BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, junho 17, 2013

Comemorando o dia do livro infantil>Estímulo à leitura > Brincar com o acervo > 17/06/13


Incentivo e estímulo à leitura
Trazendo para a sala de aula
o gosto pela leitura
Mediador de leitura


Repertório de atividades


Brincar com o acervo é uma forma de propiciar o contato prazeroso da criança e do adolescente com o livro, incentivando que se aproximem da biblioteca aos poucos e possam ir se apropriando dos livros de outra forma.

A seguir, temos algumas brincadeiras e atividades que podem ser feitas através do acervo.

A partir dos exemplos, certamente você lembrará outras brincadeiras que podem ser desenvolvidas.
 Use a criatividade para adaptá-las aos livros e ouse brincar!


1. BRINCADEIRADA PENEIRA (fonte: Rodas e Brincadeiras Cantadas)
Material: livros de poesias, versos e rimas; peneira (pode ser substituída por cesta ou caixa); letra da música.
Peneira (Jacqueline Baumgratz e Celso Pan)


Passa a peneira menina
Menino vem peneirar
Diga um verso com rima
Quando a peneira parar
Peneira, peneira, peneira a passar
Peneira, peneira, quando a peneira parar (refrão)


Sugestão de como brincar: todos, em roda, cantam a música e, ao mesmo tempo, vão passando uma peneira cheia de versos.
Quando a música parar, a pessoa coloca a peneira na cabeça e recita um verso; se não souber pode pegar um verso de dentro da peneira. Após recitar a brincadeira prossegue. Os demais que estão na roda marcam a música na palma da mão.
Nota 1: o facilitador ou mediador que conduz a brincadeira determina o momento de parar a canção, ou seja, ele decide quantas vezes o refrão será repetido e quem ficará com a peneira na mão.
Nota 2: uma variação desta brincadeira é a batata-quente. A batata é um livro de poesia e quando queimar a pessoa deverá ler um verso do livro.


2. IMAGEM E AÇÃO DE LIVROS
Material necessário: lápis; papel; cronometro; acervo de livros.
Sugestão de como brincar: dividir o grupo em duas equipes.
Cada pessoa tem dois minutos para desenhar para seu time o nome de um livro do acervo.
 É proibido falar, escrever letras e números, fazer gestos ou mímicas.
Os únicos instrumentos que o jogador terá a disposição são um lápis e um papel para desenhar.
Nota: a escolha do nome do livro pode ser feita através de sorteio ou determinada por alguém da equipe “adversária”.


3. MÍMICA
Material necessário: acervo de livros.
Sugestão de como brincar: dividir o grupo em duas equipes.
 Cada pessoa tem dois minutos para, através de mímicas, levar seu time a descobrir o nome de um livro do acervo. É proibido falar ou escrever. É preciso fazer gestos ou mímicas.
Nota: a escolha do nome do livro pode ser feita através de sorteio ou determinada pela equipe “adversária”
 
4. ESCONDE-ESCONDEDE LIVROS
Material: acervo de livros.
Sugestão de como brincar: cada criança pega seu livro preferido e entrega nas mãos do educador.
 A regra da brincadeira é cada um achar seu livro favorito que será escondido pelo educador em um determinado espaço do abrigo.
Nota 1: o educador pode, no final da brincadeira, fazer a mediação do livro que foi achado primeiro.
Nota 2: uma variação desta brincadeira é o grupo ser dividido em duas equipes e cada equipe esconder os livros escolhidos pela equipe “adversária”.


5. MEMÓRIA
Material: acervo de livros
Sugestão de como brincar: após ouvir a mediação pedir que cada um, sem dizer em voz alta, lembre de uma palavra que veio à cabeça durante a leitura (não tem palavra certa ou errada!).
 Um de cada vez irá contar ao grupo sua palavra, mas antes disso deve repetir em ordem as palavras ditas anteriormente pelos colegas.
Nota: o primeiro participante apenas conta sua palavra.
O segundo repete a palavra do primeiro e acrescenta uma palavra.
 O terceiro repete a do primeiro e a do segundo e diz a sua. Assim por diante. O último irá repetir todas as palavras e, finalmente, contar a sua.
 
6. VAMOS ACHAR UM LIVRO QUE...
Sugestão de como brincar: espalhe todos os livros do acervo sobre um tapete.
As crianças devem ficar circulando pela sala e ao comando do educador “vamos achar um livro que...” elas devem procurar um livro que corresponda ao pedido.
 Os comandos podem ser variados, como por exemplo: vamos achar um livro que fale de amizade, vamos achar um livro que se chama “História de Pedro”, vamos achar um livro em que o monstro come o menino, vamos achar um livro que tem uma bruxa como personagem...
Nota: é importante que o educador tenha conhecimento sobre o acervo para conseguir dar os comandos.


7. QUE LIVRO SUMIU?
Sugestão de como brincar: Coloque dez livros enfileirados na frente do grupo de crianças e peça para que prestem atenção em todos eles. Peça para que virem de costas, retirem um e deixe que descubram qual livro sumiu. Pode se repetir por três ou quatro vezes.


8. CAÇA AOS TESOUROS LITERÁRIOS
Sugestão de como brincar: Crie 5 pistas que levem as crianças de um livro para outro, escondendo-as sempre na primeira página do livro.
Os livros já devem ser conhecidos para que as crianças possam decifrar as pistas. Somente o último livro, que é o tesouro, é ainda desconhecido.
Trata-se de uma maneira bastante lúdica de introduzir novos livros.
Pistas sugeridas:
• Um menino e uma menina são melhores amigos. São muito diferentes e também contentes.
Casas em árvores sabem fazer, e assim crescer (Pedro e Tina).
• Há uma história famosa, comumgrande vilão.Mas ficamais gostosa, comumanova versão. A verdadeira??? ( A Verdadeira História dos 3 Porquinhos).
• Segredossãoguardados e assimpodemficar.Masse sãomuitopesados,podematé nos afundar.
Tem uma Ilha que descobriu isso e pode assim nadar... (A Menor Ilha do Mundo)
Nota: deixe a sua imaginação criar novas pistas!
Os adolescentes são ótimos para nos ajudar nesta tarefa.


9. ESCRAVOSDE Jó COMOS LIVROS
Sugestão de como brincar: Forma-se uma roda e cada pessoa tem um livro em suas mãos. Todos cantam a canção, e para cada verso, há um comando:
Escravos de Jó jogavam caxangá. (passando o livro para a pessoa à direita)
Escravos de Jó jogavam caxangá. (passando o livro para a pessoa à direita)
Tira. (levanta o livro com as mãos, tirando-o da roda)
Põe. (volta o livro para dentro da roda, colocando-o no chão com as mãos)
Deixa ficar... (tira as mãos, deixando o livro ficar no chão)
Guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá. (balança o livro, para os dois lados)
Guerreiros com guerreiros fazem zigue-zigue-zá. (balança o livro para os dois lados).
 
Formando mediadores de leitura


Qualquer pessoa pode ser um mediador de leitura, basta ter interesse e vontade.
Não há como forçar uma pessoa que não gosta de livros e de leitura a ser um mediador.
Neste caso, o primeiro passo é encantar os adultos com o universo da literatura.
Assim não só voluntários, mas também todos aqueles que trabalham no abrigo podem se interessar pelo papel de colaborador do projeto, sentindo-se preparados para se envolverem em ações que ajudem a incorporar momentos de leitura na rotina da casa.
O Fazendo Minha História sistematizou uma série de atividades que visam a sensibilizar e a capacitar as pessoas para exercer essa função de mediador de leitura.
Entendemos como fundamental, sensibilizar os adultos a terem uma relação de prazer com o livro.
Em seguida, compartilhamos nosso cardápio de atividades de formação, que pode e deve ser adaptado e ampliado, de acordo com a realidade de cada grupo.
 Estas, entre outras tantas ações, ajudam o adulto a se aproximar do universo literário de forma prazerosa.
 
DESCOBERTA DE MEDIADORES
Vamos lá?
• A partir de um grupão, formam-se pequenos grupos e a seguinteproposta é feita:
Pense em uma pessoa que foi responsável pelo falto de você aprender e gostar de algo.
 Algo que você tenha aprendido de forma prazerosa através de alguém.
Pense nas qualidades que aquela pessoa tinha que faziam com que os encontros fossem prazerosos, independentemente da atividade realizada.
Conte no pequeno grupo sobre sua experiência.
• Em seguida, cada grupinho escolhe uma história para compartilhar nogrupão.
• Nogrupão,adiscussãopodecaminharatravésdasseguintesperguntas:O que é um mediador?
Como se faz a ponte, apresenta, facilita, aproxima, incentiva, atrai uma pessoa para determinado tema?
 Em que medida os afetos estão envolvidos na relação do mediador com a criança/adolescente/adulto?
Sabe por quê?
Por que a vivência da experiência é o melhor caminho para apresentar o conceito de mediação.
 À medida que as pessoas podem perceber que houve pessoas importantes que mediaram seu contato com algum tema, elas podem entender o que é ser um mediador e quais são as qualidades necessárias para tornar-se um mediador.
Geralmente, há um vínculo especial entre a pessoa e o mediador, seja de admiração, carinho, respeito, etc.
 
RODA DE  HISTÓRIA
Vamos lá?
• Dispor o acervo de forma acessível para todos e deixar aproximadamente 20 minutos para a exploração: orientar aos participantes que este é o momento para explorarem o acervo e conhecerem os livros que o compõem, ou seja, para olhar, folhear, ler, etc.;
• Pedir que cada umescolha umlivro que deseja ler e organizarrodasde histórias com 3 a 4 participantes;
• Pedirparaque cadaumconteumahistória.
• Em seguida, os grupos comentam quais os tipos de histórias queforam contadas, de qual cada um mais gostou e porquê.
• No grupão, cada grupo pode contar umpouco de sua experiência.
Adiscussão pode caminhar através das seguintes perguntas: o que faz alguém gostar de um livro?
De que forma o mediador incentiva o interesse de alguém por determinado livro?
É gostoso ouvir histórias?
Como? É gostoso ler histórias para os outros?
Sabe por quê?
Porque todos nós gostamos de histórias, uma vez que todas falam da condição humana.
Cada livro toca uma pessoa em um ponto diferente, e isso que é o mais interessante de se ler em grupos. Uma pessoa pode gostar de um personagem, outra da ilustração, e uma outra pode se encantar com a forma pela qual esta história foi contada. É agradável contar e ouvir histórias.
Gostamos desta possibilidade de relação e precisamos favorecê-la.
Os livros são os mais antigos portadores de histórias e através deles podemos visitar outros lugares, revisitar a nossa história e imaginar outras realidades.


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios