BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, dezembro 23, 2012

É com essa que eu vou> Estímulos carnavalescos literários>23/12/12

TUDO PELA FANTASIA


Menina que queria muito ganhar concurso em um baile de carnaval apronta uma boa para os pais: decide usar uma fantasia de diabo.
História simples e divertida, com o traço inconfundível de Ivan Zigg. Boa leitura, mesmo depois do carnaval.
Todo mundo pode ser criativo.
A invenção deveria ser incentivada o tempo todo!
Na família, na escola, na sociedade.
Mas nem sempre é assim, às vezes, mais fácil – resta saber para quem? – é seguir o que já existe, usar o que já está pronto, imitar o que a maioria faz. Será?!!!!
Menina acostumada a participar de concurso de carnaval e perder todo ano, decide bolar sua própria fantasia.
 Toma posse de algumas peças no guarda-roupa da mãe, faz um mistério danado e só na hora do baile, deixa que os outros conheçam sua diabólica criação de... DIABO!
Para surpresa de todos, neste ano o resultado é bem diferente!
E o prêmio, uma bicicleta novinha!
É a própria personagem principal quem conta a história.
 Portanto, a história já aconteceu e é agora um fato guardado na memória.
História contada assim pelo “sujeito” que a viveu tem um sabor todo especial!
E sabor especial tem também os carnavais de antigamente.
Desde as clássicas fantasias (havaiana, odalisca, tirolesa, melindrosa, etc.) até os sacos de confetes e serpentinas.
Quem nunca viveu isso, pode conhecer um pouquinho através dessa divertida história.
E principalmente, animar-se para fazer contato com as marchinhas de carnaval!
As histórias de Lúcia Fidalgo parecem que foram escritas para serem contadas em voz alta.
Esta, principalmente, tem um ritmo gostoso, uma duração precisa e um clima leve e pra cima.
A autora é contadora de histórias do grupo Morandubetá (Rio de Janeiro) e escreve a partir de sua prática de narradora oral.
As ilustrações de Ivan Zigg, sempre com seu traço bem humorado e com jeito de história em quadrinhos, tornam o livro ainda mais engraçado.
Ao final do livro há um pequeno texto contando a história do carnaval, feito na medida para os pequenos leitores.
Depois, é só sair cantarolando “A minha fantasia de diabo, só falta o rabo, só falta o rabo...”, na engraçada letra de Haroldo Lobo e Milton de Oliveira, grandes mestres carnavalescos!
Vejam projetos carnavalescos aqui:

De olho no carnaval
Objetivos:
★ Compreender sobre a estação do ano, o verão Incentivar os cuidados com o sol e com o corpo;
★ Estimular uma alimentação mais saudável no calor
O carnaval chegou ao país influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa, em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias.
Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem europeia.
No final do século 19, começaram a aparecer no Brasil os primeiros blocos carnavalescos.
 As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está aí a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais.
O carnaval foi crescendo e se tornando cada vez mais uma festa popular.
 Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas.
Como não passar em branco esse período tão importante no cotidiano da escola?
Algumas atividades podem ajudar os professores a comemorarem o carnaval e ainda desenvolver habilidades nas crianças.
Baile de carnaval
Que tal um momento para dançar, festejar e pular, assim como se faz nas grandes festas de carnaval?
A ideia é que as crianças venham fantasiadas para a escola e nesse dia dançarão ao som das marchinhas de carnaval e de adereços produzidos por eles mesmos.
Para aumentar ainda mais a criatividade, porque eles mesmos não produzirem suas próprias fantasias?
"Na verdade, o carnaval é como o jogo de faz-de-conta, no qual os alunos começam a se identificar com os personagens, inventando papéis, imitando situações e reproduzindo comportamentos", comenta a professora do Colégio Santo Agostinho, Regina Marabello


Balangandans
Materiais:
★ Papel crepom colorido
★ Barbante
★ Fita adesiva
★ Tesoura
Objetivos:
★ Construir o próprio adereço de carnaval.

Fotos: Cris Santos

1. Pegue o papel crepom e corte ele inteiro em pedaços com cerca de 4 cm.
2. Pegue dois pedaços desses, se possível, de cores diferentes e dobre as pontas deles.
3. Enrole essas pontas a um pedaço de barbante com cerca de 60 cm.
4. Depois, é só enrolar o crepom e o barbante a uma fita adesiva e o balangandam está pronto para ser chacoalhado para todos os lados pelas crianças no baile de carnaval.
Máscaras carnavalescas de pratos de papelão
Cada criança recebe um prato de papelão do tamanho de sobremesa e basta desenhar e recortar um círculo onde ficará os olhos e a boca e pintar, colar adereços, enfim, enfeitar cada um a seu modo com vários materiais disponíveis.
Depois, é só esperar secar e usar as máscaras no baile de carnaval
Você sabia?
O carnaval não é comemorado somente no Brasil, mas em várias partes do mundo como Alemanda, Reino Unido, EUA e Veneza.
Dica de música
Faixa etária: 0 a 2 anos - Todos com um pirulito nas mãos e roupas bem coloridas. Faixa etária: 2 a 3 anos - Confeccionar chapéus de pirata
Pirulito

Ioiô dá o braço pra Iaiá
Iaiá dá o braço pra Ioiô
O tempo de criança já passou, ô!
Pirulito que bate bate
Pirulito que já bateu
Quem gosta de mim é ela
Quem gosta dela sou eu, hei!
Agora é melhor
A gente dançar
Juntinhos assim
Se tem mais prazer
Quem não dança o Pirulito
Que alegria pode ter?
Pirata perna de pau
Eu sou o pirata da perna de pau
Do olho de vidro da cara de mau
Minha galera dos verdes mares não teme o tufão
Minha galera
Só tem garotas na guarnição
Por isso se outro pirata
Tenta a abordagem eu pego o facão
E grito do alto da popa:
Opa! homem não!

Fotos: Cris Santos




Música
É Com Esse Que Eu Vou
Elis Regina


Com esse que eu vou sambar até cair no chão
Com esse eu vou desabafar na multidão
Se ninguém se animar
Eu vou quebrar meu tamborim
Mas se a turma gostar vai ser pra mim
É com esse que eu vou sambar até cair no chão
É com esse que eu vou desabafar na multidão
Se ninguém se animar
Eu vou quebrar meu tamborim
Mas se a turma gostar vai ser pra mim
Quero ver o ronca-ronca da cuíca
Gente pobre, gente rica, deputado, senador
Quebra quebra eu quero ver
Uma cabrocha boa
No piano da patroa batucando
É com esse que eu vou
Mas quebra, quebra que eu quero ver
Muita cabrocha boa, no piano da patroa
E é com esse que eu vou
E é com esse que eu vou
Mas é com esse que eu vou
Sambar até cair no chão
Com esse eu vou desabafar meu coração
Sambar na multidão
Com esse eu vou
Desabafar meu coração
Com esse eu vou
Desabafar na multidão
Meu coração, eu vou
Eu vou, eu vou, eu vou
É com esse que eu vou
Eu vou
Com esse eu vou
Eu sei que vou
Sambar na multidão
Desabafar....


É COM ESSA QUE EU VOU
Lúcia Fidalgo


É COM ESSA QUE EU VOU
É UM LIVRO QUE FALA DE CARNAVAL
TALVEZ O MELHOR DE TODOS
OU TALVEZ O MAIS ESPECIAL!


TODO ANO MAMÃE ESCOLHIA
PARA A MENINA, A FANTASIA
MAS MAMÃE NÃO SABIA
QUE NÃO ERA AQUELA FANTASIA
QUE A MENINA QUERIA!


A MENINA QUERIA O PRÊMIO
DE MELHOR FANTASIA GANHAR
SÓ QUE ELA NÃO ERA GÊNIO
ENTÃO, QUAL FANTASIA USAR?!


TENTOU SE FANTASIAR DE DIABO
PROCUROU UM RABO
EM SEGUIDA UMA TOUCA
E AÍ PENSOU:
MAIS QUE COISA LOUCA!


QUANDO CHEGOU O GRANDE DIA
MAMÃE TENTOU ADIVINHAR
QUAL SERIA A FANTASIA
QUE A MENINA IRIA USAR!


ELA JÁ ESTAVA FANTASIADA
E BASTABTE EMOCIONADA
LOGO ERA HORA DE DESFILAR
E ELA PRECISAVA GANHAR.


E QUANDO A MENINA GANHOU
SUA VÓ DESMAIOU
PORQUE A AVÓ ERA RELIGIOSA
E ACHOU A MENINA MALICIOSA!


A MENINA SABIA
QUE A MÃE RECLAMARIA
MAS ELA NEM OUVIU
PORQUE O QUE ELA QUERIA JÁ CONSEGUIU!


AGORA SEMPRE QUE É CARNAVAL
A MENINA PROCURA
UMA FANTASIA ORIGINAL
PARA VER QUAL
FICARIA A SUA ALTURA


ESSA É UMA HISTÓRIA DE CARNAVAL
NELA TEM AVENTURA E MAGIA
E SÓ QUEM SABE DISSO
É QUEM JÁ FOI CRIANÇA UM DIA!




Vejam  mais atividades aqui:

È carnaval na sala de aula!
Em muitas regiões do país, o Carnaval não se limita a quatro dias, e a semana toda vira uma festa só. Traga a alegria dessa manifestação popular para a sala de aula com o projeto proposto pela coordenadora pedagógica Celina Botana e pela psicóloga educacional Isabel Cristina Rocha, da escola O Mundo da Criança, em São Paulo (SP). Este ano, a terça-feira de Carnaval cai em 8 de março.

★ Primeira aula (segunda-feira): faça uma roda com os alunos e converse sobre o Carnaval, perguntando o que é o Carnaval e o que eles sabem sobre essa festa. Anote o que os alunos disserem e peça para cada um deles fazer um desenho sobre o que foi conversado.

★ Segunda aula (terça-feira): peça às crianças que tragam de casa figuras sobre o Carnaval nas várias regiões do Brasil e confeccione um mural com elas.

★ Terceira aula (quarta-feira): construa enfeites com as crianças para decorar a escola, usando sucatas, papéis coloridos, papel crepom, cola, lantejoulas etc. Você pode ajudá-los a fazer máscaras, argolas, instrumentos musicais, pompons, entre outros enfeites.

★ Quarta aula (quinta-feira): com os desenhos realizados pelas crianças e os enfeites, monte um mural e prepare uma exposição para ser mostrada aos pais e responsáveis pelos alunos.

★ Quinta aula (sexta-feira): Festa de Carnaval. Combine com as crianças para virem à escola fantasiadas e convide-as a participar de um desfile de fantasias. Providencie confetes e serpentinas e promova um baile com muita música e marchinhas de Carnaval. Aproveite para fazer um resumo de tudo o que foi trabalhado durante a semana.
Modelos de máscaras:





Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios