BlogBlogs.Com.Br

n

Glitter Photos

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) blogueira (o),
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto,será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes , experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos .
Se você leu ,experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog ,ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente,assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo,por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog,não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu ,que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem- vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009
Image Hosted by ImageShack.us

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

CATIVA-ME

Glitter Photos

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

terça-feira, abril 22, 2014

Era uma vez uma bota> Moradia> Estímulos literários> Amarrando cadarços> 22/04/14

ERA UMA VEZ UMA BOTA"
Texto Graça Abreu e Lia Zatz
Ilustrações Alexandre Teles
Ed Biruta
Esse livro é uma delicia, escrito com palavras e com imagens.
As autoras queriam contar uma história e prepararam enigmas para deixar tudo muito mais interessante e no lugar de palavras, colocaram ilustrações e assim as crianças vão lendo e descobrindo a história.
As ilustrações fazem parte da historinha e o texto é todo escrito em caixa alta (letras maiúsculas).
Uma delícia!
O livro conta a história de uma bota, ou melhor,  de um é de bota, bota de uma pastora de ovelhas que adormeceu embaixo de uma árvore e quando acordou percebeu que sua bota tinha sumido.
 E por mais que procurasse, a pastora não achou o pé da bota..
 Então o livro começa a contar o que aconteceu com a bota. E então nós, os leitores, descobrimos que a bota está servindo de casa para uma família de ratos.
 A família de ratos já perdeu muitas casas antes de morar nessa linda bota: primeiro moraram na poltrona de uma senhora que passava muito tempo sentada olhando pela janela. Mas um dia quando ela foi limpar a casa e retirou a almofada para sacudir, pôs os ratinhos para correr.
 E então eles foram morar em uma panela velha de um restaurante. Mas um dia o cozinheiro precisou da panela, e quando abriu a tampa da panela, pôs os ratinhos para correr.
 A terceira casa ficava em um carrinho de neném abandonado em um terreno baldio, mas um dia um homem que consertava tudo encontrou o carrinho e pensou que ele seria ótimo para seu filho que ia nascer, e ao sacudi-lo, pôs os ratinhos para correr.
 Os ratinhos então resolveram morar em um porão de um navio, onde havia uma verdadeira cidade de ratos, e os marinheiros estavam acostumados com eles. Mas um dia, por causa de uma tempestade, o navio afundou e os ratinhos conseguiram escapar usando uma tábua.
 Passaram-se vários dias os ratinhos dormiram várias noites debaixo das estrelas, até que encontraram a bota. A mamãe rato disse que dava para fazer uma linda casa naquela bota, com um quarto para cada filho! E então os ratinhos arrastaram a bota em silencio bosque adentro, encontraram uma clareira e desde  então moravam ali.
 Um dia a pastora de ovelhas entrou no bosque e levou o maior susto quando viu seu pé de bota transformado em uma casa de ratos. E ficou maravilhada com o ratinho que dormia lá dentro.
 Quando a família de ratos voltaram do banho no rio, encontraram o outro par da bota, e dentro dela um pedaço de queijo.
 E então a prática mamãe rato logo anunciou que aquela bota ia se transformar em uma escola, e nas férias outros ratos poderiam vim visitar a família e nela ficar.
 E depois do acontecido, a pastora não tira mais suas botas na hora que cochila!
Fonte: AQUI
Aprendendo a amarrar cadarços



Fonte: AQUI


Era uma vez um rato que morava num sapato

Um sapato velho, um sapato sem préstimo... 
Não estava mal de todo. Conheço ratos que nem em chinelo moram. 
Nem em sandálias. 
Mas este rato que morava num sapato tinha ambições. 
Queria uma casa mais desafogada, mais espaçosa. 
Queria mudar de um sapato para uma bota. 
Bem podia procurar. Onde é que se arranja, nos tempos de hoje, uma bota livre, de preferência calafetada contra o frio e a chuva, isto é, sem buracos na sola? 
Uma bota é um palácio. Um sonho... 
Pôs um anúncio: "BOTA POUCO USADA PRECISA-SE PARA HABITAÇÃO". 
E não é que conseguiu?! 
Um velho coronel de cavalaria vendeu-lhe as botas. Muito em conta. 
O rato só precisava de uma, mas, já que se proporcionava ficar com as duas, não quis perder a ocasião. 
"Talvez lá mais para diante, leve uma para a praia.
 Fico com uma casa de férias e a outra na cidade", pensou ele. 
Não era mal pensado, não senhor. Mas, como estava no Inverno, adiou o projecto. Por enquanto, havia que tratar da mudança. 
Foi à casa velha buscar os cacaréus e voltou aonde tinha deixado as botas. Pois sim, as botas... Onde é que elas já iam... 
Um mendigo mal calçado, assim que as vira, ali ao desamparo, cobiçara-se delas e levara-as. Que desolação para o pobre rato. 
Correu para o sapato, mas encontrou-o já ocupado por uma ratazana antipática. Não havia discussão possível. 
Desanimado com a sua pouca sorte, o rato enfiou-se por um cano e, segundo parece, emigrou. Dizem que andou lá por fora, a trabalhar, a economizar, a roer o pão que o diabo amassou. 
Voltei a encontrá-lo, há dias, numa sapataria. Nuns saldos. 
Estava muito entusiasmado a comprar umas galochas luzidias, daquelas com enfeites de metal, e enormes. Número 47, vejam bem! 
Este rato sempre teve a mania das grandezas.


Vejam abaixo como fazer o ratinho
A bota do bode






Link para essa postagem


Tatu bobo > Estímulos alfabéticos e literários> 22/04/14



 Tatu  bobo


Caiu um toco e bateu no pé do tatu.
Aí o  tatu  viu  a  cutia e deu  um  teco  nela.
A  paca  acudiu e  tacou  um  peteleco  no  tatu.
Aí  o  tatu  viu  o  tico-tico e deu  um  tapa  no  tico -tico.
O  tucano  acudiu e  bicou  a  cuca  do  tatu.
Aí o  tatu  catou  o  macaco:
-  Me  acode, macaco.
Mas  o  macaco  viu  tudo  e  falou:
-  Tatu  bobo...  Acudo nada.  Eu vi  tudo.Caiu um toco no  teu  pé.
E o tatu deu uma patada no toco

Slides AQUI
VARAL DE HISTÓRIA AQUI
PROJETO DE ALFABETIZAÇÃO “TATU BOBO”
COLEÇÃO MICO MANECO
PÚBLICO ALVO: Alunos dos 2º ano
RESPONSÁVEL: Professor regente
ADAPTAÇÃO:                               
LIVRO: Tatu bobo
GÊNERO: História
AUTORA: ANA MARIA MACHADO E CLAUDIUS
OBJETIVOS:
- Desenvolver capacidades apropriadas a leitura e seu uso no cotidiano;
- Reconhecer consciência fonológica;
-Desenvolver o interesse e o gosto pela leitura;
- Construir habilidades para apropriar-se das características do gênero textual e o suporte.
JUSTIFICATIVA:
-Oferecer aos alunos oportunidades significativas e ricas para o processo de alfabetização  e letramento, tendo como fio condutor um livro literário, desenvolvendo as capacidades referentes ao Ciclo Inicial de Alfabetização.
EIXO
 Desenvolvimento da oralidade
CAPACIDADES
-Participar das interações cotidianas em sala de aula:
      Escutando com atenção e compreensão;
       Respondendo as questões propostas pelo professor;
      Expondo opiniões nos debates com os colegas e com o professor. 
 I-Desenvolvimento e Apresentação da capa do livro
 Atividades de introdução: Ilustração com o TATU
  • Explorar todos os conhecimentos acerca do animal
  • Apresentar a história aos alunos:
  • Leitura pela professora com ênfase e entonação
  • Interpretação oral com as crianças.
I - INTRODUÇÃO (Oralmente)
        Pelo título, o que vocês acham que vai acontecer na história?
        Vamos observar a ilustração da capa do livro;
        Pela ilustração podemos imaginar qual é a história desse livro?
        Que tipo de gênero textual é esse?
        De acordo com a capa de que fala este gênero textual?
        Que animais você acha que aparecem na história?
        Onde você acha que acontece essa história?
        Além das ilustrações, o que você pode observar na capa do livro?
        Qual o nome da autora do livro?Você conhece outro livro desta autora?
        Vamos ler o nome da história?
        Identificar (todos ou um aluno de cada vez) a primeira e última palavra do título;
        Identificar as letras do alfabeto nas palavras do título do li
  APRESENTAÇÃO DO 1º CARTAZ

CAIU UM TOCO
E BATEU NO PÉ DO TATU.
AÍ O TATU VIU A CUTIA
E DEU UM TECO NELA.
AÍ A CUTIA CATOU
A PACA NA TOCA E CONTOU:
__ME ACODE, PACA.
O TATU ME DEU UM TECO.
A PACA ACUDIU
E METEU UM PETELECO NO TATU.

       Cole o primeiro cartaz no quadro;
       Vejamos o cartaz, vocês conseguem ler?
       Ler para os alunos identificando cada palavra com o dedo ou régua;
       Pedir para lerem junto com os professores;
       Levá-los a perceberem que há 10  frases neste cartaz;
       Identificar cada frase junto com os alunos;
       Contar quantas palavras tem no texto e também quantas palavras há em cada frase;
       Mostrar a pontuação (como termina cada frase);
       Observar as palavras iguais;
       Propor a contagem do número de letras que contém cada palavra. Mostrar que existem palavras que são representadas por poucas letras ( O, A, DEU, NA );
       Quais palavras tem o mesmo número de letras? E de sílabas?
       Quais animais aparecem no texto?
       Quem sabe mostrar onde está escrito a palavra TATU e a palavra PACA ;
       O que aconteceu com o tatu?
III- ENTREGA DO TEXTO     ( Cartaz) para cada aluno.
         Leitura pela professora apontando as palavras.
        As crianças acompanham apontando as palavras na sua folha.
        Leitura pelos grupos.
        Caça-palavra oral. Peça aos alunos para localizar no texto as palavras: PACA – TATU – CUTIA – PETELECO
        Conte o número de palavras, espaços, frases e letras.

ATIVIDADES DE SISTEMATIZAR
EIXO
Leitura
CAPACIDADES
- Desenvolver atitudes e disposições favoráveis à leitura;
-Desenvolver capacidades  relativas ao código escrito especificamente necessárias à leitura:
        Saber decodificar palavras e textos escritos;
        Ler reconhecendo globalmente as palavras.
         Desenvolver capacidades necessárias leitura com fluência e compreensão.
   IV-   REMONTAGEM DOS CARTAZES
         Texto fatiado no quadro
        Texto fatiado para cada aluno e montar
V – ANÁLISE ORAL DAS PALAVRAS
Exemplo: PACA – TATU – CUTIA – PETELECO
        TATU – formar a palavra com letras movéis;
        Nº de letras da palavra;
        Nome das letras que formam a palavra/fonemas;
        Letra inicial (outras palavras) / fonema inicial;
        Posição das letras e fonemas na palavra;
        TA- TU  – formar palavras com sílabas movéis;
        TA - TU  – sílabas orais (número);
        Sílabas escritas – registro no quadro:
        1ª sílaba ( outras palavras que começam pela sílaba);
        2ª sílaba ( outras palavras que começam pela sílaba);
        Nº de sílabas.
EIXO
Compreensão e valorização da cultura escrita
CAPACIDADES
- Conhecer, utilizar e valorizar os modos de produção e circulação da escrita na sociedade;
-Conhecer os usos e funções sociais da escrita;
- Desenvolver as capacidades necessárias para o uso da escrita no contexto escolar;
-Saber usar os objetos de escrita presentes na cultura escolar;
- Desenvolver capacidades específicas para escrever.
VI – FORMAR PALAVRAS NOVAS A PARTIR DA PALAVRA  TATU
        Formar palavra com letras movéis;
        Tirar a letra U  e colocar as letras : A, O, Registrá-las no caderno;
        Formar palavras novas a partir das sílabas movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas da palavra TATU
             Desenhar o 1º cartaz da história do livro
  APRESENTAÇÃO DO 2º CARTAZ
AÍ O TATU VIU O TICO-TICO.
E DEU UM TAPA NO TICO-TICO.
AÍ O TICO-TICO CATOU
O TUCANO NO MATO.
__ME ACODE, TUCANO.
O TATU ME DEU UM TAPA.
O TUCANO ACUDIU.
E BICOU A CUCA DO TATU.
BICOU E VOOU.


 VII – FORMAR PALAVRAS NOVAS A PARTIR DA PALAVRA  TUCANO
        Formar palavra com letras movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas da palavra TUCANO
             Desenhar o 2º cartaz da história do livro
APRESENTAÇÃO DO 3º CARTAZ
AÍ O TATU CATOU O MACACO.
__ME ACODE MACACO.
O TUCANO ME BICOU
A PACA ME TACOU UM PETELECO
E A CUTIA DEU UM TECO
NO MEU PÉ.

VIII – FORMAR PALAVRAS NOVAS A PARTIR DA PALAVRA  MACACO
        Formar palavra com letras movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas da palavra MACACO
             Desenhar o 3º cartaz da história do livro
APRESENTAÇÃO DO 4º CARTAZ
MAS O MACACO VIU TUDO.
VIU O TUCANO E O TICO-TICO.
VIU A PACA E A CUTIA.
E VIU A BATIDA DO TOCO
NO PÉ DO TATU.
__TATU BOBO. . . ACUDA NADA.
EU VI TUDO.
NADA DE TECO DE CUTIA.
CAIU UM TOCO NO TEU PÉ.
E O TATU DEU UMA
PATADA NO TOCO.


IX – FORMAR PALAVRAS NOVAS A PARTIR DA PALAVRA  PATADA
        Formar palavra com letras movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas movéis;
        Formar palavras novas a partir das sílabas da palavra PATADA
             Desenhar o 4º cartaz da história do livro

 – ORGANIZAR COM A TURMA AS SÍLABAS E PALAVRAS ESTUDADAS.
VIII- JOGOS
        Chicotinho queimado: Um aluno sai da sala e a turma esconde a ficha de uma palavra. O aluno retorna a sala e terá de descobrir onde a ficha da palavra esta escondida. Ao se aproximar do esconderijo, a turma diz que o colega esta quente, ao se afastar-se, a turma diz que ele esta frio. Ao encontrar a ficha a turma diz: Chicotinho queimado!
Ao encontrá-la, o aluno deverá lê-la automaticamente ou com a ajuda da turma.

IX – CULMINÂNCIA: Os alunos do 1º ano  deverão fazer o reconto do livro para a outra turma do 1º ano e os alunos do 2º farão para o outro 2º ano. (data final do projeto a combinar)
X- RECURSOS: Livro, fichas, cartolinas, caixa surpresa.
XI- AVALIAÇÃO: Acontecerá de forma contínua e em sequência observando o interesse, a participação nas atividades propostas e a compreensão das atividades.

 Fonte: AQUI
Rola Tatu-Bola


Link para essa postagem


Mico Maneco > Estímulos alfabéticos e literários > 22/04/14

Mico Maneco
Ana Maria Machado

Mico Maneco é um macaco muito levado. Mona Maluca é um macaca meio de miolo mole. O que será que eles aprontam quando se juntam? 
O livro "Mico Maneco" (Salamandra, 1988) é um clássico da literatura infantil brasileira, assinado pela premiada autora Ana Maria Machado (mais de 100 livros publicados no Brasil e em outros 17 países somando mais de 18 milhões de exemplares vendidos) e com desenhos do também celebrado ilustrador Claudius, um dos fundadores do Pasquim e autor de charges, cartuns e ilustrações publicadas nos principais órgãos da imprensa brasileira. 
Com muita sensibilidade, essa dupla dá vida ao Mico Maneco, um personagem muito levado que encanta quem está começando a ler. 
Esse livro pertence à primeira fase da série "Mico Maneco" (que tem 20 livros agrupados por nível de aprendizado). 
Traz palavras bem simples, oferecendo às crianças uma fascinante aventura: aprender a ler, lendo!

Mico  Maneco

Maneco  é  nome  de  menino ou é  nome  de  boneco.
Mas  este  Maneco  é  um  mico e   todo  mico  é   macaco  levado.
Mico  Maneco  é  um  macaco  muito levado.
Mona  é  nome  de  macaca  mesmo.
Mas  é  macaca  meio  de  miolo  mole.
Mico  Maneco  pede  banana.
Mona  Maluca  dá  bananada.
Epa !  Mico  Maneco  ficou  todo  melado...
De  lama ?  Não!  
De  bananada  danada  de  mole.
Calada  e  toda  melecada, Mona  Maluca, come a  bananada  mole.
Até  mole  e   melada, eta  bananada boa...


Alfabetizando com a coleção Mico Maneco
Informações Pedagógicas
Algumas sugestões
Projeto com todas as obras desta autora para alfabetização
Ensinando e brincando com obras 
de Ana Maria Machado

Objetivo geral:
PROPORCIONAR AO ALUNO MOMENTOS DE LUDICIDADE ALCANÇANDO A  APRENDIZAGEM  DA ESCRITA E CONSEQUENTEMENTE  O DESPERTAR PARA A LEITURA.
Objetivos Específicos:
COMPOR PALAVRAS COM SILABAS;
DECOMPOR PALAVRAS EM SUAS SILABAS;
PRODUZIR TEXTOS ALFABETICAMENTE;
COMPLETAR PALAVRAS COM AS LETRAS QUE FALTAM;
OBSERVAR A SEGMENTACÃO ENTRE AS PALAVRAS NA HISTÓRIA;
OBSERVAR OS SINAIS DE PONTUAÇÃO;
OUVIR E COMPREENDER AS HISTÓRIAS;
COMPLETAR TEXTOS COM PALAVRAS;
CONSTRUIR FRASES COM PALAVRAS DADAS.
Recursos:
LIVROS DE HISTÓRIAS DA COLEÇÃO MICO MANECO- COMEÇANDO PELO CABE NA MALA;
LETRAS MÓVEIS;
PALAVRAS DA HISTÓRIA;
PALAVRAS SEPARADAS EM SÍLABAS.

Vejam tudo aqui:
Mais um projeto, com outro enfoque pedagógico

FECHAMENTO DAS ATIVIDADES 
COM A COLEÇÃO MICO MANECO

Esse texto nos convida para um passeio especial.
Você sabe dizer que passeio é esse?
Você já sabe ler e escrever.
Aprendeu com os 20 livrinhos da coleção Mico Maneco.

Quais as histórias que você mais gostou? Escreva o nome de 2


O passeio pelo mundo dos livros não tem fim.
Com prazer e alegria viajamos pelo mundo sem sair de casa e aprendemos muitas coisas.

Escreva 2 coisas que você aprendeu com os livros


Desenhe alguns dos personagens da turma do Mico Maneco.

Não se esqueça de escrever o nome deles.

Fonte: AQUI

Se você é pai, mãe ou professor que lida com crianças em fase de aprendizado de leitura e escrita, é fundamental que você conheça as seguintes coleções:
- Coleção Mico Maneco - Ana Maria Machado

Esta coleção tem como diferencial apresentar histórias coerentes e divertidas utilizando palavras com dificuldade ortográfica crescente: os primeiros livros têm sílabas simples, e o grau de dificuldade vai aumentando em cada etapa. Está dividida assim:


Nível I

A) Cabe na mala
B) Tatu bobo
C) Menino Poti
D) Mico Maneco

Nível II

A) Pena de pato e de tico-tico
B) Boladas e amigos
C) Fome danada
D) Uma gota de mágica

Nível III

A) O rato roeu a roupa
B) No barraco do carrapato
C) Uma arara e sete papagaios
D) O tesouro da raposa

Nível IV

A) A zabumba do quati
B) Banho sem chuva
C) O palhaço espalhafato
D) No imenso mar azul

Nível V

A) Um dragão no piquenique
B) Troca-troca
C) Surpresa na sombra
D) Com prazer e alegria

Coleção Gato e Rato - Mary e Eliardo França
Também são um clássico da alfabetização. Muitos deles é possível encontrar para download nos albuns do WebPicasa.

Gato com frio
Mariana
A casa feia
Fantasia!
Na roça!
Que perigo!
Pato magro e pato gordo
Que medo!
Um belo sorriso
O rabo do gato
Dia e noite
O trem
Chapéu de palha
O pega-pega
A bota do bode
Tuca, vovó e Guto
O rato de chapéu
O vento
A boca do sapo
O pote de melado
O barco
O piquenique
Chuva!
O caracol
O susto
A galinha choca
O jogo e a bola
A banana
Fogo no céu!
As pintas do preá
Bicho feio, bicho bonito
O balaio do rato
Surpresas!
O retrato

Coleção Estrelinha - Sônia Junqueira
A proposta também é a gradação silábica, sons das letras, construção das frases. O grau de dificuldade é indicado pelo número de estrelinhas.

I
A foca famosa
O galo maluco
O macaco e a mola
O pato e o sapo
O peru de peruca
Regina e o mágico

II
A arara cantora
O caracol viajante
O macaco medroso
O menino e o muro
A onça e a anta
O sonho da vaca

III
O barulho fantasma
Uma festa encrencada
O mistério da lua
Um palhaço diferente
O peixe Pixote
O susto do Periquito

Coleção 1,2,3 vamos ler outra vez - Elba G. Gomes e Tatiana Oliveira
Visam a valorização da leitura como produção de sentido, atribuição de significado, interação entre texto e leitor e incentivo ao desenvolvimento de estratégias de leitura. No site da editora LGE é possível baixar a ficha pedagógica de cada livro.Cadê a meia
Essa casa é demais
O elefante falante
O macaco maluco
O relógio da igreja
A escola de Bolatela
Dona Barata vai casar
O cavalinho de pau
O planeta das letrinhas
O sapo tagarela

- Além disso há as obras "Arca de Noé", de Vinícius de Moraes, "Ou isto ou Aquilo" de Cecília Meireles e "Poemas para Brincar" de José Paulo Paes.

- O Instituto Alfa e Beto fez um "Guia de 600 livros que toda criança deve ler antes de entrar para a escola". Para consultar o catálogo, CLIQUE AQUI. Para conhecer uma coleção de livrinhos deles baseada na alfabetização fônica, CLIQUE AQUI.

- Muitos livros da Coleção Crianças Criativas, se adequam a esta faixa etária e proposta de letramento. Como não conheço ainda não posso indicar títulos, futuramente volto para editar o post e citar os livros mais indicados aos alfabetizandos. Pelo que visualizei na página, acho que seriam:

Feliz aniversário, Lua
O passeio de Rosinha
Os três ladrões (gostei tanto desse, acho que vai ser o primeiro que vou comprar)
Dê um sorriso para a titia
Carlinhos precisa de uma capa
Haroldo vira gigante

Por fim, recomendo a leitura do excelente artigo "A didatização do livro infantil", de Ana Maria Rossi, onde a autora faz críticas pertinentes, dignas de reflexão, que só vêm a aguçar nosso olhar para esse processo mágico e lindo que é a alfabetização.
Fonte: AQUI


Cabe na mala

Menino Poti 







Link para essa postagem


Blog Widget by LinkWithin

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios