BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, agosto 25, 2013

Vermelhinha ,a joaninha > Estímulos literários > Consciência fonológica 1 > 25/08/13


Consciência fonológica
Uma vez que é necessário possuir um nível mínimo de consciência fonológica para iniciar o processo de alfabetização com alguma margem de sucesso, é crucial desenvolver junto das crianças, ainda em fase pré-escolar, atividades que ajudem a desenvolver as suas capacidades linguísticas.
            É desejável que as crianças, ao deixarem o jardim-de-infância, sejam capazes de demonstrar alguma capacidade para detetar, em palavras, semelhanças e diferenças entre sons iniciais e finais, segmentar, substituir e combinar sílabas e fonemas. 
O desenvolvimento da consciência fonológica, visa essencialmente, levar a criança a compreender como a linguagem oral pode ser dividida em componentes menores que podem ser manipulados, como por exemplo frases em palavras e palavras em sílabas.
            O desenvolvimento da consciência fonológica deve ser feito através de um programa estruturado e sequencial, podendo ser feito através de atividades diversificadas como a música, poesia, lengalengas, jogos orais ou através da fala propriamente dita.
            Pretende-se desenvolver um conjunto de atividades que contribua para  desenvolver as competências linguísticas e fonológicas das crianças, fundamentais para a alfabetização dos alunos.
Na promoção das atividades será privilegiada uma metodologia ativa, centrada em atividades lúdicas e jogos vocabulares que conduzam a um ambiente positivo e propício para o desenvolvimento da linguagem. As histórias, por constituírem por si só um recurso dinamizador e atrativo, bastante apreciado pelas crianças, terão um papel preponderante, sendo utilizadas como motivação e ponto de partida para a realização das atividades especificas para o desenvolvimento da consciência fonológica.
Vejam exemplos:

    

1.º Mostrar aos alunos o livro Vermelhinha, a Joaninha e dialogar sobre o conteúdo interior (imagens, título, texto, frases, palavras e letras).
 2.º Apresentar a história – Vermelhinha, a Joaninha.
Dialogar sobre as imagens do livro e pedir aos alunos que tentem construir uma pequena história.
 3.º Ler ou contar a história – Vermelhinha, a Joaninha.
Dialogar sobre a história e comparar com a história construída pelos alunos.
 4.º Responder a algumas questões:
Quem é a personagem principal da história?
O que fez a bruxa/feiticeira à Joaninha?
Por que razão a mãe da Joaninha estava tão triste?
Quem ajudou a desfazer o feitiço?
Qual a diferença entre uma fada e uma bruxa
5.º Relembrar aos alunos os aspetos referidos no 1.º ponto.
Mostrar aos alunos uma imagem e pedir que digam palavras relacionadas com a gravura. Registar algumas das palavras.
6.º Mostrar aos alunos uma imagem e pedir que digam algumas frases. Registar algumas das frases.
2ª parte:
1.º Distribuir por alguns alunos imagens plastificadas da história Vermelhinha, a Joaninha. Cada aluno deverá fazer uma frase para a imagem que tem na mão.
 2.º Ordenar a história – Vermelhinha, a Joaninha.
Os alunos deverão relembrar a história da sessão anterior e ordenar as imagens distribuídas pelo grupo.
3.º Relembrar alguns aspetos da história (local da ação, personagens, título)
4.º Chamar a atenção dos alunos para a sonoridade das duas palavras que formam o título da história: Vermelhinha, a Joaninha.
5.º Pedir aos alunos que digam outras palavras terminadas em inha.
6.º Identificar e pintar, numa ficha de trabalho, as imagens cujas palavras terminam em inha.



3ª parte
1.º Pedir a cada aluno que observe bem a palavra joaninha.
Colocar em cima da mesa algumas sílabas: jo – a – mi – ni – lha – nha – la.
Pedir a alguns alunos que peguem nas sílabas da palavra joaninha e as coloquem, ordenadamente, em cima da mesa.Explorar com os alunos o número de sílabas que tem a palavra joaninha. Chamar a atenção dos alunos para o número de letras de cada sílaba (uma letra, duas ou três letras)
 2.º Fazer um desenho de uma joaninha e colá-la no alto da ficha. Podemos optar por fazer uma dobragem de uma joaninha.
3.º Aproveitar para trabalhar a discriminação visual e pedir aos alunos que encontrem e circundem a palavra joaninha. 

4.º Fazer com os alunos a divisão silábica de algumas palavras relacionadas com a história. Os alunos podem desenhar ou colar bolinhas autocolantes para marcarem as sílabas.
 

5.º Explorar oralmente com os alunos noções de quantidade colocando-lhes algumas questões:
Quantas palavras há com duas sílabas?
Quantas palavras há com três sílabas?
Quantas palavras há com uma sílaba?

Continua na postagem 2





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios