BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, março 09, 2012

Escrevendo cartas>09/03/12

A arte de escrever cartas

O título é bem antiquado, mas está sendo usado intencionalmente para despertar a atenção sobre a utilização do internetês que, de forma inadequada, é empregado até nas escolas

Objetivos:

★ Despertar o interesse gradual das crianças para a adequação da linguagem às situações que se apresentam no dia a dia.
★ Possibilitar o contato com a norma padrão, a partir de um trabalho lúdico que requer a utilização da escrita formal.
★ Promover a aproximação, comunicação e expressão, além da interação entre os alunos.

Faixa etária: A partir do 3º ano

Como o acesso aos computadores e redes virtuais está extremamente facilitado, em vez de usar a linguagem correta, alunos do ensino fundamental estão empregando o internetês, como forma de se comunicar por escrito.
 Em consequência, tal como no meio virtual, as palavras são abreviadas até se transformarem em uma única expressão, com duas ou, no máximo, cinco letras.
Esse procedimento vem provocando “o desmoronamento da pontuação e da acentuação, pelo uso da fonética em detrimento da etimologia”, causado pelo número “restrito de caracteres e total desrespeito às normas gramaticais”, conforme frisa a educadora Amélia Hamze de Castro¹.
Mas, por ser considerado como uma adequação linguística – exigida pela rapidez do mundo virtual –, a infração das normas gramaticais é permitida, em contraposição à norma padrão que não admite algo semelhante.
Partindo desses conceitos, leve a criança a entender que, para cada situação, haverá uma exigência.
Na escola, ao escrever um texto, ela somente deverá usar a língua padrão, mesmo que cometa algum equívoco – que terá que ser retificado posteriormente.
 Por conseguinte, a criança também terá que aumentar seu vocabulário por meio da leitura.
Contudo, deixe claro que, ao fazer uso da internet, até mesmo para ser aceita pelo grupo de amigos virtuais, ela poderá manter as abreviações, a supressão de letras, utilizar a língua inglesa (mesmo sem conhecê-la) ou a galeria de emoções, além de outros recursos linguísticos que surgem a todo o momento.
 Responsável pela seção de Pedagogia do Portal Educacional Brasil Escola – (www.pedagogia.brasilescola.com ).

Sobre o internetês

Apesar de a palavra soar de forma estranha, ela existe e é um neologismo formado por Internet e o sufixo "ês". Em detrimento da norma padrão, na atualidade, ele se tornou uma linguagem quase que universal, que tem como base termos oriundo de abreviações ou de representações onomatopaicas: blz (beleza), qdo (quando), ñ (não), kkkk ou hahaha (para risadas), entre outras.

Dicas para promover a escrita formal

Na Escola Estadual Arthur Wolf Netto, a equipe de docentes tem um dia específico da semana para a criançada se comunicar por cartas!
 Em virtude da utilização do e-mail, a prática vem sendo esquecida, mas ainda é uma boa opção para estimular os alunos a escrever de acordo com a norma padrão, que requer obediência às regras gramaticais.
Curiosamente, as crianças tomam esse cuidado logo no início da atividade, por um motivo bastante simples: e-mails, independente da forma como são escritos, acabam deletados, mas as cartas podem ser guardadas como recordações.
Então, cada uma delas procura sanar suas dúvidas gramaticais, antes de expressar os mais diferentes assuntos a terceiros.
Para incrementar ainda mais a produção, caixas postais foram disponibilizadas no pátio, para receber as cartas que, após serem separadas, são entregues aos destinatários pelos alunos-carteiros.
Dessa forma, se estabeleceu uma troca de correspondência bem interessante que, a partir da linguagem padrão, acabou por promover a aproximação de alunos, que ainda descobriram que, além do virtual, há um mundo real a ser explorado.

Anote!

Post-scriptum ou P.S. provêm do latim, cujo significado literal é "escrito depois".
Originariamente, tanto o termo quanto a abreviação eram empregados apenas para corrigir lapsos de memória ou simplesmente informar que haviam ocorrido alterações depois que a carta já estava encerrada. Hoje, ele já assumiu a função de complemento ou de uma explicação casual, parcial ou inteira, que equivale à fala: “Ah! Antes que eu me esqueça...”

A importância das cartas

Como documentos materializados em papel e tinta, elas representam à passagem do tempo e, dessa forma, também guardam vestígios de ideias, saberes, valores, acontecimentos e dizeres intrínsecos a um determinado período, que pode ser reconstruído, mesmo que de forma limitada, a qualquer momento.

Características das cartas pessoais

★ Elas estabelecem comunicação entre pessoas próximas e devem ser manuscritas.

★ Apesar de obedecerem às regras gramaticais, seu texto normalmente é simples.

★ O tipo de linguagem usado dependerá do grau de intimidade entre o remetente e o destinatário.

★ Como o assunto é livre, na maioria das vezes, seu conteúdo é de ordem íntima ou sentimental.

★ Já o tamanho deve variar entre o médio e o grande (se pequena demais, é um bilhete).

★ Após finalizar a carta, se o remetente perceber que esqueceu de informar algo no corpo do teto, ele pode acrescentar tanto a abreviação "P. S." (post scriptum) quanto "Obs." (observação), para acrescentar o desejado.

Em relação à estrutura, a carta pessoal deve conter cinco itens:

1. Local e data escritos a esquerda.

2. Vocativo (como o grau de intimidade é variável, ele também será: "Querido amigo", "Estimado colega"; "Prezado senhor" etc.).

3. Corpo do texto (com começo, meio e fim).

4. Despedida (tal como o vocativo, dependerá do grau de intimidade: "Até em breve"; "Saudades"; "Adeus"; "Cordialmente" etc.).

5. Assinatura (dependendo da situação, pode variar entre apelido, primeiro nome ou nome completo).




Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios