BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, novembro 30, 2012

Meu encontro com Papai Noel> Estímulos Natalinos> 30/11/12


Natal original

Nessa pequena narrativa, Walcyr Carrasco chama a atenção para uma figura que em geral fica em segundo plano nas histórias de Natal: a dos homens que se fantasiam de Papai Noel em pleno
calor tropical, com a esperança de ganhar alguns trocados a mais.
Essa singela narrativa segue na contramão da euforia consumista estimulada pela publicidade todos os fins de ano: é a trajetória de um garoto ávido por presentes que modifica sua postura ao se deparar com a realidade da desigualdade social brasileira.

Papai Noel existe?
É claro que existe!
Existe nos filmes, nos cartazes, nos papéis de presente...
Existe na imaginação de milhões de crianças, existe na realidade de milhões de fabricantes, de lojistas, de consumidores.
E é deste último Papai Noel que fala este livro.
Aquele homem que se fantasia de Papai Noel, que fica nas lojas e nas ruas enfeitando nosso Natal e que volta, depois, à sua realidade modesta.
Mais um lindo texto do Walcyr Carrasco. Mais um lindo trabalho de ilustração de Silvana Rando.
Meu encontro com Papai Noel.
Walcir Carrasco
Ilust.José Carlos de Brito

Neste livro um menino, cansado de receber presentes diferentes do que ele havia pedido, seguiu Papai Noel assim que a loja fechou.
Encontrou uma casa tão pequena e um Papai Noel tão cansado que disse ao velhinho que não precisava se preocupar com ele.
Quando voltou para casa o garotinho contou a história aos pais, que decidiram levá-lo à loja para que ele escolhesse um presente de Natal.
Objetivo: Mostrar como o autor aborda o tema natalino de maneira original.
Início:
A palavra Natal lembra o quê?
" Vocês já repararam qu ecertas ideias e imagens se tornaram banais, comuns, quando falamos em Natal? Elas sempre são citadas pelas pessoas: árvore, presente, presépio...
Vamos experimentar algo novo: Vou contar uma história de Natal, sobre papai Noel, ma so jeito do escritor contá-la é completamente diferente do que costumamos ouvir sobre sste tema."
Vejam nas páginas a sequência das atividades:






Escrever e criar...Uma nova proposta
Ruth Rocha/Anna Flora
Editora FTD
A história...
Fazia um tempão que eu andava preocupado com meus presentes de Natal.
Vocês sabem, a gente fica o ano inteiro pedindo coisas pro Papai Noel mas, na hora H, parece até que ele leu a carta errada!
A gente pede um navio, ele dá uma camisa. A gente pede um carro de verdade, ele traz um desse tamaninho.
Pra mim então, o Papai Noel só dava presente que a minha mãe gostava.
Ela sempre dizia: - Que coisa linda! Que sorte você tem!
Aí teve um dia que eu resolvi falar pessoalmente com Papai Noel.
- Por que você não escreve uma cartinha?- perguntou mamãe.
- Ah! Não, dessa vez eu vou garantir o meu presente. Quero um cavalo de corrida!
Você e o texto:
Releia o texto e responda:
- Para você, o que significa o Natal?
- Quais são as palavras no texto que indicam que o personagem é um menino?
- O que quer dizer “hora H “ no texto?
- Na sua opinião, por que recebemos presentes que não pedimos?

Mais atividades
Antes da leitura:
1. O título do livro, Meu encontro com Papai Noel, já antecipa a temática da história. Proponha uma conversa: quais crianças acreditam em Papai Noel? Como visualizam o personagem?
2. Leia com a turma o texto da quarta capa, que comenta que Papai Noel existe – ao menos em filmes, cartazes, papéis de presente, na imaginação das crianças e na realidade de fabricantes de brinquedos, lojistas e consumidores. Discuta um pouco com as crianças essa conexão entre a fi- gura do bom velhinho e a nossa sociedade de consumo.
3. Ainda a partir do texto da quarta capa, estimule-as a criar hipóteses a respeito do desenrolar da narrativa.
4. Leia com seus alunos a seção “Autor e Obra”, escrita por Ruth Rocha, para que conheçam um pouco mais a respeito do universo de Walcyr Carrasco.
Durante a leitura:
1. Proponha que a classe verifi que se as hipóteses levantadas a respeito da narrativa se confi rmam ou não.
2. Diga a seus alunos que procurem notar como a visão do personagem-narrador em relação ao Papai Noel se modifi ca no decorrer da narrativa.
3. Veja se notam como o narrador, cujo nome não sabemos, em muitos momentos se dirige diretamente ao leitor, como se conversasse com ele, contando com a sua cumplicidade.
4. Peça que atentem para o uso que o autor faz da pontuação – observe se percebem o uso frequente das exclamações.
5. Sugira aos alunos que procurem observar os diferentes espaços em que a ação se passa: casa do menino, entrada de loja de departamentos, casa do Papai Noel.
6. Estimule-os a reparar nas ilustrações do livro, procurando perceber relações entre texto e imagem.
Depois da leitura:
1. Proponha aos alunos que realizem uma pesquisa a respeito da fi gura do Papai Noel. Como ele surgiu? Quais são seus muitos nomes? Quando adquiriu a sua emblemática roupa vermelha e branca? Qual a origem da tradição que reza que Papai Noel entra nas casas pela chaminé? Sugira que também pesquisem a história de São Nicolau, o santo que deu origem a esse famoso personagem.
2. Promova uma conversa com as crianças sobre como costumam comemorar o Natal com suas famílias. Seus pais dão importância a essa data? Há trocas de presentes?
3. Uma das mais famosas histórias de Natal já escritas é a Canção de Natal, de Charles Dickens, que narra como o avarento e ranzinza Ebenezer Scrooge transformou sua vida depois de entrar em contato com os três Espíritos do Natal. Leia o conto em voz alta para a turma – como é um texto longo e um tanto complexo para as crianças, pode ser uma boa ideia ler um pequeno trecho a cada aula e, em seguida, comentá-lo com a participação de todos. Indicamos a tradução de Heloisa Jahn, publicada pela Companhia das Letras.
4. Seus alunos certamente gostarão de saber que o protagonista do Conto de Natal de Dickens serviu de modelo para que Walt Disney criasse um de seus mais famosos personagens, o Tio Patinhas – em inglês, Uncle Scrooge. Proponha que as crianças pesquisem e leiam histórias em quadrinhos em que o personagem apareça, e comparem o pato avarento de Walt Disney ao protagonista do conto original. Em seguida, assista com eles à animação que a Walt Disney criou a partir do conto de Dickens, O conto de Natal do Mickey, com, é claro, o Tio Patinhas no papel principal. Distribuidora: Buenavista.
5. A noite de Natal serviu de pano de fundo para que Tchaikovsky criasse um de seus mais famosos balés: O quebra-nozes.
Em seguida, se possível, assista com as crianças à montagem do famoso Ballet Kirov, distribuída pela Universal, ou a do Royal Ballet de Londres, distribuída pela Movieplay, ambas com o título da obra em inglês, The Nutcracker.
6. Boas festas, uma das mais famosas canções de Assis Valente, compositor entre os mais originais da música brasileira, usa a imagem da espera por Papai Noel como metáfora para o anseio inútil por uma felicidade que nunca chega. Ouça a canção com seus alunos, entregando-lhes uma cópia da letra, disponível no link http://letras.terra.com.br/assis-valente/221595/  para que possam acompanhar a audição.
Em seguida, discuta a respeito do conteúdo da letra com seus alunos – e veja se percebem como a melodia, aparentemente alegre, evoca uma tristeza latente.
7. Se a época de Natal estiver próxima, proponha que seus alunos realizem uma entrevista com um Papai Noel de loja, um desses homens que, como o personagem do livro, se fantasia de Noel para ganhar uns trocados a mais. Em primeiro lugar, ajude-os apreparar uma lista de perguntas a respeito do modo de vida dessa pessoa; em seguida, sugira que testem a mídia que utilizarão para registrar a conversa, verifi cando se a gravação é inteligível. Uma vez realizadas as entrevistas, peça que transcrevam a conversa procurando preservar ao máximo o modo de falar do entrevistado – podem ser incluídas rubricas indicando o seu comportamento, tais como: ri, tosse, bebe um copo de água etc.
8. Solicite que seus alunos escrevam um texto narrativo, em primeira pessoa, relatando o dia de Natal de um desses homens que trabalham fantasiados de Papai Noel. Caso as crianças tenham conseguido realizar as entrevistas, sugira que as utilizem como base para sua criação fi ccional. Se não, deixe que façam uso de sua imaginação, colocando-se no lugar dessas pessoas.

Desdobramento

Natal
Sonhei, que este Natal
A guerra ia acabar
Que os homens uniram-se para semear a paz.
Sonhei que a fome e miséria
Não mais existira
Que em todos os lares
Havia pão, água,... e amor
Para que o Natal não fosse sinônimo de dor.
Sonhei que todas as crianças
Poderiam ter um brinquedo,
Para brincar e partilhar
Com todos os seus amigos.
Que o Natal seja para todos
Fonte de verdade e amizade em todos os corações.
Um sonho especial

Atividades:

DEZEMBRO 2008
DOM SEG TER QUA QUI SEX SAB
01 02 03 04 05 06
07 08 09 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31



1-Depois de ler com atenção a poesia , observe o calendário e
responda:
- Qual é o mês indicado no calendário?
- Qual é a data mais importante comemorada neste mês?
- Circule no calendário o dia que se comemora este acontecimento:
- Quais são os dias do mês que caem no domingo?
- Quantos sábados há neste mês?  







Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios