BlogBlogs.Com.Br

CATIVA-ME

Glitter Photos

ESCREVAM-ME!

PROFESSORAS VISITANTES
FICO HONRADA COM O SUCESSO DO LINGUAGEM.
E GRAÇAS A VOCÊS!
SERIA MUITO BOM RECEBER PALAVRINHAS...
QUEM SABE SUGESTÕES,DEPOIMENTOS,ETC.
EMAIL ABAIXO:

Colaboração e Direitos

Colaboração e Direitos Autorais
Olá amiga(o) ,
Fui professora dos projetos "Estímulo À Leitura",
"Tempo Integral" e a favor da leitura lúdica,
afinal, quer momento mais marcante que a fantasia da vida?
Portanto, será um prazer receber sua visita em mais um blog destinado a educação.
Nele pretendo postar comentários e apreciações de materiais didáticos de Língua Portuguesa, além de outros assuntos pertinentes, experiências em sala de aula, enfocando a interdisciplinaridade e tudo que for de bom para nossos alunos.
Se você leu, experimentou, constatou a praticidade de algum material e deseja compartilhar comigo,
esteja à vontade para entrar em contato.
Terei satisfação em divulgar juntamente com seu blog, ou se você não tiver um, este espaço estará disponível dentro de seu contexto.
Naturalmente, assim estaremos contribuindo com as(os) colegas que vêm em busca de sugestões práticas.
Estarei atenta quanto aos direitos autorais e se por ventura falhar em algo, por favor me avise para que eu repare os devidos créditos.
Caso queira levar alguma publicação para seu blog, não se
esqueça de citar o "Linguagem" como fonte.
Você, blogueira sabe tanto quanto eu, que é uma satisfação ver o "nosso cantinho" sendo útil e nada mais marcante que
receber um elogio...
Venha conferir,
seja bem-vinda(o)
e que Deus nos abençoe.
Krika.
30/06/2009

VejaBlog - Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil

LINGUAGEM FOI SELECIONADO EM JANEIRO/2011.
OBRIGADA!

Daisypath Anniversary tickers

Daisypath Anniversary tickers

Linguagem social...

Glitter Photos

Comemoração

Glitter Photos
JUNHO 2017
8 ANOS DE LITERATURA INFANTIL

domingo, maio 08, 2011

Festas Juninas e Afins - 08/05/11

UMA HISTÓRIA MUITO ANTIGA...
Junho é o mês da alegria caipira: hora de acender a fogueira e dançar quadrilha.
Isso sem contar as gostosuras que deixam a gente com água na boca: canjica, paçoca, cocada e pé-de-moleque…
Mas você sabia que essa festa tão animada vem de muito, muito tempo atrás?
Bem antes do surgimento da era cristã!
Os povos que viviam na Europa, Oriente Médio e norte da África celebravam diversos tipos de rituais para pedir aos deuses bastante chuva, terras férteis e colheitas fartas.
O ponto alto do festejo acontecia durante o solstício de verão: é o dia mais longo do ano no Hemisfério Norte, que cai em 22 ou 23 de junho.
Esses povos comemoravam a chegada do verão e os preparativos para a colheita acendendo uma fogueira.
Depois, faziam oferendas aos deuses para espantar os espíritos maus e trazer prosperidade à aldeia.
Mas como será que a festa junina chegou aos dias de hoje?
E SURGE A"FESTA JOANINA"!
Os rituais de agradecimento aos deuses não eram vistos com bons olhos pela Igreja Católica: ela achava que isso era coisa de pagão!
"E o que raios é um pagão?"
Pagão é uma pessoa que não foi batizada.
Mesmo não gostando muito, a Igreja resolveu adaptar alguns dos rituais destes povos para comemorar a festa de São João.
"Ué, mas o que uma coisa tem a ver com a outra?".
É que São João nasceu no dia 24 de junho, data que é muito próxima ao solstício de verão do Hemisfério Norte.
O nome "festa joanina" (uma homenagem a São João) surgiu em países europeus católicos no século 4.
E sabe como essa festa chegou ao Brasil?
Quando a tal "festa joanina" chegou ao Brasil, o nome sofreu uma pequena modificação: virou junina!
Ora pois!
E foram os portugueses que nos apresentaram essa festa tão gostosa, em que celebramos três santos: Santo Antônio em 13 de junho, São João em 24 de junho e São Pedro em 29 de junho.
 Desde o século 13, a festa de São João portuguesa festeja também Santo Antônio e São Pedro.
Mas as influências não param por aí!
ENTRE NA QUADRILHA!
As festas juninas também têm uma pitada de cultura francesa: as quadrilhas foram inspiradas em bailes que aconteciam no interior da França durante o século 18.
Durante a dança, os casais se cumprimentavam e trocavam de pares.
Quando a novidade chegou a Paris foi o maior sucesso: virou a dança queridinha dos nobres da época e iniciava os bailes da corte de toda a Europa!
O nome quadrilha vem do francês quadrille , que significa batalhão, grupo.
Você já prestou atenção nas instruções enquanto todos dançam?
São todas palavras francesas!
Por exemplo, promenade quer dizer passeio.
Já changê significa trocar. Anavam é em frente e anarriê para trás!
Você já viu festa junina sem fogueira?
Quem diria, nossa colaboração junina não poderia ter sido melhor: foi na culinária!
Quando os portugueses trouxeram a "festa joanina" para o Brasil, os índios e negros que aqui viviam trataram logo de adaptar a tal festa aos seus costumes.
Comidas feitas com milho, como espigas cozidas, pamonhas e canjica, além de tudo que é preparado com mandioca e côco, têm um "dedinho" dos nossos índios.
Isso sem contar as danças típicas brasileiras como o forró e o bumba-meu-boi, que alegram ainda mais as comemorações em diversas regiões do país.
Quer saber mais sobre essas festanças juninas?

FESTEJANDO PELO BRASIL
Sabe aquela velha história de comadre e compadre?
Pois ela ainda tem uma forte presença no sertão nordestino, onde o São João é comemorado em sítios, paróquias, arraiais ou até mesmo nas cidades.
Aliás, Caruaru, em Pernambuco, e Campina Grande, na Paraíba, são cidades superfamosas, onde não só os nordestinos, mas vários turistas se dirigem para os festejos juninos.
Para se ter uma idéia da importância dessa festa, Caruaru criou até uma cidade cenográfica chamada Vila do Forró!
 A tal vila parece muito uma cidade sertaneja: casas simples e coloridas, e moradores típicos, como a rainha do milho, a rezadeira e a parteira.
Na Vila do Forró é preparado o maior cuzcuz do mundo, registrado no livro dos recordes!
Feito em uma supercuzcuzeira que mede 3,3 metros de altura e 1,5 de diâmetro, o maior cuzcuz do mundo tem 700 quilos de massa!
Para não ficar atrás, Campina Grande construiu o "Forródromo", onde milhões de pessoas se reúnem para assistir apresentações de forró, quadrilha, cantores e, acredite se quiser, desfile de jegues!
Já no Amazonas, a preferência fica por conta do bumba-meu-boi: virou um grande espetáculo que atinge o ponto máximo nos dias 28, 29 e 30 de junho com a disputa entre os grupos Caprichosos e Garantido lá no "Bumbódromo", na cidade de Parintins.
É no estado do Amazonas também que existe a tradição de homenagear os santos: começa em junho com Santo Antônio e termina em dezembro com São Benedito.
Agora é hora de saber tudo sobre Santo Antônio, São João e São Pedro!


Vida de Santo Antônio não é fácil...
Ele é o santo que carrega o menino Jesus nos braços, e é sempre requisitado para ajudar as moças solteiras a arranjarem marido!
13 de junho é o seu dia!
Fernando de Bulhões nasceu em Lisboa no dia 15 de agosto de 1195 e recebeu o nome de Antônio quando passou da Ordem de Santo Agostinho para a Ordem de São Francisco em 1220, lá em Pádua, na Itália.
É por isso que ele é conhecido tanto como Santo Antônio de Lisboa quanto como Santo Antônio de Pádua.
Alguns dos costumes dos devotos é colocar o santo de cabeça para baixo até que o pedido se realize.
Há também quem separe o pobre menino Jesus dos braços de Santo Antônio para que a graça seja alcançada.
Coitado do santo!
João Batista é um santo católico que viveu muito tempo atrás...
Por ser muito reverenciado pelos fiéis e ter nascido em 24 de junho, logou se tornou o mais "festeiro" dos santos, e até hoje é um dos motivos para existir a fogueira de São João!
Mas a fama de festeiro acaba por aí, pois dizem que São João era um homem muito sério.
 Foi ele quem criou a prática da purificação por meio da água: o batismo!
Ele batizou, inclusive, seu primo Jesus Cristo!
Não disse que ele nasceu há muiiiiito tempo?
São João é tão importante que deu nome aos festejos juninos ("joaninos", lembra-se?).
A partir do século 13 a festa de São João portuguesa incluiu os outros dois santos: Antônio e Pedro.
Quando começa a trovejar, todo mundo já pensa: "xi, São Pedro anda arrastando os móveis lá em cima!".
Pois é, além de ser considerado o verdadeiro manda-chuva, São Pedro é também o guardião das portas do céu!
Seu dia é o 29 de junho, data que marca o encerramento das festas juninas.
Conhecido como protetor das viúvas e pescadores, São Pedro foi um pescador de origem muito humilde.
Quando se tornou um dos apóstolos de Jesus Cristo, mal sabia ele da responsabilidade que o esperava: encarregado de fundar a Igreja católica, Pedro foi o primeiro papa da história!


 


Link para essa postagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário e retornarei assim que for possível.
Obrigada pela visita e volte mais vezes!
Linguagem não se responsabilliza por ANÔNIMOS que aqui deixam suas mensagens com links duvidosos. Verifiquem a procedência do comentário!
Nosso idioma oficial é a LINGUA PORTUGUESA, atenção aos truques de virus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais sugestões...

2leep.com
 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios