele (a).
O modelo abaixo sugere registros escritos.
No entanto, dependendo da fase de alfabetização que a turma se encontra, ele pode ser adaptado para registros em forma de desenhos.

Exemplo de Roteiro de Avaliação - os (as) alunos (as) preencherão os campos solicitados com palavras, expressões ou frases:

MODALIDADE PARA QUE USAM MOVIMENTOS DE ANIMAIS O QUE MAIS TE MARCOU
Ginástica Natural
Tai Chi Chuan
Yoga



Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios