BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

segunda-feira, julho 16, 2012

Avós>Ética>Idosos>Produção de textos> 16/07/12

A Ética e o Idoso:
na escola, a terceira idade entra em ação!

 O que o aluno poderá aprender com esta aula
1.Reconhecer e analisar as relações com os idosos da família, da escola e de outros grupos sociais de convivência, tendo por referência as atitudes de respeito, desrespeito, consideração, indiferença dentre outros.
2.Sensibilizar-se pela necessidade de respeitar e valorizar as pessoas idosas modificando, se necessário, as atitudes para com elas.
3.Criar momentos na escola de partilha de saberes entre os alunos, os avós e outras pessoas idosas da comunidade escolar.

Duração das atividades
Três aulas de 50 minutos.

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Para o desenvolvimento da aula é importante que os alunos conheçam o conceito de ética e que tenham noções básicas de leitura, interpretação e escrita.

Estratégias e recursos da aula
Atividade 1

VIAJANDO NA MÁQUINA DO TEMPO....
Inicie a aula propondo aos alunos uma viagem imaginária pelo tempo.
Organizados em semicírculo, eles deverão se sentar de forma confortável em suas carteiras para ser conduzidos pela voz de comando do professor nesta aventura!
Peça aos alunos que se preparem para dar início ao embarque na máquina do tempo.
Inicie a contagem regressiva: 5... 4... 3... 2... 1!
Em uma fração de segundos a máquina é acionada e os alunos entram em um túnel totalmente escuro a uma velocidade incrível...
Nesse momento, fica impossível calcular o tempo.
De repente, a máquina pára e eles são lançados para dentro de um salão enorme.
Ainda meio tontos, cambaleando pelo salão, conseguem ler em um relógio de terceira dimensão pairando no espaço o ano de 2050.
As bocas se entreabrem...
 Algumas crianças ficam paralisadas...
A perplexidade é geral!
Será possível?
Estamos sonhando?
Não mais que de repente, entram pelo salão afora uns personagens diferentes, mas que lembravam os super heróis do passado... pelo menos as roupas eram iguais às deles....
Professor, neste momento peça aos alunos que abram os olhos e apresente as imagens dos super heróis, disponíveis no link







 
Após a apresentação das imagens, prossiga a condução da viagem imaginária com os alunos:
A curiosidade era geral e todos se perguntavam:
Será o Batman?
O Robin?
O Incrível Hulk?
 O Homem Aranha?
O Super Homem?
A Mulher Maravilha?
Será que a velhice atingiu até os nossos inatingíveis super heróis?
Será que eles perderam os seus super poderes?
O que eles fazem aqui?
Será que ficaram esquecidos, abandonados?
Será que ainda são respeitados, admirados e valorizados?...
As perguntas eram intermináveis e só foram interrompidas quando um grupo de alunos teve a brilhante ideia de se aproximar dos super heróis para saber como foi que tudo isto aconteceu, como eles se sentem agora que são super heróis idosos, como são tratados pelas pessoas, que mensagem eles gostariam de deixar para as crianças e os jovens...
 Assim como os colegas, os outros alunos foram se agrupando em volta dos super heróis para conversar sobre todas as questões que os inquietavam.
Passado um tempo, todos se despediram e os alunos se prepararam para a viagem de volta na máquina do tempo.
Esta foi uma experiência inesquecível para todos!
Dando prosseguimento, solicite aos alunos que criem um texto sobre o diálogo estabelecido com os super heróis.
Os textos produzidos deverão ser compartilhados com toda a turma.
Neste momento, o professor poderá conversar com os alunos sobre o que foi possível aprender com a experiência vivida e a necessidade de refletir sobre as nossas ações para com as pessoas idosas modificando, se necessário, as atitudes para com elas.
Posteriormente, os textos deverão ser afixados em um mural de sala, que poderá ser ilustrado de forma bem criativa!

Atividade 2
Na sequência, saindo do imaginário e voltando o olhar para a nossa realidade, o professor poderá apresentar alguns dados estatísticos do IBGE acerca dos idosos no nosso país.
Antes disso, pergunte aos alunos:
Para vocês, o que é ser idoso?
Com que idade uma pessoa pode ser considerada idosa?
(Professor, ouça as respostas dos alunos e exponha que em nosso país, por estar em desenvolvimento, idosa é a pessoa com 60 anos ou mais e que, em países desenvolvidos, a idade que caracteriza uma pessoa como idosa é 65 anos.

 
VOCÊ SABIA?

Neste momento, informe aos alunos que “o Brasil possui cerca de 19 milhões de pessoas com 60 anos ou mais, o que representa mais de 10% da população brasileira, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Estimativas do órgão indicam que esse contingente atingirá 32 milhões em 2025 e fará do país o sexto em número de idosos no mundo.
É o grupo etário que mais cresce no Brasil”
(Professor, ao acessar o sítio
 você encontrará o texto na íntegra “IBGE: População de idosos deve chegar a 32 milhões até 2025 no Brasil”.
Para saber mais, visite o sítio
 “ Aumenta número de idosos no Brasil segundo IBGE”).

Prosseguindo, para ampliar as informações dadas aos alunos, exiba o vídeo “Idosos com vitalidade”, disponível no link
 que traz a reportagem do Jornal da Gazeta: “Os segredos da vitalidade”.

Dando continuidade, peça aos alunos que se organizem em duplas e que discutam as afirmativas sugeridas abaixo, que deverão ser escritas na lousa pelo professor.
As duplas deverão se posicionar criticamente frente às frases, justificando e exemplificando cada uma delas com situações do cotidiano:
. Envelhecer é o único meio de viver muito tempo.
. Muitas vezes os idosos são relegados, marginalizados, acusados de não entender nada…
. Os jovens pensam que os velhos são bobos.
. As únicas ocupações disponíveis para os idosos são as de avô caduco e velho chato.
. Os idosos são afastados das sociedades ocidentais onde a juventude é um valor apreciado.

 “Envelhecer”
– Albert Camus
 “Que lugar ocupam os idosos na nossa sociedade?”)

Em seguida, abra espaço para as duplas socializarem as suas discussões.
Aproveite o momento para abordar a questão do preconceito, da discriminação, da inclusão e exclusão dos idosos na sociedade atual.
Ilustre o debate convidando os alunos para assistir ao vídeo
 “Respeito aos nossos Senhores e Senhoras!” acessando o sítio


Após a exibição do vídeo, incentive os alunos a expressar os seus sentimentos.
Diga-lhes que na nossa sociedade, o desinteresse pelos idosos é muito mais do que o resultado da modernidade - trata-se de um costume cultural que aceitamos naturalmente - e que em algumas culturas, os idosos são respeitados e até chamados de sábios.

Atividade 3
OS IDOSOS EM DIFERENTES CULTURAS!
Inicie este momento perguntando aos alunos:
 O que vocês fazem com os brinquedos velhos?
E as roupas velhas?
Os sapatos velhos?
 O celular velho?
O que fazem com o que vai ficando velho?
(Professor, alguns alunos poderão responder que jogam fora, outros que fazem doações, outros que reciclam, outros ainda que os “abandonam” em um canto qualquer...).
 Após ouvir as respostas dos alunos, pergunte:
 Como vocês se relacionam com as pessoas idosas de sua família?
 E da escola?
 E da comunidade em geral?
Como as pessoas de seu grupo social se relacionam com os idosos?
As atitudes para com eles são de respeito?
 Desrespeito?
 Valorização?
Consideração?
Indiferença?
Essa forma de relacionar com os idosos em nossa sociedade se parece de algum modo com a forma de lidar com os objetos velhos?
 O que vocês sabem acerca de como os idosos são tratados em outras culturas?
Alunos organizados em grupos.
Com a colaboração dos professores de Informática, História, Geografia e de Português da escola, os alunos deverão realizar uma pesquisa no Laboratório de Informática sobre os diversos olhares acerca dos idosos em diferentes épocas e culturas.
Abaixo sugerimos alguns excertos de textos sobre a temática, a fim de serem lidos para os alunos. Após ouvir a leitura, os grupos poderão escolher um dos textos, para aprofundar o estudo:

Texto 1:

“Em muitas culturas e civilizações, principalmente as orientais, o velho, o idoso é visto com respeito e veneração, representando uma fonte de experiência, do valioso saber acumulado ao longo dos anos, da prudência e da reflexão.
Enquanto em outras, o idoso representa "o velho", "o ultrapassado" e "a falência múltipla do potencial do ser humano (...)”.


Texto 2:

“Hoje, o velho é visto como um ser passado, que já não está na moda.
Não obstante, nem sempre aconteceu isso.
Em outras civilizações e épocas históricas eles eram considerados como uma fonte de sabedoria e eles desenvolviam um papel essencial na vida do dia a dia das sociedades as quais pertenciam...
Para os egípcios, as pessoas de maior idade representavam a experiência e a sabedoria: tinham um importante trabalho social como educadores e guias dos mais jovens (...)”.


Texto 3:

“Na maior parte das sociedades indígenas a transmissão dos elementos culturais como a mitologia, os rituais e os costumes é feita oralmente e são os idosos que desempenham essa função fundamental para a sobrevivência dos povos...
No Brasil, existem cerca de 220 etnias indígenas e, em grande parte delas, a figura do ancião é valorizada como um arquivo vivo (...)”.


Texto 4:

“Diz o poeta Hampaté Bah, do Mali:
 "Quando morre um africano idoso, é como que se queimasse uma biblioteca".
Esta frase exprime bem o valor do idoso na sociedade tradicional africana, que tem uma cultura iletrada: o idoso, com a sabedoria adquirida nos seus longos anos de vida, torna-se o transmissor dos valores da cultura tradicional herdada dos seus antepassados (...)”.



Texto 5:

“Uma cena rara - na minha cultura - despertou minha atenção por duas vezes nesta semana aqui no México: idosos trabalhando no comércio.
Sim, idosos. Deviam ter mais de 60 anos.
Meu primeiro sentimento foi de pena, em ver aqueles “velhinhos” ainda trabalhando, em vez de estarem em casa fazendo “nada”.
E pensei: “eles deveriam estar descansando, pois já trabalharam tanto durante a vida…”
Mas depois, refleti um pouco mais diante daquela cena, e me lembrei o quanto essa população tem sofrido com pessoas que alimentam pensamentos parecidos com o que tive no primeiro momento (...)”


Professor, ao acessar o sítio

 Você encontrará uma variedade de entrevistas realizadas com idosos de diferentes países.
Eles compartilham as suas opiniões sobre as diferentes maneiras como as pessoas idosas são tratadas nos dias de hoje, além das suas esperanças e receios sobre o futuro.
Vale à pena conferir!
Após a realização do trabalho de pesquisa, os grupos deverão compartilhar o resultado dos estudos com os colegas, destacando as principais curiosidades e os aspectos mais significativos.
Os trabalhos deverão compor o mural de sala, juntamente com os textos referentes à viagem imaginária.

PARTILHANDO SABERES COM OS IDOSOS...

Proponha aos alunos um encontro a ser realizado na escola com os avós e outras pessoas idosas da comunidade escolar, para a troca de saberes entre todos.
Liste na lousa as ações necessárias para a realização do evento:
Definição do dia, horário e local; comunicado à direção da escola; contato com os professores, buscando as parcerias de trabalho; convite aos avós e às pessoas idosas da escola, deixando claro o objetivo do encontro; preparação do espaço e dos materiais necessários, dentre outras.
O professor dividirá as tarefas entre os alunos que deverão assumir de forma responsável e comprometida, as etapas de planejamento e organização do encontro.
A fim de preparar os alunos para esse momento, o professor deverá apresentar alguns textos/vídeo referentes ao “Tempo dos nossos avós”, para serem lidos/vistos e em seguida discutidos com toda a turma.

Sugestões de links:

Avós – Arnaldo Jabor

Ecológico é: viver como nossos avós

 A Escola No Tempo Dos Meus Avós

A escola no tempo dos nossos avós

O Natal no tempo dos meus avós

 Lançamento do filme “No tempo dos meus avós”

Na sequência, peça aos alunos que se organizem em grupos.
Cada grupo fará a escolha de algo para ensinar ou mesmo compartilhar com os idosos.
O “que” ensinar e compartilhar pelos grupos, poderá variar de acordo com os talentos, as competências e os desejos de cada um.
A única exigência a ser feita pelo professor aos alunos é que eles tenham uma atitude de respeito e abertura para ensinar e também aprender, para partilhar os mais diversos conhecimentos e experiências.
Os grupos deverão socializar as suas escolhas com os colegas e, se necessário, o professor poderá intervir, fazendo outras sugestões aos alunos.

Possíveis sugestões:

. Com a colaboração do professor de Informática da escola, os alunos poderão ensinar aos idosos a acessar a Internet para realizar pesquisas sobre temas de seu interesse, acompanhar as últimas notícias do seu time de futebol favorito, jogar alguns jogos de cartas on line e brincar de outros passatempos, participar de sítios de relacionamento pessoal (orkut, twitter, facebook, blogs....), dentre outros.
. Os alunos poderão propor uma “Roda de Conversa I” para contar aos mais velhos como é a escola que frequentam: o que costumam fazer na escola (aspectos da rotina escolar), os conteúdos ensinados, as diversas formas utilizadas pelos professores para ensinar e avaliar, as diversas fontes de pesquisa utilizadas para aprender (inclusive a Internet!), a relação professor-aluno e aluno-aluno, a interação escola-família e outros.
. Poderão propor também uma “Roda de Conversa II” para falar das famílias: as várias composições familiares, o número de irmãos, o trabalho dos pais, o cotidiano e os finais de semana em família, a forma como as famílias festejam os aniversários, Dia das Crianças, Natal e outras datas comemorativas, dentre outros.
. Com a participação dos professores de Educação Artística e Educação Física da escola, poderão ensinar os mais velhos a construir jogos e brinquedos com materiais recicláveis, para depois jogar e brincar com eles.
. Os alunos poderão montar um cenário dos objetos utilizados por eles no dia a dia, próprios do mundo contemporâneo, para apresentar aos mais velhos.
Dentre os objetos escolhidos, poderão fazer parte: celulares, videogames, notebooks, máquinas fotográficas digitais, blu-ray, pendrive e outros.
Na oportunidade, os alunos poderão exibir a reportagem do Fantástico do dia 03/01/2010: “Novas tecnologias permitem deixar o futuro mais próximo do presente”, disponível no link


É chegado o grande dia!
 Alunos e professores deverão receber os convidados – avós e pessoas idosas da comunidade escolar -, para mais um momento de troca e de aprendizagem.
O professor deverá garantir a realização do planejamento, visando à integração entre as pessoas e a partilha de saberes entre todos.
O painel com os trabalhos de pesquisa e textos produzidos pelos alunos durante a aula deverá ser exposto para conhecimento dos presentes.
Este encontro poderá ser filmado e editado posteriormente, para possibilitar estudos e reflexões sobre a temática do idoso na escola.

Recursos Complementares
Professor, sugerimos abaixo alguns sítios de informações/vídeos sobre o assunto, para seu conhecimento ou para ser utilizado com os alunos durante o desenvolvimento da aula:

Campanha da Melhor Idade

Idoso ou Velho?

Envelhecer

Avaliação
A avaliação deverá ser contínua, processual e diagnóstica durante todo o desenvolvimento da aula: acompanhar e avaliar os alunos nas diferentes etapas do processo de aprendizagem, compreender as estratégias utilizadas por eles na construção do conhecimento e organizar formas de intervenção adequadas às reais necessidades dos alunos e que possibilitem avanços cognitivos.
Autoavaliação dos alunos (oral ou por escrito): Participação individual e grupal nos momentos da aula propostos pelo professor.
Avaliação dos alunos pelo professor:
Respeito aos momentos de fala e de escuta e às opiniões dos colegas.
Envolvimento e participação dos alunos nas atividades propostas.
Avaliar se os alunos foram capazes de: sensibilizar-se pela necessidade de respeitar e valorizar as pessoas idosas; reconhecer e analisar as relações com os idosos dos grupos sociais de convivência; produzir textos criativos, coesos e coerentes sobre o diálogo estabelecido com os super heróis; realizar trabalho de pesquisa sobre os diversos olhares acerca dos idosos em diferentes épocas e culturas; planejar e executar o encontro com os idosos na escola para a partilha de saberes entre a comunidade escolar.

 
  A Ética e o Idoso: Comemorando o Dia Internacional da Terceira Idade.

 
 


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios