BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

sábado, agosto 10, 2013

Folclore > Parlendas matemática e tradição > Aulas práticas > 10/08/13


CONTAGEM

Sylvia Orthof

VOCÊ JÁ CONTOU AS ESTRELAS? 
E NUVENS? E PASSARINHOS?
JÁ CONTOU QUANTOS DEDINHOS
TÊM OS PÉS DA CENTOPEIA? 
JÁ CONTOU QUANTAS HISTÓRIAS 
CABEM DENTRO DAS IDEIAS?
JÁ PENSOU QUANTAS BESTAGENS
PODEM SER INTELIGENTES?
JÁ CONTOU QUANTOS GEMIDOS
CABEM NUMA DOR DE DENTE?
JÁ PENSOU QUANTAS MENTIRAS
ESCONDEM CERTA VERDADE?
QUANTAS GRADES E GAIOLAS
TRANCAM A NOSSA LIBERDADE?

Vejam neste link abaixo ideias para aulas de matemática   agregando parlendas
Vamos aprender matemática brincando?
http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/4244798/4104859/NCM_MAT_4.ANO_1.BIM_2.0.1.3..pdf
Vejam mais...
A palavra DOMINGO, na parlenda e a palavra TEMPO, no trava-língua se referem à contagem dos dias. Você sabe
como contamos os dias e como organizamos esses dias no calendário? O calendário serve para organizar os dias
dentro dos meses. Mas como isso começou?
Observando o nascer e o pôr do sol, o homem criou uma forma de contar o tempo. Dividiu esse tempo em horas e as agrupou em dias, semanas, meses, anos etc.
 Aula:Relógio/Tempo
Português-Trabalho com poesia
           Leitura e interpretação
           Produção Textua
 Matemática-O relógio e as horas
                    Histórias Matemáticas
 Introdução
     Lançamento: A professora levará para a sala de aula um grande relógio feito em cartolina com os ponteiros móveis e irá expô-lo em um local visível a todos os alunos.
   Exploração: Então, após as crianças observarem o relógio, serão feitos os seguintes questionamentos:
·        O que é isso?
·        Para que ele serve?
·        O relógio é importante para a nossa vida?
·        Por quê?
·        Em quais situações do dia-a-dia vocês dependem do horário?
·        Quantas horas há em um dia?
·        E quantos minutos há em uma hora?
·        Quantas horas mais ou menos você dorme por dia?
·        E quantas horas mais ou menos você fica acordado?
·        E como é que olhamos as horas no relógio?
·        E o que tem a ver o relógio com o que estamos estudando (poesia)?
·        Será que é possível fazer uma poesia sobre o relógio?
·        E será que alguém já fez isso?
·        Você acha que conseguiria fazer uma poesia sobre esse assunto?

   Explicação: Então, a professora explicará às crianças que o relógio é um fator muito presente na sociedade, principalmente no meio urbano, em que as pessoas estão cada vez mais envolvidas em diferentes atividades, ocasionando um grande corre-corre. Mas, às vezes, é importante observarmos que nos tornamos tão “escravos” das horas que acabamos nos esquecendo que momentos de lazer ou de descanso são muito importantes e necessários. Mas o que tem a ver esse assunto com poesia? Tudo! O nosso querido escritor Mário Quintana escreveu um poema intitulado “Ah! Os relógios!” que fala sobre essas questões de uma maneira muito inteligente, como veremos a seguir:

Nesse momento, a professora entregará para cada aluno uma cópia do poema, como abaixo:
  AH! OS RELÓGIOS

Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios...

Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida - a verdadeira -
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.

E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém - ao voltar a si da vida -
acaso lhes indaga que horas são...
Mário Quintana
Leitura silenciosa;
Leitura oral:
         *1º: professora;
         *2º: alunos (cada um lê um verso);
Discussão sobre o poema;
 Atividades
  1)Analisando o poema “Ah! Os relógios”, de Mário Quintana, responda as questões a seguir:
                   a. Por que será que o autor diz que “o tempo é uma invenção da morte”?
                   b. O que você entendeu do poema?
                   c. O autor diz que “basta um momento de poesia para nos dar a eternidade inteira”. Você concorda? Por quê?
                   d. Para o autor, a poesia é importante? Por quê?
                   e. Por que será que o autor diz que os anjos ficaram espantados?
                   f. Qual será o motivo do espanto dos anjos?

         2) O relógio torna-se importante para que se estabeleça uma rotina diária. Escreva mais ou menos o que você faz em cada um dos horários abaixo:
·        0h às 6h=_
·        7h às 7h30min=__
·        7h 30min às 10h 45min=__
·        10h 45min às 12h=__
·        12h às 17h=_
·        17h às 23h=____

3) Tente montar uma pequena poesia contando um pouco do que você faz no dia-a-dia, citando alguns horários. Solte sua imaginação!

4)Observe o relógio abaixo:
( a professora desenhará um relógio marcando 7h 15min)
Agora, responda as questões a seguir:
a.      Qual horário o relógio está marcando?
b.     Como escrevo esse horário se estiver no turno da tarde?
c.      Se estivermos no turno da manhã, quantos minutos faltam para que a nossa aula inicie?
d.      Imaginando que estamos no turno da manhã, qual horário o relógio deve marcar:
·        Meia hora antes:
·        Meia hora depois: 
·        2 h depois:
·        40 min antes: 
·        3 h antes: 
·        24 h depois: 
·        12 h antes:

5) Complete:
         a. 1 dia= __________horas
         b. 1 Hora= ________ minutos
         c. 1 Minuto=_______ segundos
6) Desenhe relógios em que os ponteiros indiquem os horários abaixo:
·        12 h;
·        12 h 40 min;
·        7 h;
·        10 h 45 min;
·        19 h 50 min;
·        2 h 15 min;
·        13 h 20 min;
·        10 h 05 min;
 Tema de Casa
1)      Passe para horas:
a.      30 min:
b.     90 min:
c.      120 min:
d.      180 min:
e.      210 min:
f.      240 min:
g.      260 min:
h.      300 min:

Histórias Matemáticas:
2) Levei 250 minutos para ler um livro de 500 páginas. Com base nisso, responda:
         a. Quantas horas levei para ler o livro?
         b. Quanto tempo levei para ler cada página?
         c. Se o livro tivesse 1000 páginas, quantas horas eu levaria para lê-lo?
 Síntese: Que horas são?
         A professora vai colocando horas diferentes no relógio de cartolina e perguntando às crianças que horário está sendo marcado. À medida que os alunos vão acertando, a professora dá um “prêmio” ao aluno (balas).
Suplemento linguístico para o poema Contagem:
Com base no poema “Contagem”, responda as questões a seguir:
a. O que você achou do poema?
 b. Qual é o assunto principal do poema?
 c. Na sua opinião, qual o objetivo da autora ao organizar o poema em forma de questionamentos?
3) A última estrofe do poema faz uma forte crítica a tudo que nos tira a liberdade. O que você entendeu dessa estrofe?
  4) Pinte as rimas do poema:
 5) Tente responder aos questionamentos feitos pela autora:
 6)Complete:
         a. Quantidade de versos:
         b. Quantidade de estrofes:
         c. Quantidade de versos por estrofe:
(Retirado do projeto mundo das letras)  
Dica matemática do Linguagem
Matemática no ensino infantil aqui:
http://galeriadotextoinfantil.blogspot.com.br/p/atividades-de-matematica-educacao.html

O folclore no cotidiano escolar

Nova escola traz muitas sugestões sobre o tema.
O fato da abordarmos o folclore em agosto não significa que ele não deve ser tratado durante o ano letivo. Por consequência do calendário de datas comemorativas o folclore é "comemorado" neste mês.
Ressalto estes pontos abaixo:
A abordagem por etapas de ensino
Educação Infantil

Para aproximar o folclore da realidade dos alunos na Educação Infantil, os educadores podem inserir nos planos de aula brincadeiras e cantigas de roda (como ponto de partida e não como abordagem exclusiva). Além de estimular o movimento, algo fundamental nessa etária, elas ajudam as crianças a desenvolver a fala. Batucar e dançar ritmos regionais, por exemplo, faz os pequenos entrarem em contato com manifestações artísticas locais, que são expressões de sua cultura. "Começar com aquilo que o aluno traz facilita o entendimento da diversidade cultural", diz Ikeda.

Ensino Fundamental 1

A partir do 1º ano, já é possível contar com a ajuda dos alunos para levantar diversos elementos do folclore, sem perder de vista que um ensino eficiente requer planejamento, avaliação inicial e contínua e uma sequência lógica que leve à construção do conhecimento. Não faz muito sentido para um aluno do Sudeste brasileiro, por exemplo, entrar em contato com mitos e lendas da Amazônia se ele ainda não conseguiu entender a noção de folclore. É com base no levantamento de exemplos de situações mais próximas da realidade dos estudantes que o professor consegue perceber quando eles estão prontos conhecer os aspectos que fazem parte da cultura de outras regiões do país - que ele não pratica, mas que podem ser melhor entendidos por meio dessa análise que parte dos elementos mais conhecidos e segue para outros mais distantes. Para um aluno pernambucano, por exemplo, entender as origens do carnaval de Olinda e aprender mais sobre os festejos locais pode ajudar na identificação de diferenças e semelhanças na celebração da festa no restante do Brasil.



Vejam tudo aqui:
http://revistaescola.abril.com.br/folclore/
Atividade Folclore Contando Personagens e Registrando
Vejam as sugestões do blog Ideia criativa sobre folclore aqui:
Tem muito mais lá....







Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios