BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

quarta-feira, maio 18, 2011

No mundo da literatura - 18/05/11


Estimule a leitura dos alunos e
aproxime-se da vida e
obra de escritores a partir de
atividades com biografias
Por Gabriela Lara da Cruz Lucas*
Objetivos:
★ Criar um espaço de reflexão sobre os gêneros biografia e autobiografia a partir da vida e obra do modernista Oswald de Andrade
★ Estimular a leitura e o interesse pela vida e obra de escritores
★ Produzir uma autobiografia
Faixa etária: 1º ao 3º ano
Duração: 2 a 3 aulas
Há quem pense que criança tem pouca história pessoal ou nenhuma para contar, mas isso não é verdade!
Apesar de pequeninos, as crianças já têm uma história cheia de aventuras originais - histórias que podem até resultar em uma autobiografia!
Nesse sentido, o trabalho com os gêneros biografia e autobiografia torna-se uma estratégia interessante para lidar com os conteúdos específicos da língua portuguesa (escrita, leitura, narração e descrição), assim como uma possibilidade lúdica e afetiva de falar sobre sonhos, desejos e medos. No entanto, costuma ser difícil falar de nós mesmos.
Esse desafio fica bem mais fácil quando falamos sobre o outro e, por isso, é interessante começar a tratar do tema biografias a partir de personalidades, para só depois chegar à produção de autobiografias dos alunos.
Como sugestão, escolhemos o autor Oswald de Andrade (1890-1954), homenageado da FLIP (Festa Literária Internacional de Parati) deste ano.
Outras sugestões neste blog : BIBLIOGRAFIA
Escritor com personalidade polêmica, Oswald de Andrade é conhecido pelo seu papel essencial no movimento modernista, marcado por uma nova concepção de linguagem artística e pelo fortalecimento do caráter nacional.
E é a partir da vida e obra desse escritor que os alunos podem encontrar possibilidades de falarem sobre si próprios!
Roda de leitura: a vida de Oswald de Andrade
1. Forme uma roda de leitura para compartilhar a vida de Oswald de Andrade.
Você pode fazer a leitura do livro Oswald de Andrade, de Carla Caruso, em que a autora optou por uma linguagem poética e leve para que crianças entrem em contato com o autor.
2. Escolha fatos da vida do autor marcados pelo humor e que possam estar relacionado com as experiências das crianças, como os exemplos retirados do livro Oswald de Andrade:
A mãe de Oswald era devota de muitos santos.
 Quando vinha uma trovoada, chamava por Santa Bárbara e Seu Jerônimo!
E se aparecia uma barata, apelava para São Bento!
Oswald, quando tinha 10 anos, tinha muito medo do fim do mundo.
No livro, ele conta que na comemoração do novo século, ficou sentadinho, esperando dar meia-noite, pois nesse horário algum sinal apareceria no céu e se daria o temido fim do mundo!
Outra curiosidade: Oswald era gordinho e fugia das aulas de ginástica.
Ele também simulava ânsias de vômito para se livrar da escola!
Dica de leitura! Oswald de Andrade
O livro apresenta a vida e a obra de Oswald de Andrade numa linguagem clara e acessível. Autora: Carla Caruso Editora: Callis Preço: R$ 21,90 Onde encontrar: www.loja.callis.com.br
Saiba mais!
No site da FLIP você encontra um resumo da biografia de Oswald de Andrade: http://www.flip.org.br/homenagem.php.
Considerado o mais inovador entre os escritores do modernismo, Oswald foi protagonista da Semana de 22, escreveu Manifesto da Poesia Pau-Brasil (1924), Pau Brasil (1925) e Manifesto Antropófago (1928), além de introduzir a prosa experimental no país, com Memórias Sentimentais de João Miramar (1924).
A obra de Oswald de Andrade
Ainda na roda de leitura, leia os poemas Infância e Brinquedo, explicitando a relação dos textos com passagens específicas da vida do autor, também descritos no livro Oswald de Andrade:
Cartaz da Semana de Arte Moderna, anunciando Villa Lobos, Brasil, cidade de São Paulo, 1922.
INFÂNCIA
Oswald de Andrade
O camisolão
O jarro
O passarinho
O oceano
A visita na casa que a gente
sentava no sofá
Esse poema enumera lembranças esparsas que marcaram a vida do autor.
Aproveite para contar histórias da vida dele, como: a primeira vez que Oswald viu o oceano, ele tinha seis anos, ao viajar para o Guarujá, litoral de São Paulo.


BRINQUEDO
Oswald de Andrade
Roda roda São Paulo
Mando tiro tiro lá
Da minha janela eu avistava
Uma cidade pequena
Pouca gente passava
Nas ruas. Era uma pena
(...) Os bondes da Light bateram
Telefones na ciranda
Em redor da varanda (...)
(...) Roda roda São Paulo
Mando tiro tiro lá (...)
Explore a forma do poema: o caminhar das estrofes se deve à tentativa do autor de ilustrar concretamente as mudanças de São Paulo.
Veja que o autor faz referência à modernidade: os bondes, os telefones.
Já os versos "Mando tiro tiro lá" referem-se a uma cantiga infantil (o brinquedo do autor!) e misturam-se às lembranças dele.
Aproveite para explicar o que é o "modernismo" e o que aconteceu na semana de Arte Moderna.
Dica esperta!
Há outros poemas que podem ser trabalhados, como: Canto de regresso à pátria, Tarde de partida, Erro de português etc.
Todos os poemas devem ser contextualizados com a vida do autor e com as características do Modernismo.
A vida dos alunos
. Inicialmente, esclareça a proposta: explique que agora é a vez dos alunos contarem fatos marcantes de suas vidas!
2. Explique o que diferencia uma biografia e uma autobiografia de um conto, de uma fábula, de uma notícia etc.
Feito isso, convide-os a contar a sua própria história, dirigindo a atividade:
Que momentos marcaram sua vida?
Quando foi a primeira vez que você viu o oceano?
Quais são ou quais eram suas brincadeiras favoritas no quintal?
Qual é (era) seu brinquedo favorito?
Você tem ou já teve animal de estimação?
Quem é seu melhor amigo? etc. Nessa parte da atividade, estabeleça relações com o poema Infância.
3. Depois, estabeleça relações com o poema Brinquedo, fazendo perguntas e estimulando a discussão:
Como é sua cidade?
Como ela faz parte da sua vida?
Como é o trânsito?
Aqui tem mar?
Tem muitas árvores?
Tem algum parque perto da sua casa ou da escola?
Dica esperta!
Você pode indicar o livro da mesma autora de Oswald de Andrade, mas contando a história de sua esposa, Tarsila do Amaral!
O trabalho com esse livro pode também ser feito em parceria com o professor de arte.
Veja este livro  no blog:
A autora apresenta Tarsila do Amaral de forma encantadora: uma menina alegre, que aos poucos vai descobrindo o desenho e a pintura. Junto com belas e importantes obras de Tarsila, esta narrativa nos mostra momentos mágicos de sua infância.
Outra sugestão:
As Aventuras Extraordinárias de Júlio
Coleção Diários Descobertos Pelas mãos de Márcia Leite, Júlio Verne, precursor dos romances de ficção científica, escreve seu diário contando seus anseios de infância e juventude.
 O espírito aventureiro do jovem, sua coragem e vontade de conhecer o mundo são algumas das revelações sobre a vida deste grande escritor que vão encantar o leitor.
Autora: Márcia Leite
Ilustrador: Alexandre Camanho
Editora: Escala Educacional
Preço: R$ 24,50
Onde encontrar: http://www.escalaeducacional.com.br/
Produção de texto

1. Disponibilize canetinhas, lápis de cor, lápis e cartolinas para os alunos.
2. Cada aluno deverá escrever poemas autobiográficos, baseando-se nos textos de Oswald de Andrade.
Todos os cartazes devem ter um cabeçalho, no qual conste: nome inteiro, data de nascimento, nacionalidade, cidade de origem etc.
Os alunos podem, inclusive, desenhar a sua própria foto 3 x 4 ou colar uma foto.
3. Nesse momento da atividade, aprofunde os elementos da autobiografia: a partir do sobrenome, pergunte a ascendência da família, a partir da data de nascimento, ressalte que o aluno nasceu no verão ou no inverno etc.
4. Exponha os cartazes e peça que cada aluno apresente a sua própria autobiografia.
 Essa é uma boa oportunidade para o treino do gênero oral, destacando a importância da postura e da clareza da fala.
 Nesse momento, o retorno da atividade é indispensável: comente os cartazes, destacando os pontos positivos das autobiografias.
Colégio promove encontro de autora com alunos
Além das atividades propostas, outra forma de aproximar os alunos da literatura infantil é promovendo bate-papos com autores, como faz o Colégio Carmen Madre Sallés, de Brasília (DF). Em fevereiro, Vera Lúcia Dias, autora do livro Pingo, esteve no colégio nos períodos da manhã e da tarde. Ela trabalhou o livro com os alunos do 2º ano na biblioteca. "Quando a criança entra em contato com a obra ela tem uma experiência, e quando conversa com o autor, ela tem outra, mais profunda", explica Vera.
De acordo com Jacqueline de Mattos, coordenadora do Ensino Fundamental I do colégio, esses encontros são "momentos mágicos incomparáveis, pois a literatura torna-se, para as crianças, quase palpável".
Inicialmente foi feita a leitura do livro em sala de aula e diversas releituras, debates e trabalhos em cima da história, para que os alunos se sentissem preparados para conversar com a autora.
O encontro com a autora foi feito na biblioteca, para criar uma interação das crianças com esse ambiente propício à leitura, contribuindo para o desenvolvimento do hábito de ler.
Aula de Artes
Scrapbooking
Materiais:
Cola quente
Tesoura sem ponta
2 capas duras
Papéis color set verde e vermelho
Papel-cartão laranja
E.V.A. nas cores preto e roxo
Canetinhas coloridas
Régua de letras

1. Encape as duas capas com color set verde.
Cole as duas capas uma sobre a outra.
2. Corte quatro tiras de 2 cm do E.V.A. preto, quatro tiras de E.V.A. roxo e cole formando molduras.
3. Corte um retângulo de 14 x 8 cm no color set vermelho e cole dentro do quadro.
Corte um retângulo 8 x 4 cm no papel-cartão laranja e cole fazendo uma sobreposição no retângulo vermelho.
4. Escreva a biografia do Oswald de Andrade no quadrado vermelho.
5. Com a régua de letras o nome do autor na cor que preferir.
Dica esperta!
Dependendo da faixa etária, não é necessário ficar preso ao gênero poema.

O aluno pode escrever uma narração, relatando um momento marcante de sua vida, descrever uma história engraçada etc.
Para se ater ao gênero poesia, é interessante que os alunos tenham tido contato anterior com o gênero.
Dica esperta!
Faça outro scrapbooking com a mesma decoração (ou altere a ordem das cores), mas deixe os espaços para que a criança cole sua própria foto e escreva sua autobiografia.


Poema decorado
Materiais:
Cola quente
Tesoura sem ponta
Papel laminado vermelho
1 quadrado de 10 cm de sulfite amarela
1 capa dura
Canetinhas coloridas
Fita dourada
Barbante
2 quadrados de 2 cm de cartolina verde


1. Encape a capa dura com o papel laminado vermelho.
2. Cole o quadrado amarelo na capa.
Escreva o nome e o poema no papel com canetinha.
3. Cole as fitas em volta da capa com cola quente dando a ideia de moldura.
4. Cole as duas pontas do barbante na capa dura, formando o escapulário.
5. Faça uma cruz em cada quadrado verde.
6. Cole-os em cima e embaixo do barbante.
Saiba mais!
Escapulário é a tira de pano que os frades e freiras de certas ordens usam pendentes sobre o peito.Dica esperta!
Esse poema é apenas uma sugestão.
Você ou os alunos podem escolher outros poemas para ilustrar.
Fonte: http://revistaguiafundamental.uol.com.br/professores-atividades/85/artigo215204-1.asp


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios