BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sexta-feira, maio 18, 2012

Arraial sustentável>Instrucionais/receitas>Entre outras ideias> 18/05/12



Arraial sustentável

10 ideias para preparar uma festa junina consciente e divertida
Por Sâmia Gabriela Teixeira

Objetivos:
★Estimular a consciência ecológica
★ Ampliar o entendimento sobre sustentabilidade
★ Desenvolver o trabalho em grupo
★ Resgatar a cultura típica


Falar sobre sustentabilidade é tão comum que por vezes a palavra ganha tom abstrato.
Saber em quais oportunidades o tema pode ser discutido é o primeiro passo.
O calendário escolar sempre reserva espaço na agenda para a comemoração da festa junina, “mas as celebrações são realizadas dentro de uma forma medianamente padronizada, sem explicar a origem da folgança e as tradições da festa”, diz Marcos Volpi, professor de História e diretor da EMEF Professor Nelson Pimentel Queiroz, em São Paulo (SP).
Ele explica que o principal ingrediente, que está na base do viés sustentável, é exatamente a significação dessa data, pois “se não houver um propósito, como pode ser sustentável?”, acrescenta.
Mas, como ensinar algo tão complexo aos pequenos?
Como explicar que ser sustentável envolve muito mais que reciclagem ou cuidar do meio ambiente?
Nicole Roitberg, coordenadora de projetos do programa Educação para a Sustentabilidade, no Instituto Floresta dos Unicórnios, de São Paulo (SP), fala sobre os diferentes pontos de vista que o professor pode utilizar para que o assunto seja apresentado de maneira mais simples e clara: “Você pode explicar, por exemplo, que comer é também um ato político, econômico e social.
Isso fica fácil de entender contando que ao consumir muita carne, mais gado e pasto serão necessários para as empresas, e que ao preparar o terreno para essa finalidade, o meio ambiente sofre muitas agressões, já que é necessário o corte de muitas árvores”.

Saiba mais

★ Segundo a tradição portuguesa, a fogueira e os fogos eram feitos para despertar os santos
★ As danças têm influência da corte francesa e o vestuário roto está ligado aos costumes campesinos de portugueses e caboclos
★ Algumas expressões, como anarriê, para voltar à posição inicial da quadrilha, são de origem francesa
★ Seguindo a tradição europeia, a comemoração tem origem ao agradecimento pela boa colheita. No Brasil, a festa teve predominância na região Nordeste e ocorria na época de colher o milho. Por isso, não é à toa que boa parte da comida típica dessa data seja preparada com esse alimento

Importância cultural e histórica

Mesmo ao preparar atividades para crianças do Ensino Infantil, as datas comemorativas devem ser desenvolvidas com um plano de ensino rico em significados e informações históricas, econômicas e sociais, para que elas compreendam o passado e a identidade de nossa cultura típica. Para isso, a festa junina é uma oportunidade de abranger todos esses temas destacados. Marcos explica que a maior carência das atividades durante as celebrações é a falta de orientação histórica e significação do que é comemorado. “Ter uma abordagem sustentável implicaria ter um sentido maior para o folguedo, que permitisse compreender a cultura de nação e os elementos presentes nesta celebração, como a origem da alimentação, música e dança”, diz.

10 ideias para uma festa junina ecológica
Acompanhe as sugestões de Nicole Roitberg para comemorar as festas de forma consciente:

1. Ser sustentável é valorizar a cultura local
Que tal substituir a dança de quadrilha pela tradicional ciranda brasileira?
Isso estimula as crianças a realizar brincadeiras coletivas e os movimentos e canções são mais fáceis para decorar.
Você encontra mais de 120 cantigas de roda tradicionais, como Ciranda, Cirandinha, O Pato Pateta, Cai, Cai Balão, entre outras canções no link:

2. Operação limpeza dos rios
A tradicional pescaria junina merece também uma abordagem diferente. Encha um tanque com água de reuso e substitua os peixes de plástico por resíduos como sacolas plásticas, garrafas plásticas e latas. O objetivo da brincadeira é que as crianças retirem todos os materiais que poluem os rios.

3. Moda do bem
Em vez de comprar roupas novas, estimule os alunos a utilizar roupas que já têm e a customizálas com retalhos de tecidos, fitilhos e outros adereços. Assim eles terão roupas personalizadas da maneira que desejam. Se preferir, reserve um dia de aula para a customização e oriente a confecção das roupas criativas. Para evitar a costura, utilize colas específicas para pano.

4. Para crianças e adultos
O correio elegante pode ser feito com mensagens criativas de acordo com o foco ecológico da festa. Já tenha à disposição alguns recadinhos prontos como: “Soltar balão? Nem pensar!”, “Não jogue o lixo no chão”, “Não gastei nadinha com essa festa. A minha roupa é customizada. E a sua?”.

5. Bebidas saudáveis Elimine os refrigerantes, pois eles são agravantes para os casos de obesidade, aumentam os níveis de colesterol ruim, diabetes, causam insônia, agitação, ansiedade, falta de atenção e outros transtornos emocionais. Apesar de agradar muito às crianças, prefira oferecer refrescos naturais. Prepare as receitas a seguir:



Refresco de capim-limão

Bata 40 folhas de capim-limão (erva-cidreira, capim-santo ou chá-de-estrada) com 1 litro de água no liquidificador, até triturar a parte fina e macia das folhas, sobrando só os talinhos duros. Passe por uma peneira fina e coloque o preparo em uma jarra com ¼ de xícara (de chá) de suco de limão e mais 1 litro de água. Adoce com açúcar cristal orgânico ou mascavo a gosto, junte 12 cubos de gelo e sirva, ou guarde por no máximo 3 horas na geladeira, pois após esse tempo a coloração verde e o sabor do refresco começam a mudar.


10 ideias para preparar uma festa junina consciente e divertida
Por Sâmia Gabriela Teixeira





6. Diferencie o cardápio

Distribua pequenas porções de castanhas torradas sem sal, fazendo um mix de castanha-do-pará, amendoim, castanha de caju e semente de abóbora. Substitua também o churrasco de carne por espetinhos de legumes, com cenoura, pimentão, tomates, cebola, berinjela, abóbora, abobrinha, batata-doce, cogumelos frescos. Asse-os com um pouco de óleo de oliva e alecrim. O espeto ganhará a simpatia das crianças pelos tons coloridos dos vegetais e você transmite a mensagem de que ser sustentável também é cuidar da saúde e da alimentação.
Acompanhe agora as atividades propostas pela arte-educadora Simone Faure Bellini:



7. Bandeirinhas ecologicamente corretas

Materiais:
★ Bandejas de isopor
★ Pincel
★ Tinta acrílica
★ Estile ou tesoura
★ Barbante
★ Furador




1. Corte as bandeiras conforme o molde nas bandejas de isopor.
2. Pinte-as dos dois lados.
3. Faça dois furos na parte superior e passe o barbante por elas.

Saiba mais!

O isopor leva centenas de anos para se decompor, por isso é importante reciclá-lo.

8. Convite de papelão
Materiais:
★ 1 retângulo de papelão medindo cerca de 30 x 15 cm dividido ao meio
★ 2 pedaços de jeans na mesma medida do retângulo
★ Retalhos de juta
★ Bandeirinhas de papel (molde)
★ Balõezinhos de papel (molde)
★ Barbante
★ Palha e renda
★ Cola branca
★ Tesoura
★ Furador
★ Tinta guache
★ Pincel
★ Papel celofane



1. Corte o retângulo de papelão ao meio.
2. Faça dois furos com o furador em uma das laterais de cada quadrado.
3. Pinte os quadrados com tinta guache na frente e no verso.
4. Cole os retalhos de juta em um lado dos quadrados.
5. Cole os pedaços de jeans do outro lado.
6. Cole a renda nas laterais dos quadrados.
7. Enfeite o convite com as bandeirinhas e balõezinhos de papel.
8. Faça uma fogueira com palha e papel celofane.
9. Com um pedaço de palha, amarre os quadrados de papelão formando um retângulo. Escreva os dizeres do convite.

9. Lanternas de PET

Materiais:
★ Garrafa PET transparente
★ Estilete
★ Fio de náilon
★ Tinta acrílica brilhante
★ Pincel
★ Prego aquecido
★ Alicate
★ Papel celofane


1. Corte tiras verticais com o estilete, somente na parte do meio da garrafa, deixando na parte de baixo mais ou menos 3 cm e na parte de cima uns 12 cm.
2. Faça vincos nas extremidades e no meio dessas tiras.
3. Pinte as lanternas com tinta acrílica.
4. Fure a tampa da garrafa com um prego quente preso no alicate e passe o fio de náilon por esse furo.
5. Coloque o papel celofane dentro das lanternas.

10. Origami de balão
Materiais:
★ 1 folha de papel laminado ou outro papel colorido
★ Fio de náilon
★ Retalhos de papel celofane vermelho e amarelo
★ Cola quente




1. Corte o papel na forma de um quadrado medindo 45 cm. Dobre-o na diagonal formando um triângulo.
2. Dobre novamente na diagonal formando outro triângulo.
3. Desdobre todo o papel. Junte as pontas formando novamente um triângulo conforme as fotos.
4. Dobre as pontas do triângulo até o centro, na frente e no verso.
5. Dobre as pontas para dentro como mostra a foto.
6. Dobre as pontas laterais para dentro novamente.
7. Dobre a pontinha restante para dentro novamente como mostra a foto.
8. Assopre o balão para que fique cheio. Cole o fio de náilon na parte superior do balão.
9. Na parte de baixo, cole os papéis celofane, simulando o fogo.









Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios