BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quinta-feira, agosto 16, 2012

O folclore como elemento da poesia> Manuel Bandeira> 16/08/12

O folclore como elemento da poesia


Autor: wendell de freitas amaral
O que o aluno poderá aprender com esta aula
Ler poemas de Manuel Bandeira;
- estabelecer relações entre um texto literário e uma outra manifestação cultural;
- identificar as imagens poéticas relacionadas ao folclore brasileiro;
- identificar as imagens poéticas relacionadas ao imaginário coletivo;
- reconhecer os efeitos de sentido na construção das imagens poéticas;
- relacionar características discursivas e ideológicas ao contexto histórico de produção, circulação e recepção.
Duração das atividades
3 aulas de 50 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Habilidades básicas de leitura e escrita.
Estratégias e recursos da aula
Professor, esta aula foi planejada para os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental, e terá como suporte alguns poemas de Manuel Bandeira que abordam cantigas e personagens de lendas do folclore brasileiro.
A possibilidade de utilização da linguagem coloquial e a valorização da cultura regional brasileira, como temas centrais no Modernismo, levam Manuel Bandeira a recordar a infância e valorizar a cultura primitiva, ligada ao folclore e à tradição popular brasileira.
A intenção aqui é verificar se esse conhecimento foi ou não adquirido pelas crianças de uma era tecnológica e de um contexto, predominantemente, urbano e industrial.
 É possível que essa cultura popular tenha chegado a elas através de seus ancestrais, mas, também é possível que em alguns casos haja o desconhecimento dessas brincadeiras e histórias orais.
 Sendo assim, o conhecimento adquirido com os poemas de Bandeira e as relações dos textos com outras manifestações folclóricas poderá despertar nelas o interesse pela tradição popular.







Atividade 1
Converse com seus alunos sobre a tradição das cantigas de roda e das lendas.
 Compostas e modificadas ao longo do tempo por autores populares e anônimos, elas são criações que passam a pertencer ao imaginário coletivo, de diversos povos.
Peça para seus alunos citarem as cantigas e lendas folclóricas que conhecem e para explicarem para os colegas como aprenderam, através de quem ou em que espaço social: família, escola, em brincadeiras de rua, em livros, na tv etc.
Explique que alguns personagens do folclore e algumas cantigas serão o tema desta aula, e que para cumprir os objetivos desejados eles (os alunos) serão muito importantes ao demonstrar o que sabem sobre o folclore.
(1) Para iniciar a pesquisa dos textos de Manuel Bandeira, indique o poema Berimbau:


(2) Converse com os alunos e peça para explicarem o efeito causado no ato da leitura pela sonoridade do poema apoiada na repetição de consoantes (aliterações - ex: "o boto bate - bite bite...") e nas repetições de vogais tônicas (assonâncias - ex: "a mameluca é uma maluca") além das imitações dos sons e das "vozes" dos seres mitológicos (onomatopéias - ex: Chama o saci: - Si si si si!/ - Ui ui ui ui ui! uiva a iara").
(3) Para a visualização desta expressividade sonora, indique aos alunos o vídeo da apresentação da letra do poema pelo Coral da UFJF:


(4) Organize um coro com toda a turma para que eles mesmos possam representar essa rica sonoridade do texto de Manuel Bandeira.
(5) Indique a pesquisa de outro poema de Bandeira, intitulado Lenda Brasileira:


(6)Peça aos alunos para identificarem os seres mitológicos do folclore presentes nos poemas.
(7) Para conhecerem melhor esses seres, indique a pesquisa dos seguintes verbetes:










(7) Indique para os alunos os seguintes arquivos de vídeo:









(8) Divida a turma em quatro grupos, cada grupo com um ser mitológico, e peça para compararem as definições dos verbetes com os vídeos acima e depois apresentarem aos colegas os resultados.
Atividade 2






Para a segunda atividade:
(1) Indique para seus alunos uma pesquisa de poemas de Manuel Bandeira que incluem referências às cantigas folclóricas:





(2) Indique para os alunos a pesquisa das cantigas de roda, listadas abaixo:









(3) Divida a turma em quatro grupos.
(4) Sorteie um poema para cada grupo.
(5) Peça para fazerem a leitura oral do poema para a turma e cantarem a cantiga correspondente.
(6) Após as leituras e cantos, debata com seus alunos procurando extrair deles as conclusões sobre as relações entre os textos.
Quais os efeitos de sentido, as variações temáticas e as manifestações de cada cantiga na vida de cada um (se conheciam, através de quem, quais as mais divertidas e se souberem outras permita que demonstrem o que sabem).
Atividade 3
Para a terceira atividade:
(1) Indique para os alunos os seguintes poemas de Manuel Bandeira:


(2) Após a pesquisa e a leitura, debata com seus alunos sobre os efeitos de sentido do poema:
a. Como interpretam?
b. Qual aspecto da linguagem é predominante: o significado ou o som?
c. Que referências folclóricas estão presentes no texto?
(3) Pergunte aos alunos se conhecem uma brincadeira com o mesmo nome do poema. Caso não saibam explique para eles como se brinca:
A brincadeira se chama Boca de Forno ou Faz o que o mestre mandar?
a. Nesta brincadeira uma pessoa é eleita "o senhor", "o chefe", "o amo" ou "o mestre".
b. Esta pessoa é quem dá as ordens na brincadeira, os demais cumprem essas ordens.
c. A pessoa que comanda a brincadeira dá as ordens a todos, esta ordem tem o objetivo de achar um determinado objeto, caso uma criança não traga o objeto pedido ela é obrigada a pagar uma prenda, que pode ser dançar uma música, imitar um bicho engraçado ou outra da escolha do "mestre" (o professor pode coordenar a brincadeira e dar opções de prenda).
d. A brincadeira começa com as seguintes ordens ditas pelo "mestre", podendo variar de uma região para outra do Brasil:
Mestre: "Boca de Forno"
Crianças: "Forno (é) "
Mestre: "Faz o que eu mando?"
Crianças: "Faço"
Mestre: "Se não fizer?"
Crianças: "Toma bolo"
e. Então o "mestre" manda que as crianças tragam um objeto, por exemplo. (Neste caso, o professor pode orientá-los a pedir coisas ou explicações sobre o conteúdo estudado).
Recursos Complementares
BANDEIRA, Manuel. Berimbau e outros poemas. 3ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.
BANDEIRA, Manuel. Estrela da vida inteira. 20ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1993.








Avaliação
Professor, para a avaliação indique pesquisa e a leitura do poema Trem de Ferro, de Manuel Bandeira:




Em seguida, indique a pesquisa e a leitura da cantiga de roda "trem de ferro":




Leia com os alunos os dois textos obedecendo ao ritmo sugerido pelas palavras.
Questione-os sobre a relação de sentido entre o som das palavras, o título e o texto (deverão perceber o ritmo de viagem de um trem, ora lento, ora rápido).
Peça para ilustrarem os textos




Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios