BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, julho 06, 2012

Pais>Aula Meu pai é...>Literatura>07/07/12


Meu pai é ...
homenageando e aprendendo sobre as profissões

O que o aluno poderá aprender com esta aula
■Homenagear seu pai em comemoração ao Dia dos Pais;
■Conhecer e respeitar os diferentes tipos de organização familiar;
■Conhecer e valorizar diferentes tipos de profissões;
■Ampliar a expressão oral e corporal.

Duração das atividades
4 aulas de 60 minutos

Estratégias e recursos da aula
Atividade número 1: Aula de 60 minutos
Leve para a sala de aula a música:

PAPAI MEU CAPITÃO
Autor desconhecido

Papai meu papaizinho
Você é o capitão
Nesta casa de alegria
Comandando o batalhão
Gosto muito de você
Você é meu amigão
Vou lhe dar o meu abraço
E também o meu beijão

Cante a música no ritmo de: Ciranda, cirandinha.

Use algumas variações substituindo a palavra CAPITÃO por outras palavras de acordo com o que as crianças pensam dos pais (por exemplo: herói, amigo, ídolo, etc).
Para que as crianças aprendam a letra da música é importante fazer a brincadeira do “repeteco”. Professor proponha às crianças que repitam o que você fala da seguinte forma:
“Eu falo e vocês repetem tá?”
As crianças repetem a letra pelo menos umas três vezes falando, depois cantando no ritmo de ciranda cirandinha.
 Ao cantar, você professor, pode combinar com as crianças que façam gestos de acordo com a letra da música: abrir os braços, fazer sinal de continência, encostar as pontas dos dedos imitando o telhado, marchar batendo os pés no chão, mandar beijos etc.
Depois de cantarem e brincarem com a música peça às crianças que desenhem seu pai e tentem escrever o nome dele.
Construa com elas o mural “Meu pai é assim” e afixe os desenhos de todos.

Atividade número 2: aula de 60 minutos
Faça fichas escritas com o nome do pai de um lado e da criança do outro lado.
Cole no quadro da sala ou leve para a rodinha.
Peça às crianças que peguem a ficha com o seu nome e tente identificar o nome que está do outro lado da ficha. (momento de identificação e reconhecimento da escrita).
Depois que todas identificarem (professor ajude as crianças que não conseguirem) converse um pouco sobre a importância dos pais em nossas vidas.
E reforce a idéia de que o papai faz parte de nossa família.

Atividade número 3: aula de 60 minutos
Leve para a Sala a História “Uma família parecida com a da gente” de Rosa Amanda Strausz.
O livro compara formas de organização familiar dos animais com as dos seres humanos e é um bom recurso para explorar as diferentes formas de composição familiar.
Depois de contar a história para as crianças faça a seguinte indagação:
 “Nessa história, cada bicho tem uma família diferente. Nesse ponto, eles se parecem com a gente?”
E você professor, pode aproveitar o trabalho com o dia dos pais para abordar as diferentes formas de organização familiar do grupo.
Faça um gancho da idéia do livro com o trabalho de cada pai e converse com as crianças sobre as profissões.
Pergunte a elas qual é a profissão do papai e peça-lhes que o desenhem no trabalho.
Junte essa atividade ao desenho inicial feito pelas crianças no mural só que agora com o nome “Profissão do papai”.

Uma família parecida com a gente
Rosa Amanda Strausz

Cada bicho tem uma família diferente. Neste ponto, eles parecem com a gente.
Quando a gazela tem seus filhotes, ela fica com eles o dia inteiro. É o macho quem sai e traz comida para toda a família.
É como a família do André. Ele têm três irmãos. A mãe dele não trabalha fora, fica em casa cuidando dos filhos. O pai dele vai trabalhar todos os dias e só volta à noite.
O tio do André tem muitos cachorros. No começo, só tinha dois: a Lady e o Sultão.
Primeiro, a Lady e o Sultão tiveram quatro filhotes. O tempo passou, os filhotes cresceram. Lady e Sultão continuavam morando no mesmo quintal. Mas não gostavam mais de ficar juntos.
Mais tarde, o tio do André ganhou mais dois cachorros: o Totó e a Filó.
E sabem o que aconteceu?
A Lady se casou com o Totó e o Sultão com a Filó.
A Lady e Totó tiveram mais três filhotes.
Sultão e Filó tiveram mais dois.
Hoje, cada um tem sua casa no quintal da casa do tio do André. Eles se encontram a toda a hora, mas ninguém briga. São todos amigos.
Eles se parecem com a família do Pedro.
O pai e a mãe do Pedro se casaram e o Pedro nasceu. Tempos depois, eles se separaram.
Mais tarde, a mãe do Pedro casou-se de novo com o Olavo e teve uma filha: a Julinha.
O pai do Pedro casou-se com a Dorotéia e nasceu o Henrique.
Todos eles moram no mesmo bairro.
Pedro gosta muito de Julinha e de Henrique, seus meio-irmãos.
Perto da casa do Pedro tem uma árvore com um ninho de passarinho.
Ele viu quando a passarinha e o passarinho fizeram o ninho juntos. Depois, a passarinha saía todo o dia para buscar comida para eles. Depois, ela voltava, os alimentava, cuidava deles e os aninhava debaixo das asas para que dormissem no macio.
A família dos passarinhos é como a do Eduardo e da Cris.
O pai e a mãe deles se separaram. Os dois moram com a mãe.
A mãe do Eduardo e da Cris trabalha fora. Ela sai de casa todo dia bem cedo e só volta à tardinha.
Quando ela chega, abraça os filhos, cuida deles e os bota para dormir.
O Eduardo e a Cris moram em uma casa com quintal e têm uma gata chamada Mimi.
Mimi conheceu um gato, ficou grávida e teve cinco gatinhos. O gato sumiu pelos telhados e conheceu outra gata. Mas sempre volta para visitar Mimi.
A história de Mimi e seus filhotes é parecida com a de Carla e sua filha Renata.
Carla e o marido se separaram quando Renata ainda era bebê. O pai de Renata casou-se de novo com outra mulher e teve outros filhos.
Mas sempre visita Carla e Renata. Ele gosta muito de sua filha e a leva para passear todos os domingos.
Num desses passeios, ele levou Renata ao Jardim Zoológico. Lá, ela viu as emas.
Seu pai explicou que, quando as emas ficam grávidas, elas botam seus ovos no ninho e vão embora. Quem fica chocando os ovos e cuida dos filhotes depois que eles nascem é o macho.
É como aconteceu com o Felipe e a Luiza. Quando os pais deles se separaram, Felipe e Luiza ficaram morando com seu pai. É ele quem cuida dos dois, leva para a escola, dá banho e jantar.
Um dia, o pai de Felipe e Luiza levou para casa um vídeo sobre leões.
Eles viram que, depois que nascem os filhotes, o leão e a leoa saem juntos para caçar. Os leõezinhos não ficam sozinhos porque eles vivem em bandos. Tem sempre algum adulto por perto para cuidar deles e outros filhotes para brincar.
A família dos leões é como a da Ana e da Alice. O pai e a mãe delas trabalham fora.
Enquanto eles estão na rua, as meninas ficam na escola, junto com outras crianças e pessoas que cuidam delas.
À noite, o pai e a mãe voltam para casa. Todos jantam e ficam juntinhos até a manhã seguinte, quando começa tudo de novo.
Ainda existem muitos outros bichos no mundo, com famílias diferentes.
E sua família? Com qual se parece?
Com alguma dessas? Com mais de uma? Com nenhuma?
Se não tiver um bicho para ela, procure ou invente.
Afinal, sempre tem uma família que parece com a gente.


Contação da história


Vejam aqui outra aula com esta história:
Uma família parecida com a da gente:
descobrindo os diferentes modelos de família da vida moderna


Aqui você encontra uma apresentação em  PPS desta história

Aqui você encontra outras atividades desta história

Atividade número 4: aula de 60 minutos
Para encerrar as atividades, marque na escola um dia para homenagear os pais e convide-os. Nesse dia faça um Desfile de moda do “papai”.
Como preparar: cada criança deve trazer peças marcantes do vestuário do pai para se “vestir de papai” e desfilar no dia do encontro.
 As peças podem estar relacionadas ao que o papai gosta de usar ou à profissão do papai (exemplo: camisa, gravata, calça, capacete, utensílios do trabalho etc).
A passarela do desfile será demarcada com giz, fita crepe, cordão ou outro material, e decorada com flores e com os trabalhos produzidos pelas crianças.
Com a ajuda dos educadores, as crianças se vestem de papai e desfilam sob o anúncio do apresentador.
Por exemplo: “Entrando na passarela o papai João de Souza.
Ele usa uma jaqueta de couro com calça jeans... Palmas para ele!”
Caso a criança não queira participar do desfile, não a force.
Essa atividade foi adaptada do livro: Yogi, Chizuko Aprendendo e Brincando com Música e com jogos. Vol. 1. Belo Horizonte: Fapi, 2003.

Recursos Complementares
Outras possibilidades de músicas para essa aula:
“Papai, papaizinho” Grupo Olá. A letra é a seguinte:

PAPAI, PAPAIZINHO
VOU TE EMBALAR, PRA LÁ, PRA CÁ
BEM DE MANSINHO FECHA OS OLHINHOS
VOU TE CONTAR UM SEGREDINHO
QUANDO EU CRESCER E QUANDO FORES, VELHO, VELHINHO
VOU TE QUERER PROTEGER
E DAR-TE SEMPRE MUITO CARINHO
E DAR-TE SEMPRE MUITO CARINHO


Rock do Papai
Leonardo André
Composição: Leonardo André

I
Papaizinho, papaizinho
Hoje eu quero lhe dizer
Com um sorriso bem bonito: Como eu gosto de você
Papaizinho, papaizinho
Nunca me abandone não
E eu te entrego de presente Todo o meu coração
II
Papaizinho, papaizinho Hoje eu quero te aplaudir
E falar da alegria Por você estar aqui
Meu herói, meu companheiro Você é muito legal,
Tão sincero e verdadeiro Meu amigo mais leal
III
Até quando está longe Eu te amo mesmo assim
Pois eu sei que onde estiver
Sempre pensará em mim
E por isso, nesse dia, Quero te homenagear
Com aplausos e abraços
E pra sempre te amar....

Avaliação
Professor, em seus registros diários coloque as reações das crianças em cada etapa das atividades. Observe o comportamento das crianças durante os diálogos sobre os pais, a expressão oral e corporal, bem como dos preparativos da exposição. Dependendo do envolvimento da criança, você saberá como é a relação da criança com o pai e poderá ter elementos para intervir tanto com a criança quanto com a família.





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios