BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

terça-feira, março 06, 2012

Romero Britto na avenida> Carnaval 2012> Limeriques e afins> 06/03/12



“O mundo artístico precisa mudar para que a arte chegue
ao povo e o Carnaval é um meio de levar a arte ao povo”.
Romero Britto

Notícia 1
RENASCER - A estreante no Grupo Especial levou para a Sapucaí a história do pintor Romero Britto, que veio na última alegoria. Na comissão de frente, latões gigantes de tinta, cada um com uma letra do nome da escola (de um baú, saia a letra ‘a’). A inspiração divina veio na roupa do mestre-sala e da porta-bandeira Fábio Jr. e Jéssica, toda na cor branca.
As alas reproduziram a aquarela, a descoberta das cores pelo futuro pintor, as artes do Ocidente, a boemia carioca, o Bacalhau do Batata (bloco pernambucano, estado onde nasceu Britto), ‘O Abraço’ (seu quadro mais famoso) e sua exposição no museu do Louvre.
Nas alegorias, a transcendência da criação; um Cristo Redentor estilizado; a arte nordestina; e a arte como consumo (nesse carro que reproduziu Miami, veio o ator Luiz Salém). As baianas reproduziram a inspiração em cores, com uma saia colorida.



Notícia 2

Arte de Romero Britto faz sucesso internacionalmente por seus quadros pop art.
 As cores vivas usadas pelo artista já estavam presentes desde a comissão de frente, que levava latas de tinta gigantes, em referência às mais usadas pelo artista.
O carnavalesco Édson Pereira colocou no primeiro carro, "Transcendência da Criação", a representação do poder divino e da inspiração .
A alegoria trouxe diversas telas de LED que, ao serem acionadas, mudavam a cor de todo o veículo.
A segunda alegoria, "Conhecimento Vivo", citou as influências e conhecimento adquirido pelo artista ao longo de sua formação.
A Medusa, pintada pelo pintor italiano Caravaggio, dominava a cenografia do carro "saltando" da moldura do quadro.
Coube ao terceiro carro a primeira alusão direta às formas e misturas de cores feitas pelo pintor natural do Recife.
 Batizado de "O Dom da Alegria Explode na Folia", levou um grande coração, que está em diversas obras de Romero Britto.
O encontro do artista com os apreciadores e clientes ocorreu simbolicamente na quarta alegoria: "A arte do consumo e o consumo da arte".
O quinto carro, "Alô Romero Britto: aquele abraço!", levou para o samba um Cristo Redentor estilizado ao modo das obras do artista e reuniu outras muitas referências de um Rio de Janeiro pintado pelo artista.
O artista se apresentou como destaque do sexto e último carro, batizado de "Pelo filho de seu chão, Pernambuco é explosão em plena Sapucaí".
A alegoria, que já havia sido precedida por diversas alas com referências ao frevo e outras marcas do estado natal do pintor, foi toda decorada com referências pernambucanas.
Após a apresentação, o artista se mostrou emocionado.
Ele disse que o desfile "foi lindo" e que iria "chorar a noite inteira".








Enredo: O Artista da alegria dá o tom na folia.
A Escola escolheu homenagear Romero Britto, e fez um bem à população geral do Brasil - afinal, muitos ainda não conheciam a obra desse artista, e o que se viu na Avenida deu o gostinho.
A Renascer passou bem pela Sapucaí, Romero Britto estava emocionado, e o povo ganhou com a oporunidade de conhecer melhor o trabalho dele.




O artista da alegria dá o tom na folia

Samba enredo
Autores: Claudio Russo, Adriano Cesário, Fabio Costa e Isaac
Intérprete: Rogerinho Renascer
Esse dom que faz o artista imortal
É luz do céu para pintar
A renascer no carnaval
O faz buscar em cada cor o infinito
Acreditar romero brito
Que deus mora na inspiração
Em páginas arte que viu
O inverso se abriu, presente de irmão
Contraste que se refletiu
Universo do artista, outra direção
Nas cores de sua aquarela
Valores brincando na tela
Aquele abraço desenhar
Gira o compasso eu quero outra vez sambar
Sensibilidade, pop arte ao mundo espalhou
Sorrir é brilhar,
Dar ao papel a emoção que seduz
Eu sei que a arte vai reinar
Tal qual as telas na cidade luz
Do alto do morro o redentor abraça o gênio
Que hoje repinta esta cidade
Moleque recife é saudade
Há tantos meninos assim
Querendo um sonho,
Na liberdade das cores sem fim
Pintor d’ alegria, calor da emoção
Pintou renascer no meu coração
No tom da folia vou me apresentar
Na galeria jacarepaguá




Limeriques para pinturas
Zaé Júnior
Obras de Romero Britto
Editora Noovha America

Cartão de Natal

O cartão de Natal traz alegria,
pois resume o ano todo num só dia;
toda a gente pede bis,
quando lê "seja feliz"
na assinatura embaixo da poesia!


O gatinho

No jardim,tantas flores, bem juntinho,
gosto de ler história ao meu gatinho;
gatinho não sabe ler,
mas sabe ouvir e entender
o que a criança lê, se houver carinho!

Banco Atlântico

O exemplo dos pais

Família unida lê. Mas os primeiros
são os pais,em voz alta, conselheiros,
mais velhos,mais experientes;
dando aos filhos seus presentes
de amor,devida e sonhos passageiros!

Lições de amor

Os pequenos cantores

Os livros podem ser só de canções,
pra gente ler cantando e os corações
se encontram no jardim.
Crianças cantando assim...
cirandas,rocks,sambas e baiões!

Contador de histórias

O silêncio é de ouro

No campo, a natureza,ao sol radiante,
vendo o filhinho e a mãe ,num doce instante,
lendo quiteos junto ao rio,
pede pra calar o pio
do passarinho que cantava arfante!

Ouvindo

Os três jograis

Se o livro é de um teatrinho com mil tranças,
a gente lê juntinho, três crianças,
eu José,você a Aurora,
e ela a Lis,vivendo agora,
três heroizinhos feitos de esperanças!

Menino lendo/ Sonho de amor 

Sua alteza, o leitor


Com quem se parece?Usando essa tiara,
é bem de um rei romano a sua cara.
E olhem só o que está lendo;
mil histórias revivendo
a velha Roma,que é pra nós tão cara!


Sonho de amor



A florzinha na testa,em paz, sorrindo,
ela vai desvendando o sonho lindo,
que o livro está conatndo;
então, também vai sonhando
com seu sonho de amor também florido!


Amor e esperança / Menino e cachorro lendo

A troca


A maninha só lê versos de amor,
o maninho lê contos de terror.
A poesia é cor-de-rosa.
Se o terror tem cor maldosa,
trocam seus livros pra mudar a cor.

Cãozinho de guarda


O cãozinho de guarda guarda o dono,
guarda a história que lê,guarda seu sono,
porque é este o seu trabalho;
de noite,se cai o orvalho,
de dia,ao som do vento, ao sol do outono!


Casa do poder /Sobre inverno
A leitora oculta


Menininha escondida atrás das cores,
dos traços do seu livro e seus amores,
que o texto conta com gosto,
apareça,mostre o rosto,
para que eu possa amá-la e dar-lhe flores!

Os dois leitores


Quem está lendo?...É ela ou ele, o cão?
Os dois estão vidrados e a expressão
é de muita inteligência,
alegria e pesristência,
dos dois companheirinhos de atenção!



 Aprendendo o melhor/Amanhã



A luz maior



Se a gente lê à luz das estrelinhas,
pois nem a lua ofusca essas rainhas,
nosso livro iluminado,
faiscando o seu recado,
clareia o sol em nossas cabecinhas!

Suave milagre


Livro de flor...Na capa,a margarida.
Mas na leitura,linda,a mais querida,
reina a rosa cor - de - rosa,
a obra de Deus milagrosa,
felicidade e amor em nossa vida!


Boas pedras



A vaidosa


Minha irmã que é vaidosa e toca piano,
sabe ler inglês, e em tom soprano,
vai cantando enquanto lê.
E você sabe por quê?
È a história de um cantor americano!

   Divulgação
O universo Romero Britto é imenso

Colegas e fãs do artista:

È inesgotável a criatividade deste brasileiro vitorioso, que infelizmente precisou sair do país para sobreviver e "aparecer". Como diz o ditado"Santo da casa não faz milagre", não é?
Pois bem, agora ele é reconhecido, que bom!
E ele naõ tem fronteiras,melhor ainda para nós educadora.
Coloquei aqui  uma entrevista, para vocês aproveitarem este gênero literário.
Além de conhecermos a história do seu livro infantil, podemos integrar  tantos conhecimentos para "colorir" mais nossas perspectivas didáticas.

Gostaria imensamente que as colegas se manisfestassem com recadinhos para mim, só pra eu saber se estou acertando nas atividades que trago pra o Linguagem.
As postagens de Romero são bem visitadas, e por esta razão trouxe mais estas sugestões....

O livro que é uma verdadeira obra de arte

O artista pernambucano Romero Britto lança seu
primeiro livro infrantil "Onde Está o Urso da Amizade"

Divulgação

Alegres e coloridas, as telas do artista pernambucano Romero Britto decoram a casa de dezenas de celebridades brasileiras, como Xuxa e celebridades internacionais, como Arnold Schwarzenegger, Madonna e Paloma Picasso, filha de um dos maiores pintores do século, Pablo Picasso.
Suas obras cativam pelo traço quase infantil, cores vivas e fortes e pela mescla de figuras geométricas e de personagens criados por ele.
O sucesso é tanto que suas obras já foram usadas em embalagens de produtos, coleções de biquínis de grife, sandálias e até em carros.
Pois agora, Romero Britto estreia em um novo segmento.
O artista acaba de lançar seu primeiro livro infantil: “Onde Está O Urso da Amizade” (Editora Globo).
A obra é um deleite para adultos que admiram o trabalho de Britto e ao mesmo tempo fascina as crianças, que ficam hipnotizadas com as belas figuras que saltam aos olhos, como os corações, flores e o urso da história. Tudo com cores vivíssimas.
No livro, que aposta na interatividade, o personagem, o Urso do Amor, convida o pequeno leitor a ajudá-lo a encontrar o Urso da Amizade nas páginas que seguem.
Enquanto procura, a criança tem a oportunidade de conhecer outros personagens que vão surgindo e ao mesmo tempo, vivendo experiências sensoriais, já que o livro vem com abas que se abrem e apresentam texturas para a criança deslizar os dedinhos e aprender as diferenças entre áspero, macio, liso e duro.



Entrevista
Um mundo repleto de cores, formas, texturas e sentimentos. Esse é o cenário do livro-brinquedo, Onde Está o Urso da Amizade?, de Romero Britto. Em sua primeira obra infantil, lançada no Brasil, ele já lançou o livro My Alphabet Playbook nos Estados Unidos, o artista plástico pernambucano convida às crianças a viajar a partir de seus traços multicoloridos. Em entrevista a Crescer, Britto, que é pai de Brendan, com 22 anos, fala da importância de aproximar as crianças da arte. Confira:

CRESCER - Foi você quem o concebeu o projeto do livro “Onde Está o Urso da Amizade”? De onde surgiu a ideia?
ROMERO BRITTO - Sim. Fui eu quem idealizei e acompanhei todas as etapas da produção. E a ideia de fazê-lo surgiu quando o meu filho ainda era pequeno, queria muito fazer um livro para ele, mas naquele momento minha arte não era madura o suficiente.

CRESCER - Como surgiram os ursos que ilustram o livro?
R.B. - Sempre gostei muito de ursos, desde criança, mas a primeira grande obra com essa figura foi feita a pedido da irmã do ex-presidente dos EUA, a Eunice Kennedy Shriver. Ela queria homenagear o filho e ao mesmo tempo presentear a cidade de Berlim e encomendou uma escultura de um urso que tem praticamente a altura de um poste. Isso foi há três anos, mas o urso só foi intalado há dois meses. A partir dela surgiram os personagens e a ideia do livro.

CRESCER - Você acredita que esse livro aproxima as crianças do mundo das artes?
R.B. - Com certeza. Porque elas vão crescendo com aquilo, criando uma conexão, começam a falar sobre arte desde cedo e certamente terão boas lembranças dessa fase. Além disso, o livro estimula o toque, explora as cores, isso traz alegria para o dia-a-dia das crianças, acho isso muito importante. Quanto mais feliz, mais aberto à criatividade, a arte traz isso, alegria e criatividade, isso traz liberdade de espírito e ajuda no desenvolvimento da criança.

CRESCER - Como se sentiu ao ver seu trabalho em uma estante de livros infantis?
R.B. - A sensação de que minha arte está sendo apreciada por seres humanos tão puros é maravilhosa. É realmente uma grande honra saber que os pais levarão minha arte até esses anjinhos, isso me deixa realmente muito feliz. Não vejo a hora de dividir minha arte com mais e mais pessoas.

CRESCER - Quando você era pequeno, teve esse tipo de contato com as artes?
R.B. - Comecei a pintar aos 8 anos, pintava como todas as crianças, não como hoje, mas foi quando comecei a gostar de arte. O primeiro artista que me fascinou foi o Francisco Brennand, eu gostava de ver os murais dele espalhados pela cidade inteira, depois comecei a conhecer outros artistas pelos livros, meu irmão vendia livros, e em um deles conheci o Michelangelo e a Capela Sistina, a partir daí nunca deixei de brucar inspiração para essa minha jornada.

CRESCER - Como o menino pernambucano se tornou um expoente da pop art?
R.B. - Nasci em uma família grande, tenho 8 irmãos, mas de alguma forma sempre viveu em mim aquela esperança de que as coisas podiam melhorar. A arte foi uma grande ponte para mim, por isso acho importante que mais e mais pessoas tenham acesso a ela, porque ela dá oportunidades de criar e sonhar. Mas infelizmente ela ainda é um pouco restrita a pessoas com melhores condições financeiras. É como se só essas pessoas que têm dinheiro pudessem ir ao balé, ao museu, visitar uma galeria. Por isso, acho importante tornar a arte acessível.







Link para essa postagem


2 comentários:

  1. nossa adorei sou apaixonada por Romero Britto estou trabalhando a arte dele com meus alunos...

    ResponderExcluir
  2. Nossa adorei conhecer tantas obras de Romero Brito. Abraço!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios