BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

terça-feira, maio 17, 2011

Dicas para professores do Tempo Integral - 17/05/11


Atendendo ao pedido da professora Luciane, do PROETI
Sabemos que tempo integral é ainda novo para muitos professores. Existe, portanto inseguranças com relação aos conteúdos trabalhados e demais procedimentos rotineiros com a turma.
Os primeiros passos são norteados, de acordo com minha experiência, através de questionamentos básicos. Devemos fazê-los a nós mesmas, depois ,obviamente contar com ajuda das especialistas da escola.
Vou colocar aqui algumas questões básicas:
Questões em relação ao comprometimento da escola:
1- Terei embasamento pedagógico na escola através das especialistas?
2- Qual o nível de comprometimento das pedagogas com o TI?
3- Terei que fazer tudo sozinha? Terei autonomia?
4- Qual é a importância para os demais colegas em relação as turmas de TI?
5- As turmas de TI são prioridade para a escola?
6- Os alunos que se dispõem a vir em horário extra,seus pais, demais professores ,incluindo diretor e funcionários da escola sabem exatamente quais são as finalidades do projeto?
7- Qual a condição financeira que a escola dispõe para o TI?
8- Qual o espaço físico disponível? Sala ambiente? Sala exclusiva?
9- Quantas turmas de TI  na escola? Serei somente eu? Única turma?
Questões em relação ao comprometimento da turma ,pais e comunidade:
1- Terei apoio dos pais? Comunidade?
2- Teremos reuniões com os pais?
3- Passaremos a eles nossas propostas e andamento das atividades e do tempo que seu sfilhos estão no TI?
Questões em relação as atividades com a turma:
1- Trabalharei com reforço das aulas do ensino regular?
2- Serão aulas repetidas do ensino regular?
3 - Terei contato com os professores do ensino regular para planejar minhas aulas?
4 - As especialistas trarão um roteiro para me nortear nestas aulas?
5- Este roteiro será repassado pelas professores do ensino regular?
6 - A prioridade dos conteúdos é para Língua Portuguesa e Matemática?
7- Terei que trabalhar todos os conteúdos?
8- Farei um diagnóstico com a turma para saber em que nível estão? Ou receberei pronto?
Questões em relação aos alunos escolhidos para o TI:
1- Os alunos serão selecionados por quem? Participarei?
2- Ou apenas receberei os alunos destinados a minha sala?
3- Qual o perfil dos alunos? São alunos com dificuldade sde aprendizagem?  
4- São alunos com comportamento inadequado?
5- Estão no TI somente porque seus pais trabalharam fora e a escola funciona como abrigo ou creche?
6- São alunos que apresentam riscos por ficarem nas ruas?
7- São alunos carentes que precisam da alimentação extra ?
O perfil desejado:
Alunos com dificuldades de aprendizagem, defasados, carentes, que ficam sozinhos sem casa , que não têm acompanhamento para estudar em casa ou fazer suas tarefas.
Com relação a comportamento:
Existem os alunos que são encaminhados por pertubarem a sala regular, seja qual for a razão.
Se eles são bons alunos, as atividades terão que ter outro foco.
Normalmente os aluno sde TI reúnem os aspectos intelectuais e sociais.
Se a turma está em tempo adicional na escola, as atividades devem ser diferentes do ensino regular.
As aulas práticas:
Definindo quais serão os alunos e o perfil das aulas, partimos para as atividades práticas.
Normalmente o planejamento vem pronto da secretaria de ensino.
Precisamos então transformá-las em aulas práticas.
As sugestões que tenho neste blog são baseadas na forma lúdica.
Ou seja, eu parto de um tema ,transformando-o em aulas abrangentes, englobando várias disciplinas.
Assim sendo trato tudo como LINGUAGEM.
Afinal, fazendo uma atividade artística estamos trabalhando gêneros literários, fazendo exercícios com as mãos ( coordenação motora) releitura de obras,proporcionando muita criatividade , trabalhando a autoestima, segurança, e mais do que tudo: dar prazer, descontração e bons momentos de aprendizagem.
O lúdico ensina brincando. Se as aulas forem técnicas e cheias de imposições não haverão retornos positivos.
Com relação ao comportamento da turma é importante fazer com eles as regras gerais do que pode ou não pode.
Sugiro cartazes ou murais nas paredes.
Pode-se fazer uma leitura instrucional contendo as regras. Se este cartaz ficar na parede, basta retomar a leitura sempre que necessário, no momento de bagunça ou que esteja fora de controle o silêncio.
Use como estratégia a leitura em voz alta dos próprios alunos. Assim vc estará também avaliando a leitura individual, chamando a tenção para a interpretação do que está sendo lido, criando possibilidade dos mais tímidos começarem a se soltarem.
No início, vc terá que aponta-los para leitura, quem não quiser( tímidos) deixe-os de fora, devagar eles se soltam.
Fazer um cantinho de pquenas ternuras é sempre bem vindo. Com as palavras habituais de muito obrigado, por favor, com licença,etc.
Se a sala estiver decorada de forma agradável, as aulas terão mais sucesso.
O mais importante é verificar a faixa etária dos alunos para acertar na decoração.
Trabalhei com alunos defasados, indisciplinados,carentes de 6 º ano. Idade em torno de 11 a 13 anos.
Exemplo:Coloquei um espelho todo cheio de fitas para as meninas em uma das paredes.
Para minha surpresa, os meninos também ficavam ajeitando os cabelos...
Veja algumas sugestões nesta postagem:
http://linguagemeafins.blogspot.com/2010/04/sala-do-projeto-tempo-integral-280410.html
Vale lembrar que eu trabalhava com linguagem e artes. Outra professora trabalhava matemática, tarefas e trabalhos em geral. Isto foi possível porque vivenciei uma situação específica e privilegiada. Eu tinha um projeto de leitura.
Nele trabalhei em parceria com as prof. de LP dos 6ºanos.Através do bom resultado,fui convidada a participar do TI, ajudando a colega responsável. Portanto, uma situação que surgiu graças ao bom relacionamento de todas envolvidas ,inclusive da especialista responsável pela escola da Superintendência Regional.
Normalmente destina-se uma professora para cada turma. No caso de 2 turmas e 2 salas disponíveis no mesmo horário,pode–se fazer trocas de conteúdos. Há casos de escolas com mais turmas ,assim as possibilidades aumentam consideravelmente.
Tudo é questão de combinar,conversar,ter apoio da direção e especialistas.
Integração com professoras do ensino regular:
Muito importante este contato. Destes encontros surgirão as “dobradinhas” de atividades.
Por exemplo as sequências didáticas. Vamos supor uma data comemorativa:
Festas juninas. Se a prof. do ensino regular trabalhar uma leitura informativa, vamos aproveitá-la na aula de artes. Que tal uma releitura da obra Bandeirinhas de Volpi?
Ou reforce com outras leituras informativas ou poema, conto, notícia,etc.
Em linguagem tudo é possível.
Meio ambiente? Ciências. Vamos fazer uma produção de texto ou um teatro.
Escolhendo um tema,tudo transforma-se em atividade eficiente e mais ainda,prazerosa para estes alunos que ficam mais tempo na escola.
Muito importante não seguir os mesmos passos das aulas regulares.
Pense bem...Ficar horas sentados em carteiras enfileiradas....
Por isto comparo o TI com uma sala de infantil.
Lá os pequenos se sentam em mesinhas com 4 lugares( normalmente).
Basta trazer esta realidade para o TI, de acordo com a faixa etária.
Caso não haja possibilidade alguma de contato com os prof. de ensino regular, os especialistas podem fazer uma intermediação.
Isto varia de escola para escola. Sou do tempo que supervisora fazia módulo II semanalmente com seus professores, individualmente e coletivamente. É dever dela ser capaz de orientar pedagógicamente seus professores.
Hoje,parece que o desvio de função toma conta.Assim seu verdadeiro papel fica destorcido.
Mais importante é que seus alunos não se sintam desmotivados devido a falta de integração entre ensino regular e TI.
Muitas escolas consideram o TI como sala de reforço do conteúdo do regular. Discordo totalmente. O prof. do TI pode e deve dar uma continuidade do conteúdo novo através da fixação, da variedade de atividades disponíveis sobre o conteúdo em questão.
Procuro trazer para o linguagem justamente estas sugestões.
Falando do Volpi novamente:
Leitura informativa, poesia, biografia, curiosidades sobre o pintor: Linguagem
Figuras geométricas: Matemática.
Desenho e pintura de bandeiras: Artes e coordenação motora, percepção visual,etc.
A diferença é que o prof.de TI não deve introduzir conteúdo novo. Não é sua tarefa.
As aulas devem ser uma extensão do ensino regular, proporcionando mais oportunidades de aprendizagem para os alunos com dificuldades.
Se na sua escola, os alunos não têm dificuldades de aprendizagem, do que acho impossível, fica mais complicado. No caso seria trazer atividades novas com nível mais elevado. Ou então focar trabalhos artísticos como aulas de pinturas, musicas,teatro, dança. etc.
De qualquer modo vale apostar nas aulas de Pequenas  Ternuras.

Veja postagens do: Projeto Pequenas Ternuras, Projeto Estímulo à Leitura, Projeto Linguagem e Afins, Projeto Recicriar.

Veja  também as postagens de valores, cidadania, ensino religiosa, ética, virtudes.
Como primeiro momento,creio que fiz comentários gerais pertinentes.
Mãos a obra! Boa sorte!
Caso precise de  outras sugestões, estou as ordens.Basta solicitar.
Tenho email disponível aqui no blog.
Outro detalhe : veja as indicações de outros blogs e também alguns links para pesquisas.



Link para essa postagem


Um comentário:

  1. boa noite anjo!!
    A vida é um misto de luz, sol
    e chuva, riso e choro, prazer e dor.
    Nem todos os dias podem ser brilhantes,
    mas é certo que nunca houve
    uma nuvem através da qual o
    sol não brilhasse depois.
    Cada vez que você sorrir e ver
    que isso é verdade,
    alguém em algum lugar, sorrirá
    de volta pra você, e nada
    no mundo pode tornar a vida
    mais valiosa do que a luz do sol
    e o calor de um belo sorriso!
    bjos de marcia e carlos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios