BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, julho 03, 2011

Avós > Muitas atividades> Projeto - 03/07/11



HOMENAGEM À FIGURA DOS AVÔS
Autor: Glória Maria de Oliveira
Co-autor(es) : Miriam Abduche Kaiuca; Simone Alencastre Rodrigues

Estrutura Curricular:
Alfabetização
Dados da Aula:
O que o aluno poderá aprender com esta aula:
■Identificar a figura dos avôs enquanto formadores da sua família;
■Valorizar o conhecimento trazido pelos mais idosos;
■Refletir sobre a sua família;
■Respeitar a formação familiar dos indivíduos;
■Traçar comparações entre os diferentes avôs;

Duração das atividades:
Quatro aulas com duração de 50 minutos cada.

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno:
Conhecer os nomes dos avós maternos e paternos.
Identificar a nomenclatura familiar.

Estratégias e recursos da aula:
A professora conversa com a classe sobre avós, pergunta quantos os tem vivos.
Explica que no dia 26 de julho é comemorado o seu dia, partilha com eles esse texto informativo extraído do Portal da Família, Internet.
DIA DOS AVÓS
O PAPEL DOS AVÓS NA FAMÍLIA VAI MUITO ALÉM DOS MIMOS DADOS AOS NETOS, E MUITAS VEZES ELES SÃO O SUPORTE AFETIVO E FINANCEIRO DE PAIS E FILHOS.
POR ISSO, SE DIZ QUE OS AVÓS SÃO PAIS DUAS VEZES.
AS AVÓS SÃO TAMBÉM CHAMADAS DE "SEGUNDA MÃE", E OS AVÔS, DE "SEGUNDO PAI", E MUITAS VEZES ESTÃO AO LADO E MESMO À FRENTE DA EDUCAÇÃO DE SEUS NETOS, COM SUA SABEDORIA, EXPERIÊNCIA E COM CERTEZA UM SENTIMENTO MARAVILHOSO DE ESTAR VIVENCIANDO OS FRUTOS DE SEU FRUTO, OU SEJA, A CONTINUIDADE DAS GERAÇÕES.
CELEBRAR O DIA DOS AVÓS SIGNIFICA CELEBRAR A EXPERIÊNCIA DE VIDA, RECONHECER O VALOR DA SABEDORIA ADQUIRIDA, NÃO APENAS NOS LIVROS, NEM NAS ESCOLAS, MAS NO CONVÍVIO COM AS PESSOAS E COM A PRÓPRIA NATUREZA. APROVEITE ESTA DATA PARA MANDAR UMA MENSAGEM DE CARINHO AOS QUERIDOS VOVÔ E VOVÓ E DIZER O QUANTO VOCÊ LEMBRA DELES.
O PORTAL DA FAMÍLIA EXPRESSA SEU PROFUNDO CARINHO POR TODOS OS VOVÔS E VOVÓS QUE NOS VISITAM.
COMEMORA-SE O DIA DOS AVÓS EM 26 DE JULHO, E ESSE DIA FOI ESCOLHIDO PARA A COMEMORAÇÃO PORQUE É O DIA DE SANTA ANA E SÃO JOAQUIM, PAIS DE MARIA E AVÓS DE JESUS CRISTO.
NO SÉCULO I A.C. - CONTA A HISTÓRIA QUE ANA E SEU MARIDO, JOAQUIM, VIVIAM EM NAZARÉ E NÃO TINHAM FILHOS, MAS SEMPRE REZAVAM PEDINDO QUE O SENHOR LHES ENVIASSE UMA CRIANÇA.
APESAR DA IDADE AVANÇADA DO CASAL, UM ANJO DO SENHOR APARECEU E COMUNICOU QUE ANA ESTAVA GRÁVIDA, E ELES TIVERAM A GRAÇA DE TER UMA MENINA ABENÇOADA A QUEM BATIZARAM DE MARIA.
SANTA ANA MORREU QUANDO A MENINA TINHA APENAS 3 ANOS. DEVIDO A SUA HISTÓRIA, SANTA ANA É CONSIDERADA A PADROEIRA DAS MULHERES GRÁVIDAS E DOS QUE DESEJAM TER FILHOS.
MARIA CRESCEU CONHECENDO E AMANDO A DEUS E FOI POR ELE A ESCOLHIDA PARA SER MÃE DE SEU FILHO.
 SÃO JOAQUIM E SANTA ANA SÃO OS PADROEIROS DOS AVÓS.
Compartilhe esta data com seus amigos e sua família.
Fonte: www.portaldafamilia.org  

Após a leitura deste texto informativo, como primeira atividade a professora deverá construir com eles um texto coletivo, destacando as informações mais importantes por eles assimiladas, registrando no quadro.
Depois digitará e distribuirá para que cada criança tenha o texto impresso em seu caderno.
Depois distribui um papel para que cada criança registre:
DIA DOS AVÓS: 26 DE JULHO
CRIANÇA ______________________
AVÔ MATERNO _________________ e AVÓ MATERNA ______________________

AVÔ PATERNO __________________ e AVÓ PATERNA _______________________


Outra atividade a ser desenvolvida é a leitura do poema Avô de todo mundo, localizado nas páginas 4 e 5 do livro Roda de Letrinhas da autora Nye Ribeiro.
Após a leitura deste, a professora pede que cada criança fale um pouco sobre seus avôs e registra num blocão as impressões das crianças acerca de seus avôs.
A fim de contemplar também as avós a professora lê para a classe o livro de Naumim Aizen, Era uma vez duas avós...
Após a leitura deste, a professora dá uma folha dividida ao meio e pede para as crianças ilustrarem suas avós e escreverem pelo menos uma característica delas.
AVÓ MATERNA - AVÓ PATERNA

Como outra atividade proposta pedir que cada menino da turma faça uma representação de como irá ficar fisicamente ao ser avô e dizer uma palavra para a sua neta (que no caso será representada por uma menina da turma).
A professora irá acompanhar o levantamento das palvras ditas fazendo um registro no quadro de giz.
Depois a professora poderá solicitar que todos copiem, no caderno de sala de aula, as palavras que foram expressas pelos alunos para caracterizar os avôs.
Em dupla, os alunos irão elaborar uma rima para cada palavra ou uma frase para cada palavra, registrando em uma folha para ser entregue a professora.
Depois a professora redistribui as folhas escritas e cada dupla lerá o material que recebeu das outras duplas.
A atividade irá proporcionar o desenvolvimento da capacidade de ler outras letras, de compreender textos de alunos da mesma turma.
Poderá também despertar debates sobre as diversas colocações e sobre os diversos pontos de vista de cada dupla.

Recursos Complementares:

Indicações literárias:
Era uma vez duas avós..
Autor: Naumim Aizen
Ilustrador: Eliardo França
Editora: Record
Roda de Letrinhas
Autora: Nye Ribeiro
Ilustradora: Elma
Editora: RODA & CIA EDITORA

Avaliação:
Durante todas as atividades desenvolvidas acima, a professora deverá estar atenta quanto ao interesse e motivação das crianças acerca do tema abordado.
Observar se as crianças que conhecem seus avôs, assim como as que os tem falecidos, visando compreender como eles lidam com o fato: se com tranquilidade, angústia, tristeza ou outros sentimentos.
Perceber quais sentimentos expressados quando se referem aos seus avôs:
Mostram-se sensíveis?
Afetuosos?
 Distantes?
Verificar se conseguiram, através de palavras ou escrita, expressare o que os avôs representam para eles.
Através dos registros se conseguiram perceber a diferença entre eles, tanto em suas características físicas quanto de suas personalidades.
Verificar se durante as conversas mostraram-se sensíveis e motivados, demonstrando laços de ternura e respeito, acerca do tema abordado.
Propor uma entrevista com seus avós para saber como eram as características deles: como se vestiam, o que gostavam de fazer, onde passeavam e mais algumas outras perguntas formuladas pleos próprios alunos.
O retorno desta atividade servirá para um grande debate sobre o ontem e o hoje, em termos de temporalidade e valores.

 

Histórias e Memórias:
Oportunizando a expressão oral das crianças


Autor: Núbia Silvia Guimaraes Paiva
Co-autor: Rita de Cássia Roger Mariano

Estrutura Curricular:
 Linguagem oral e escrita:
 Falar e escutar
Práticas de escrita e  leitura
Natureza e sociedade : Organização dos grupos e seu modo de ser, viver e trabalhar

Dados da Aula:
O que o aluno poderá aprender com esta aula:
• Desenvolver a organização do pensamento;
• Ampliar o raciocínio lógico-matemático;
• Compreender noções de tempo: passado, presente e futuro;
• Expressar suas vivências preferidas na escola;
• Interagir com sua família dialogando sobre as experiências da escola.

Duração das atividades:
1 hora/aula diária - a ser desenvolvida durante todo o ano letivo

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno:
Não há necessidades de conhecimentos prévios para esta aula.

Estratégias e recursos da aula:
Visando desenvolver nas crianças a capacidade de organização do pensamento por meio do relato das atividades realizadas na escola, criamos uma prática diária de registro que contempla as linguagem oral, escrita e o desenho.
Esse trabalho possibilita uma aproximação entre a família e as atividades desenvolvidas pela criança na escola, além de ter a possibilidade de avaliar o trabalho do professor, uma vez que a criança fará o relato do que lhe foi mais significativo no dia.
Denominamos de "Caderno de Memórias" esse instrumento que acompanhará a turma por todo o ano letivo.

Objetivo:
Aproximar família e escola por meio dos relatos orais das crianças das atividades vivenciadas na escola.
 Contribuir para a organização do pensamento infantil uma vez que as crianças terão que narrar aos pais ou responsáveis tudo que fizeram na escola.
Desenvolver a oralidade e expressão nas crianças.
Para construir o Caderno de Memórias, você professor, vai precisar dos seguintes materiais:
Um caderno brochurão grande;
Fotos 3 x 4 de todos da turma (crianças e professores);
Uma foto da turma toda.
Cole na primeira página do caderno as fotos das crianças e dos professores;
Na segunda folha cole a foto da turma.
Faça uma apresentação para o caderno explicando aos pais o objetivo desse trabalho.

1º Passo:
De posse do caderno (é apenas um caderno para a turma), você professor pode eleger uma criança por dia para levar o caderno para casa.
Essa escolha pode ser feita elegendo o ajudante do dia para levar o caderno.
Em uma rodinha de conversa, explique às crianças como será esse trabalho.

2º Passo:
A criança escolhida leva o caderno para casa e lá conta aos pais o que fez na escola destacando o que mais gostou naquele dia.
Os pais ou responsáveis fazem o registro escrito no caderno junto com a criança que depois ilustra com um desenho ou uma colagem.

3º Passo:
No dia seguinte a criança traz o caderno de volta, e em roda o professor/a explora lendo para todo o grupo o relato que a criança fez e o seu registro.
Ao fazer a leitura você professor, vai dialogando com a criança sobre o relato que ela fez.
Nem sempre o relato da criança coincide com todas as atividades feitas no dia anterior, as vezes aparecem fatos de outros dias da semana ou que a criança viveu em outros espaços que frequenta, como casa dos avós, tios, etc.
Nesse momento o professor/a pode aproveitar para contribuir com o crescimento da criança dizendo "ah! Você fez isso onde, foi aqui na escola?
Quem estava com você?
Isso foi ontem, ou foi em outro dia?"
Nesse diálogo, sem desvalorizar o relato da criança, o professor/a consegue contribuir para a construções dessas noções pela criança e possibilitar que a criança fale sobre a experiência vivida.

4º Passo:
Ao fim da apresentação feita pela criança, todos batem palmas para o coleguinha do dia e relembram quem levará o Caderno de Memórias naquele dia.
Depois da construção do caderno, esse trabalho pode ser feito diariamente por todo o ano letivo.

Avaliação:
A criança consegue relatar o dia na escola na ordem em que os fatos ocorreram ?
O que mais marcou o dia da criança ?
Observe e intervenha quando necessário relembrando o dia anterior com toda a turma, assim a criança vai construindo o conceito do antes e depois, ontem, hoje e amanhã.

 
Clique aqui e veja mais ...

Mini projeto:
 
Sobre o dia...
Como muita coisa no Ocidente, esse dia foi escolhido por motivos religiosos, já que o dia 26 de julho é o dia de Santa Ana e de São Joaquim.
Eles foram os pais de Maria e, portanto, avós de Jesus. Entendeu?

Bem, o motivo não importa, o que importa é que, se os seus avós estão com você, aproveite para lhes dizer como você gosta deles, ligue para eles ou vá lhes dar um beijo e um abraço.
Para as crianças que não têm mais avós (às vezes, acontece...), uma boa saída é ter um pensamento bem feliz com os avós e enviar o pensamento pelo vento.
http://www.mingaudigital.com.br/rubrique.php3?id_rubrique=278




A importância dos avós
(...)Povos orientais respeitam os mais velhos, pois eles têm consciência da sabedoria que a idade traz à um ser humano, por isso em sociedades orientais a opinião dos mais velhos é respeitada e tida como palavra final numa família.
É importante que pais e educadores aproveitem estas datas comemorativas para ensinar às crianças o tema amor ao próximo, respeito pelos mais velhos, família, e generosidade.
Como eu sempre digo a educação vem de berço, é em casa que ensinamos os valores morais que darão formação ao caráter dos nossos filhos, a escola é meramente uma entidade educativa que tem por objectivo transmitir conhecimentos culturais e não educar.
Por isso o respeito e o diálogo dentro de casa é muito importante.
Você já se perguntou sobre qual a importância dos avós na educação das crianças?
As gerações mais antigas sempre tiveram um papel fundamental na educação dos mais novos. Porém hoje em dia parece que a figura dos mais velhos, ou melhor dos avós vem sido esquecida na educação das crianças.
Mas saiba que é muito importante que os avos também participem da educação dos pequenos.
O problema é que algumas famílias acham que os avós mimam os netos e estragam a educação ao invés de ajudar.
Mas isso é um erro, já que os mais velhos têm muitas experiências de vida e que podem ser passadas para as gerações mais novas.
Com a mulher muito presente no mercado de trabalho, sobra para os avós a criação dos netos, então a responsabilidade da educação é toda deles.
Os avós são um elemento a mais para ajudar na educação, são conselheiros, são o apoio dos filhos e dos netos; e muitas vezes colocam a criança nos trilhos certos por ter mais experiência de vida que você mesma.
Os avós não têm o peso nas costas que os pais têm, e é por isso mesmo que a comunicação entre as crianças e os avós é mais leve, espontânea e lúdica.
 Isso é um fato que ajuda e muito na educação.
 Então os avós acabam pegando o peso da educação das crianças por gosto e porque realmente querem.
É um relacionamento muito positivo, onde ambos os lados só tem a ganhar, principalmente na troca de experiências, já que os avós ensinam as coisas importantes da vida e os netos ensinam para os avós as novas tecnologias.
Os erros que os pais tem medo de cometer com relação a educação dos filhos não são problemas para os avós, já que eles já passaram por todas as aflições de educar seus próprios filhos e sabem muito bem em como acertar na criação do neto.
Os avós são uma ajuda, um complemento para a educação que os pais, por muitas vezes, não tem tempo para se dedicar.
Mas cuidado, que tudo tem limites; os avós não podem fazer com que você perca a sua autoridade. Apesar da importância da ajuda dos avós, quem ‘manda’ no seu filho é você e os avós não podem passar por cima da sua decisão como mãe.
E tão pouco você deverá desautorizar os avós na frente dos seus filhos, já que a responsabilidade de olhar o seu filho é dos avós.
Não podemos esquecer também que muitas vezes os avós também são responsáveis pelo apoio financeiro aos filhos e aos netos, tendo então uma responsabilidade a mais na educação das crianças.
E cuidado, já que você também não pode abusar da ajuda dos avós, eles não são sua babá de luxo. Caso realmente precise é que você deixará o seu pequeno sob os cuidados dos avós.
Então, nada de abusos e esquecer o seu filho na casa dos avós; você ainda tem a maior responsabilidade na criação deles.



Cançao para a Vovó
A minha vovózinha é boa para mim.
Eu quero muito Ela
Jesus a deu pra mim.
Vovó te amo tanto
você é especial.
Estando ao seu lado
tudo fica mais legal
Veja mais atividades em:




Link para essa postagem


Um comentário:

  1. Linda amiga do meu coração:)
    No meu Blog tem Selinho de Carinho para você,espero que goste!

    Uma bela semana para você
    beijoss fica com Deus!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios